Guias de Viagem e Arte

 
 
abr 09 2010

Dez razões para não tratar Sintra como um simples bate-e-volta


1. Tempo
A primeira razão é daquelas bem óbvias, é impossível ver o imprescindível de Sintra em uma simples escapada desde Lisboa. Imprescindível seria: Palácio da Pena, Castelo dos Mouros, Palácio Nacional e Quinta da Regaleira. Pensando bem, seria possível dentro de um turismo esportivo, e o visitante esteja disposto a fazer uma “maratona” em Sintra, literalmente correndo de um lado a outro.

2. Evitar filas
Vai inevitavelmente pegar filas na Piriquita, porque a maioria das pessoas chamam Sintra de escapada e chegam nos mesmos horários.Grande parte das pesquisas em turismo atesta que os horários em que os monumentos se encontram abarrotados são das 11:00 às 15:00 horas!!!

3. Curtir a misteriosa noite
Não vai poder desfrutar da noite com ares de mistério de Sintra com aquele clima e atmosfera da serra. Momentos mágicos em que a cidade é toda sua.

4. Desfrutar da gastronomia sintrense
Provavelmente terá que decidir entre comer em um restaurante e perder uma das atrações imprescindíveis, ou comer andando e não deixar nada para trás. Uma pena, porque Sintra é uma cidade deliciosa gastronomicamente falando!

5. Realmente entender por que leva o título de Patrimônio Mundial da Humanidade
Basicamente toda a cidade é patrimônio da humanidade, já que está catalogada como paisagem cultural. A justificativa para o título é que Sintra foi o primeiro centro europeu da arquitetura romântica (século 19). Um movimento que valorizava os sentimentos e a imaginação, e que era a favor da livre expressão do
artista!

6. É um excelente ponto de apoio
A localização e o ambiente convertem a cidade em um excelente ponto para desfrutar de toda a serra e também o litoral. Alugue um carro, e vá além do óbvio.

7. É difícil e provoca certa dor escolher entre tantos atrativos
Supondo que você saia às 09:30/10:00 de Lisboa, chegue por volta das 10:45 em Sintra, e ao centro histórico mais ou menos às 11:00/11:15 horas. Terá que deixar um ou dois dos imprescindíveis de fora do teu passeio. E daí o bicho pega, qual será?!

8. Para queimar as calorias
As subidas e descidas transformam a cidade em um tratamento de beleza constante. Lugar perfeito para queimar todas as calorias extras que arrasta com a viagem. Sintra está repleta de caminhos sinalizados e em meio a jardins maravilhosos, quer lugar melhor para perder uns quilinhos!?

9. Viagens baratas
Como o Ricardo Freire deixa claro em seu livro “100 Dicas para Viajar Melhor”, uma viagem repleta de escalas é sempre uma viagem mais cara. Permanecer em uma cidade por mais tempo reduz custos, e o principal, faz com que você ao final possa …

10. “Fazer” sua a cidade
Olhar para ela com certa intimidade, com aquela sensação de que ela ao menos mostrou algo mais íntimo a você. Este encontro, esta sensação, realmente não tem preço. Eu já estou mais por colecionar estes encontros frutos de relações mais longas, do que encontros furtivos e beijos roubados. Será que podíamos analogicamente dizer que seria ter a cidade como nossa amante, e não uma “ficadinha” de algumas horas!?

Veja todos nossos posts de PORTUGAL

Busque e reserve seu hotel em Sintra, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste ano de 2016, coloque o código: AFILI2016. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Madri - Guia do Prado

