Guias de Viagem e Arte

 
 
out 03 2011

Roteiro Trekking de Salkantay – Destino: Machu Picchu (Parte 5)

logo-malu
18/09/11
Acordei as 5 horas para terminar de arrumar as coisas, tomar café e pegar o ônibus junto com o pessoal às 6. Quando cheguei em Machu Picchu enfrentei problemas, pois tinha comprado ingresso de estudante, mas como tinha esquecido a carteirinha da ISIC no meu hotel em Aguas Calientes tive que voltar até a cidade e busca-la. Portanto, fica a dica se comprar ingresso de estudante não esqueça de levar sua carteirinha!
DSC03028Depois de tiramos fotos e caminharmos pela cidade perdida dos incas, chegou a hora do nosso grupo subir até Waynapicchu de onde se tem uma visão geral de Machu Picchu.
DSC04809
.
DSC03150

Resolvemos almoçar no restaurante que fica lá em cima, já que ainda queríamos tirar algumas fotos, e acabamos tendo sorte que conseguir ver o sol.
.
DSC04878

De tarde pegamos o trem de Águas Calientes até Ollantaytambo, onde havia uma van nos esperando para nos levar até Cusco onde terminamos nosso roteiro.

Detalhes práticos:
Eu fechei a trilha com a empresa Viagens e Expedições El Dorado (www.machupicchu.com.br) e recomendo. Fomos todos muito bem atendidos durante a
trilha e a empresa ainda ofereceu translado de graça do aeroporto até o hotel em Cusco e vice-versa que eu utilizei. Paguei pela trilha R$ 443,00, através de depósito bancário em julho e ai eles me enviaram o voucher.

A trilha não é dificil, mas cada um tem que fazer em seu ritmo próprio, especialmente no 2º dia em que se sobe até 4600 metros acima do nível do mar e tem que ter algum preparo físico. Eu não senti nada do mal de altura, então pra mim foi bem tranquilo.

A subida pra Waynapicchu é tranquilinha, com bastante subida, mas levamos em torno de 45 minutos. Pra quem tem medo de altura é complicado porque lá em cima tem um trechos com abismos de um lado. Pra quem gosta de aventura é adrenalina pura!

Está trilha não chega pela Porta do Sol, mas tem a opção de subir até Machu Picchu a pé pela estrada ou pelas escadas que cortam caminho ou em ônibus como fizemos para chegar cedo até porque são 10 km de subida até lá. Eu escolhi a de Salkantay pq é mais paisagistica, está entre as 25 mais bonitas e difíceis do mundo e porque já ouvi dizer que a trilha inca apesar de ter menor duração é mais dificil já que tem mais subidas.

Na entrada de Machu Picchu dá para carimbar o passaporte. Em razão dos 100 anos de descobrimento do sítio arqueológico, estão vendendo uma moeda comemorativa!
.
.

O que estava incluido na trilha:
– Traslado de chegada ou de saída em Cusco.
– Transporte do seu hotel até o povoado de Mollepata.
– Ticket de entrada em Machupicchu.
– Todas as refeições.
– Guia profissional falando espanhol e inglês.
– Cavalos para carregar os equipamentos de uso comum e a comida.
– Barraca individual.
– Colchonete.
– 01 diária de hotel em Aguas Calientes.
– Kit de primeiros socorros com oxigênio de emergência.
– Ticket de trem Expedition 18h45 de retorno a Ollantaytambo.
– Translado em van de Ollantaytambo até Cusco.

O que não estava incluído:
– Café da manhã no primeiro dia e almoço no último dia.
– Ticket de trem da hidrelétrica até Aguas Calientes (cerca de U$ 8.00)
– Ticket de ônibus de Playa até Sta Tereza (cerca de U$ 5.00)
– Ticket de ônibus Aguas Calientes/Machupicchu/Aguas Calientes (cerca de U$ 7.00 por trajeto).
– Traslado da Plaza de Armas até o seu hotel no retorno a Cusco.
– Gorjetas para o guia, cozinheiro e arrieiro na trilha.

Para ler todas as crônicas desta trilha:
Primeira parte do Trekking de Salkantay
Segunda parte do Trekking de Salkantay
Terceira parte do Trekking de Salkantay
Quarta parte do Trekking de Salkantay

Veja todos nossos posts do PERU

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste mês de junho/2015, coloque o código: SUPERPROMO. Para ver os descontos em outros meses, clique aqui.

fotos: Malu Poli

Siga a gente no Instagram, clicando

1 Comentário

  1. Beta Rodrigues

    Uauu! Me emocionei! Quando era jovem sempre quis fazer isso! Não fiz e hj não tenho “coragem”! Rsrs! Lindo o seu passeio, seu post e suas fotos! Morri d inveja da pessoa deitada com a cidade Inca ao fundo! Parabéns!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Post novo e fundamental para quem vai visitar Bruxelas - como se locomover pela cidade. Inclui preços, como usar o cartão do transporte público, aplicativos e mapa. Link na bio ou visite o www.turomaquia.com. 
#belgicalovers #bruxelas #grandplace #dicasdeviagem
  • Oiiii, hoje temos bate papo ao vivo sobre arte. Às 19:00 horas no YouTube Patricia de Camargo. Mais tarde vou colocar o link direto no Twitter do Turomaquia e no Facebook. E aqui na bio 👈🏽 Compartilhe este vídeo com aquela pessoa que você sabe que ❤️ arte!

#renascimento #venezalovers #tiziano #arteemveneza #lendoarte
  • 14 obras que você não pode perder em um dos museus mais importantes da Itália, a Accademia de Veneza. Guia gratuito by Patricia de Camargo 😉no www.turomaquia.com 👈🏽 #accademiadevenezia #venezalovers #guiademuseu #arte365 #historiadaarte
  • Tenho uns clientes maravilhosos! Olha o carinho da Bruna e do Bruno que se lembraram de mim em Paris e me enviaram estas fotos lindas 💕💕💕 Prá quem chegou aqui há pouco tempo, os Cadernos de Viagem Turomaquia (CVT) são guias personalizados. 
#turomaquia #paris #guiapersonalizado #guiadeviagem
  • Já estou produzindo o primeiro vídeo de Veneza para a continuidade da série “il dolce far niente”, o que você gostaria de ver nos vídeos de Veneza?

#laserenissima #venezalovers #veneza #italialovers #beautifulstreet
  • Dica Madri: tomar café da manhã ou um lanche no delicioso @mamaframboise Não deixe de provar o croissant de framboesa. O local mais tradicional é o da Calle Fernando VI, 23. 
Este endereço combina com uma visita às exposições da @mapfrefcultura ou ao Museu Arqueológico Nacional.

Qual é tua recomendação de confeitaria ou café em Madri?

#mamaframboise #madridlovers #foodporn #madri #madridfoodie

Follow Me!