Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 10 2017

Roteiro Roma – da Fontana de Trevi à Piazza del Popolo #1

Este Roteiro Roma, começa na Fontana de Trevi e termina na Piazza del Popolo ou na Piazza Augusto Imperatore. Um percurso de 2,8 km. Dá para fazer em meio dia, rapidinho, sem muitas paradas. Ou desfrutando pacas durante todo o dia 🙂
Roteiro Roma
Comece por um dos lugares mais surpreendentes da cidade, a Fontana di Trevi. Caso tenha fome e queira comer algo, mesmo em um horário entre almoço e jantar, vá até a Vineria Il Chianti. Este restaurante se encontra a 80 metros da Fontana. Funciona em horário contínuo, das 10:00 à 1 da manhã.
End.: Via del Lavatore, 81
Site: http://www.vineriailchianti.com/
Roteiro Roma
Outro restaurante próximo com horário ininterrupto é o Baccano. Também oferecem o “aperitivo”(das 18:00 às 20:30 horas), quando uma bebida que custará 10€ vem acompanhada de comidinhas.
End.: Via delle Muratte, 23
Site: http://www.baccanoroma.com

Antes ou depois da Fontana di Trevi, um sorvetinho dos muitos que você irá provar em Roma. Pertinho da fonte, está o sorvete que a Julia Roberts provou no “Comer, Rezar e Amar”Il Gelato di San Crispino.
End.: Via della Panetteria, 42.
Abre das 12:00 até a 1 e meia da manhã.
Site: http://www.ilgelatodisancrispino.it/

A sorveteria fica um pouco antes da Vineria Il Chianti, de repente pode comprar uma bola e caminhar para a chocante Fontana!

Roteiro Roma: Piazza Spagna

Continuando o percurso até a Piazza di Spagna, que é linda de morrer!
Roteiro Roma
Tem este nome porque foi um presente do Rei Espanhol – Fernando, o Católico. Neste lugar encontra-se a Embaixada de Espanha.

A igreja que se vê ao fundo é Trinità dei Monti, as primeiras construções datam de 1502! A área sobre a qual foi edificada a igreja foi doada pelo governo francês, lembre que a Itália é um país relativamente jovem (estamos falando da Itália Unificada).

Algo bem curioso é que para celebrar a paz entre França e Espanha, simbolicamente o papa Benedicto 13 inaugurou a “escalinata”, que unia a parte francesa com a espanhola. A escadaria tem 135 degraus. E acaba de passar por uma restauração.

Ao final da escadaria se vê a “Fontana della Barcaccia”. Obra de Pietro Bernini, o pai do famoso Lorenzo Bernini. É barroca, foi finalizada em 1627. Mostra um barco naufragado. Seria uma recordação de quando um barco chegou até aqui em 1598, na inundação do Tiber.

Dica para comer algo por estas bandas da Piazza Spagna

Ginger Restaurante Bistrô
Fazem os melhores sucos da cidade! E também paninis gourmet 🙂
End.: Via Borgognona, 43
Abre das 10:00 à meia-noite.
Site: http://www.ginger.roma.it
Roteiro Roma
No caminho à Piazza di Spagna pode tomar um expresso num dos cafés mais antigos da Itália: Antico Caffè Il Greco, na Via dei Condotti. Também pode deixar para passar por ele no caminho à Piazza di Popolo. Fica aberto até às 21:00 horas.

O café foi inaugurado em 1760 \o/ por ele passaram nomes como Liszt, Buffalo Bill, Goethe, Stendhal, Lord Byron, Mery Shelley e Wagner. Peça algo no balcão, porque o preço pode ser exorbitante nas mesas. Uma constante nos bares e cafés romanos! As bebidas são servidas com um grão de café tostado coberto por chocolate. Um cafezinho pode custar menos de 2,5€ no balcão e uns 12/13€ nas mesas servidas por garçons em fraque!
End.: Via Condotti, 86
Site: http://www.anticocaffegreco.eu

Roteiro Roma: Da Piazza Spagna a Piazza del Popolo

Pegue a Via del Babuino, e encontrará uma loja da MAC, que é PRO, o que significa? Apenas nas lojas da MAC próprias se encontram todos seus produtos!