Leia também:
Para chegar em Sintra
Restaurante em Sintra – Tulhas (quase uma experiência religiosa!)
Um dia com muita névoa em Sintra
Palácio da Pena: Guia Prático
Passes para as atrações de Sintra – Parques de Sintra
Palácio Nacional de Sintra – uma bela mistura de estilos
Para visitar o Palácio Nacional de Sintra
Piriquita: quase 150 anos de tradição real
Pequeno Guia Gastronômico de Sintra
Um sonho romântico na Quinta da Regaleira
Quinta da Regaleira: Guia Prático de Visita
Hotel em Sintra

fotos: turomaquia_2010

10 Comentários

  1. Flavinha

    Oi Patrícia!Estou amando seu blog! Tem duas semanas que toda hora que posso passo por aqui e descubro tanta coisa sobre Lisboa que já não sei o que fazer! Ou melhor, já sei: começar a programar a próxima viagem, pois a que está programada para a próxima semana vai ser só para dar um gostinho!!! Reconhecimento de terreno…No próximo sábado embarco com meu marido para Europa, pela 1ª vez!Nossa primeira parada é em Lisboa: chegaremos no domingo, por volta de meio dia e partiremos na quarta bem cedo!Ou seja, ficaremos em Lisboa 3 noites, mas apenas 2 dias e meio, sendo que um deles é segunda-feira!!!Lendo seu blog pensei no seguinte:domingo a tarde – Lisboa região central (alfama, baixo, chiado, etc)segunda – Sintra (já estou convencida de que é pouco) e Oceanárioterça – Belém e mais de Lisboa centrojantar algum dia no Mesa de Frades!!!O que você acha?Beijos e parabéns pelo blog!

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Oi Flavinha, que delícia primeira viagem à Europa! E tenho uma ótima notícia: o tempo está melhorando …Na segunda, eu acredito que você não vai conseguir fazer Sintra e o Oceanário. Eu faria Sintra com calma, então iria direto ao Parque das Nações para ver o bairro, mas é complicado que dê tempo para o Oceanário, para vê-lo inteiro é necessário como mínimo uma hora e meia.Por via das dúvidas, reserve no Mesa de Frades.No domingo experimente alguma pastelaria, vale a pena!Em Belém não deixe de comer os pastéis de nata, eu sentaria em uma das mesas e provaria outras delícias. Se tiver que escolher em qual atrativo entrar, não deixe de fora por nada do mundo, o mosteiro dos jerônimos. Não tive tempo de ver o audiovisual do Padrão dos Descobrimentos, caso você assista, depois conta por aqui o que você achou, porfa!E qual é o resto do roteiro da viagem??? (curiosidade mata!)beijos

    responder
  3. Silvia Oliveira

    Puxa, em 2001 eu fiz um bate-e-volta a Sintra… mas essa correria faz parte da "juventude" (hahaha) que pensa que a Europa vai sair do lugar! Hoje eu faria exatamente o contrário e até procuraria dormir na cidade. Muito boas as dicas!

    responder
    • Fernanda Scafi

      Nossa Silvia, eu tb estive lá em 2001! Coincidências… Foi bem no dia dos namorados então a cidade toda enfeitada estava uma graça!

      responder
  4. Flavinha

    Patrícia, obrigada por mais estas dicas! Tudo anotado!Na volta eu passo por aqui e conto tudo que achei!O resto do roteiro? De Lisboa para Londres, depois para Paris e por último Barcelona! 3 noites em cada! Muita expectativa! Alguma dica?Beijinhos

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Flavinha, em Paris apesar da tentação que pode representar eu não iria a Versailhes com tão pouco tempo. Estaria os 3 dias em Paris e compraria o Paris Card, dependendo do que estejam pensando em visitar valeria a pena até comprar o passe de 4 dias, que custa 48 euros. Em março quando estive em Paris comprei este passe e em 2 dias já havia rentabilizado o valor! Sem contar que não necessita fazer fila nas atrações. A unica atração que não forma parte é a Torre Eiffel. Dentro das Galerias Lafayete tem o Gourmet, no subsolo, um monte de possibilidades gastrônomicas, perfeito para fazer um lanche ou comprar coisas para um pic-nic.Do lado do Arco do Carrosel tem uma espécie de barraquinha, acho que chamava Paul com uns sanduiches bem em conta e no lugar perfeito para curtir os jardins das Tulherias antes de continuar caminhando. Fiz uma caminhada do Louvre até o Arco do Triunfo, que foi deliciosa. Nãod eixe de provar os macarrons, o mais tradicional segundo uma amiga é o de doce de leite com flor de sal. Eu adorei o de chocolate amargo.(segue)

    responder
  6. Patricia de Camargo

    Em Barcelona não deixe de no café da manhã provar o pan tumaca, que é com tomate, eu amo de paixão. Imprescindível visitar as obras de Gaudí, o Parque Guell é a unica grátis e é patrimônio mundial da humanidade. Na Pedreira, casa Milá, se tem uma visão bem didática da obra, forma de construir e da época que vieu Gaudí, legal ir lá antes das demais. A Casa Batló é o must, mas custa 16 euros, porque é uma casa privada. A Sagrada Família vale cada centavo, as obras estão bem adiantadas, é uma oportunidade única de ver como se constrói uma catedral deste estilo!EM Espanha não deixe de comer jamon serrano, coisa dos deuses. Em Barcelona as coisas não são especialmente baratas, para comprar comida para um pic-nic, vá ao Corte Inglês da Praça Catalunya, no subsolo tem um supermercado. Alias no Corte Ingles pode encontrar qualquer coisa que necessite, é algo bem tradicional em Espanha!Beijos

    responder
  7. LILIAN

    Oi,Patricia li muito seu blog antes de ir`a Espanha e agora que estou organizando minha 1ª viagem a Portugal volto ao seu blog para ler e buscar ajuda.Vou do Rj/Porto e volto Lisboa/Rj.Estou na maior dúvida que cidades conhecer.Pensei em ficar 3 dias no Porto,depois de trem parar em Coimbra e ficar 1 dia,depois de trem ir para Lisboa e de lá fazer bate e volta para conhecer Évora,cASCAIS,Sintra.Mas lendo seu post vi que perderei muita coisa dessa cidade que deve ser bem legal.Ficarei de 28/1 ate 10/2 em Portugal,vc acha esse roteiro bom ? quantos dias seriam mais adequados em Sintra ?
    Obrigada desde já,Lilian

    responder
    • Patricia de Camargo

      Lilian, eu ficaria ao menos 1 noite em Sintra, a cidade é uma delícia. E com dois dias você poderia ao menos ver os palácios mais centrais e o Castelo 🙂 Eu passei duas noites, e me apaixonei por Sintra!

      responder
  8. Fernanda Scafi

    Não tinha lido esse post seu ainda, cheguei aqui pelo post da Camila do Viaggiando. Fui para Portugal (e Sintra) há mais de 10 anos hehehe e fiz um bate-volta. Adoramos a cidade e não conhecemos tudo que queríamos, com certeza se eu tiver a oportunidade de voltar a Portugal, incluo Sintra no roteiro! Agora com mais calma.

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de 15 anos sem usar jaqueta jeans, não resisti à coleção da Zara com 3 artistas espanhóis. Mostrei mais no Stories 👕
.
#zara #jeans #arte #decompras #shopping
  • Paz, paz e paz dentro do complexo de Chion-in, cujas escadarias foram utilizadas no filme com o Tom Cruise - "O Último Samurai". E que é uma das estrelas do vídeo que vou publicar hoje no YouTube - Patricia de Camargo 👈
.
#kyoto🇯🇵 #chionintemple #youtuber #vlogjapao #vlogkioto #budismo
  • Descubra no TOP100Arte, o primeiro artista a defender-se contra a pirataria e adotar um copyright 🖼🖼🖼 link na bio👈
.
#art #arte #durer #renascimento #Top100Arte #youtuber
  • Picasso, juro que hoje tava precisando te encontrar. Tô necessitada deste tipo de arte que remove as entranhas!
.
#picasso #moma #arte #cubismo #art #necessidade #artlover #newyork
  • O Pavilhão do Templo Dourado é um lugar super sagrado para o Budismo, já que guarda relíquias do Buda. É um dos símbolos do Japão junto com o Monte Fuji 🗻 .
#kinkakujitemple #kyoto🇯🇵 #vlogjapao #pavilhaodourado #japan🇯🇵 #budismo #buda
  • A poderosa Eiffel e o arco mais lindo de PARIS desde uma das janelas do museu de arte mais visitado do mundo. Para ver meu guia desse museu, clique no link da bio 😉
.
#Louvre #Paris #museum #museumguide #janela #arte #art

Follow Me!