No final da Via del Babuino, dará com a Piazza del Popolo. Uma das praças mais populares de Roma. Aqui se encontrava a entrada da cidade nos tempos do Império, junto à Via Flaminia.
Roteiro Roma
No centro da praça verão um obelisco egípcio de 24 metros de altura dedicado a Ramsés II, que é conhecido como Obelisco Flaminio. Encontrava-se no Circo Máximo desde o ano 10 a.C., e foi trasladado à praça em 1589.

Na Igreja de Santa Maria del Popolo há obras de Caravaggio.
Roteiro Roma
Junto à praça também verão dois templos “Gêmeos”, que na verdade tem algumas coisas diferentes 😉 São as igrejas de Santa Maria dei Miracoli e Santa Maria in Montesanto.

Se o sol já estiver para se por, suba aos Jardins del Pincio (Passeggiata del Pincio). Para ter umas vistas lindas da praça e da cidade.

Os Jardins del Pincio formam parte da Villa Borghese. Se você estiver pensando em visitar a Galeria Borghese, dentro do parque neste mesmo dia. Compre as entradas para a última visita.
Roteiro Roma
Roteiro Roma
Desde aqui, você pode simplesmente descer a Via del Corso OU descer pela Via del Corso até a Piazza Augusto Imperatore para visitar o Ara Pacis. E depois jantar no Ristorante Alfredo. O lugar está aberto desde 1908 e serve o “Fettucinne Alfredo”. Sobre a massa quente se despeja uma grande quantidade de queijo parmiggiano e manteiga que se fundem com a massa. É a massa mais cara da casa, o prato custa 19€. Mas servem outras pastas desde 10€.

Este prato só é conhecido como Fettucine Alfredo neste restaurante e fora da Itália, os italianos o conhecem como “Fettuccine al burro”. Internacionalmente foi o dono deste restaurante o responsável por sua fama, Alfredo di Lelio.
End.: Piazza Augusto Imperatore, 30
Abre todos os dias, das 12:30 às 15:30 e das 19:30 às 23:30 horas. Apenas fecha na segunda para o almoço.
Site: http://www.ilveroalfredo.it
Roteiro Roma

Roma: Hotel, seguro de viagem e entradas para os atrativos

Veja todos nossos posts da ITÁLIA

Busque e reserve seu hotel em ROMA, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Para comprar as entradas dos principais atrativos da cidade, clique aqui, e evite filas de até 2 horas de pé \o/

Imagens: turomaquia + sites oficiais + wikipedia (imagem de quadros de Aniballe Carracci e Caravaggio)

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

7 Comentários

  1. Carla targino

    Ownnn , Patricia !!! Esse post trouxe boas recordações da nossa viagem pela Itália, que com o seu caderno de viagens foi perfeita !!! Mais uma vez obrigada ??

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuu Carla pelo carinho!!!

      responder
  2. Flávia Guimarães

    Olá Patrícia.Eu e meu marido estamos montando um roteiro para 1ª vez na Itália, suas dicas estão nos ajudando muuuito. Assistindo tudo.Mesmo assim gostaria de uma superior dica. Patrícia nós podemos viajar qualquer época do ano, sendo que não sinto bem nem quente nem frio. Quando ir a Roma, Florença, Veneza e Milão., nosso roteiro inicial. Nos ajude por favor. Obrigadaaaa??

    responder
  3. Paula

    Olá Patrícia! Eu e meu marido estamos programando uma viagem para a Itália em setembro. Como somos marinheiros de primeira viagem, estou assistindo os seus vídeos e anotando suas dicas preciosíssimasss aqui no turomaquia! Gostaria de uma ajudinha com relação ao roteiro… ficaremos 20 dias e dividimos assim: 3 dias em Veneza (pretendemos ir a Pádua e Verona, será que um bate e volta é suficiente?), 3 dias Bolonha, 5 dias em Florença (bate e volta para Pisa e Lucca…e gostaríamos de ir em San Gimignano e Siena, daí é melhor estabelecer a base fixa em Florença ou dormir 1 noite em Siena, por exemplo?), 5 dias em Roma, 4 dias em Nápoles (queremos conhecer Pompéia tb, Salerno e Costa Amalfitana). Você acha que essa divisão está boa? Que é tempo suficiente para ir nessas outras cidades que estão entre parênteses ou que é melhor ficar só nas cidades “mais famosas”? Estamos perdidos, porque queremos aproveitar ao máximo! Help meee!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Olá Paula, vamos lá:
      1) 3 dias em Veneza, está bem sem bate e volta, ou com no máximo 1 bate e volta. Mas neste caso, o que eu faria seria 2 noites em veneza e 1 noite em Verona, até porque o hotel em Veneza é caro para usar a cidade para fazer bate e volta;
      2) 5 dias em Florença está bem desde que faça no máximo 2 bate e volta, eu faria Siena e San Gimignano, e deixaria as outras cidades para uma outra viagem;
      3) indo até Salerno é melhor dormir por lá, até para conhecer a Costa Amalfitana é melhor base, poderiam fazer 2 dias em Nápoles e 2 dias em Salerno.
      4) como voltam por Nápoles, deixaria as duas últimas noites lá, é sempre melhor estar na cidade da volta nos últimos dias;
      5) o Firenze Card não vale a pena, porque exige um “maraturismo” para que valha a pena, e não te recomendo mais de um museu grande por dia. Por exemplo, no dia que faça Uffizi, ñ colocaria a Accademia junto!
      6) o Roma Card vale mais a pena, mas tem que programar bem para tirar maior proveito dele;
      7) em Veneza qual cartão você viu?

      responder
  4. Paula

    Ah esqueci de falar…chegaremos em Veneza e retornaremos ao Brasil por Nápoles. Dentro da Itália pretendemos fazer as viagens de trem. Uma última pergunta kkkk…em Roma e Florença, como queremos ir em vários museus, palácios, igrejas, etc, estamos vendo o Roma Card e o Firenze Card (ao invés de comprar bilhetes avulsos), você acha que vale a pena?? Em Veneza vi que tem como a gente criar o cartão, acrescentando os monumentos que deseja visitar e os meios de transporte, vale a pena ou é preferível comprar tudo separado?

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Na frente de um dos nossos hotéis da viagem, prá avisar que já saiu o primeiro post de PARIS, com uma dica incrível! Visite o www.tuomaquia.com ou clique no link da bio 👍

#parislovers #lamaisonfavart #paris @hotellamaisonfavart
  • Eu viajei com a Ledinara do @curitidoce isso enriqueceu de uma maneira louca minhas experiências gastronômicas.

No mesmo dia da foto anterior, também estivemos na @maisonladuree 
Ela teve a ideia de comprar este macaron en forma de coração para provar e tirar fotos no Jardim des Tulleries, que fica do ladinho de uma das lojas.

Custou 2,10€ e nos divertimos barbaridades. Aliás se eu fosse você, seguia a @curitidoce porque ela fez vídeos de todos os doces que provamos nos 4 dias que estivemos juntas 💕

#laduree #parislovers #parisfood #paris #macaron
  • Uma das grandes experiências desta viagem: comer uma das “frutas” do grande @cedricgrolet 
O limão negro que eu comi é feito com um pequeno limão desta cor que vem do Irã após ficar um mês no deserto secando. 
O senhor que nos recebe na porta e que eu chamaria de chefe de sala, é um dos responsáveis em converter esta experiência em inesquecível. 
Não é um doce barato, mas vale cada centavo 😉

#cedricgrolet #parisfood #parislovers #doce #paris
  • Tão legal estar de bobeira e de repente, dar com ela 🤗 qual é teu lugar favorito para fotografar a torre?

#toureiffel #paris #parislovers
  • Esta belezura da foto já ganhou em 2014 o título de melhor madeleine de Paris. A madeleine é um bolinho com um toque de limão. 
Eu vim na Blé Sucré e comprei o pacotinho com 4 mais um expresso e paguei 5,50€. Comi na pracinha na frente da loja porque todas as mesas estavam ocupadas e posso te confirmar que é MARAVILHOSA 😍

Te dedico @curitidoce saudades de ti!

#blesucre #madeleine #parisfood #parislovers #foodporn
  • Hoje fiquei o dia inteiro no Louvre. A entrada sai por 15€, se quiser um audio-guia deve pagar 5€ quando compra a entrada. 
Peguei para testar como estava e fiquei brava. Quando estava super longe de onde tinha retirado, acabou a bateria. Fiquei com o dito cujo no pescoço por muito tempo sem serventia nenhuma. Ou seja, me entregaram um equipamento que não estava totalmente carregado.

Foi o museu onde o pessoal era menos amável e que menos ajudava. Uma pena ☹️ Claro que tem que ir, mas vá preparado. Eu posso te ajudar na tarefa 😉 sabe que eu escrevi um Guia do Louvre?
#louvremuseum #arte #paris #parislovers

Follow Me!