Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 29 2010

Lisboa com muita arte: Museu Gulbekian

Naquela terça-feira chovia, mas nada de gotinha, era chuva pra valer. A ordem do dia era ir para Belém, mas diante das circunstâncias começamos a refazer os tais dos planos. necessitávamos um lugar quentinho, agradável e se possível, super interessante. Pense bem, que lugar oferece tudo isso e muito mais? Bem, na minha cabeça só podia ser um museu, que aliás eu amo! Hospedados junto ao  Parque Eduardo VII,  a melhor alternativa era o Museu Gulbenkian. Fomos debaixo do nosso guarda-chuvinha caminhando alegremente. O museu fica bem perto do gigante El Corte Inglês de Lisboa.
Museu Gulbenkian - Lisboa

Mas afinal, o que é a Coleção Gulbenkian?
São nada menos que 7.000 objetos que foram adquiridos entre 1898 e 1953 por um senhor armênio – Calouste Sarkis Gulbenkian. Na Segunda Guerra este senhor buscou um lugar mais tranquilo para viver, e acabou em Portugal, onde faleceu em 1955. No ano seguinte de acordo com seus desejos se criou uma fundação com seu nome, e em 1965 se inaugurou o museu.

E como foi a visita?
É um destes museus que te deixam com sabor de quero mais, e não com aquela sensação de “estou acabada”, “me tirem daqui” ou “não aguento mais”. A forma que as peças estão expostas, a diversidade (de tapeçarias passando por quadros até móveis) e a super qualidade fazem com que passear por suas salas seja uma verdadeira delícia!

As exposições são cronológicas, começam no Egito Antigo, com uma peça de 2.800 a.C. e terminam com telas francesas do comecinho do século XX. Para que você entenda que este senhor não comprava qualquer coisa, nas suas compras de arte egípcia ele foi assessorado por ninguém menos que o descobridor do túmulo de Tuntacamon, Howard Carter!

Na segunda sala uma seleção de peças greco-romanas, com um torso de mármore reinando sobre a sala. Mas não deixe de se aproximar das vitrines onde pequenas obras de arte repousam quietinhas.
Museu Gulbenkian - Lisboa

Atravessando a arte da Mesopotâmia, entramos de cheio na arte islâmica e do extremo oriente. Uma peça me chama atenção, um vaso feito de jade branco, eu nem sabia que havia um jade que não fosse verde?! Obra de artesãos de uma cidades da antiga Rota da Seda – Samarcanda.


Jarro de Jade Branco (1447-1449) – Foto site museu

Um ambiente de descanso para aqueles que necessitem um momento de reflexão antes de entrar na arte européia, que começa com umas peças que dificilmente você verá caso não visite museus específicos ou igrejas medievais. São dípticos ou trípticos de marfim que funcionavam como altares privados de casas de nobres. E no lado oposto manuscritos. Neste época, os manuscritos eram sinal de status social, por isso em muitos retratos as pessoas seguram livros e também partituras musicais.
Museu Gulbenkian
Museu Gulbenkian - Lisboa

Depois deste início emocionante, entramos em ambientes aconchegantes, com bancos ao meio, e com aquela cor de madeira da casa da avó. Mas nem por isso decai a qualidade, em poucos passos damos de cara com um Rembrandt, observamos gigantescas tapeçarias, e entramos em uma sala que é quase como ser teletransportado para Veneza. São os quadros de Francesco Guardi que retratam paisagens, festas e costumes venezianas. É a maior coleção de quadros deste pintor no mundo! Deu aquela vontade de ir à cidade dos canais, e são tantos os Voos low cost para a região que a idéia nem era descabelada (risos)!
Museu Gulbenkian - Lisboa
Museu Gulbenkian - Lisboa

Obra de Francesco Guardi

As esculturas começam a saltar diante de nossos olhos, há Rodin, Canova, e uma estatueta de uma criança chorando pela morte de uma passarinho que é de arrepiar, até porque tem um jogo cênico com a janela que dá a rua e que fica ao lado desta obra.
Museu Gulbenkian - Lisboa
“Estatueta de criança”, de Jean-Baptiste Pigalle (sec. XVIII)

Absurdamente boa a seleção de pintores ingleses. Gulbenkian era também cidadão inglês, talvez por isto esta relação tão estreita com os pintores britânicos do século XIX e XX?! Veja com teus próprios olhos apenas um deles …

Museu Gulbenkian - Lisboa
“O Espelho de Vênus”, de Edward Burne-Jones (1875) – Detalhe

Antes de chegar ao final, é a vez dos impressionistas franceses, é como uma ligação Lisboa Paris imediata. E nesta boa mistura européia, uma tela super simpática despede ao visitante. Um italiano que faleceu em Paris e retratou a famíliade outro pintor. E não tem como não esboçar um sorisso ao estar em frente ao Sr. Brown!

Museu Gulbenkian - Lisboa
“O Pintor Brown e a Família”, de Giovanni Boldini (1890)

Minh´alma já encantada nem sabia que ainda haviam duas salas de René Lalique. Este artista que trabalhou como ninguém o vidro e utilizou como inspiração a ganfanhotos, galos, cervos, etc… animais que se escondem ou são evidentes, e que dividem o espaço com beijos e corpos humanos que bailam em jarros ou broches.
Museu Gulbenkian - Lisboa

E assim acabou a visita. Uma sensação de leveza. É muito bom sentir que a humanidade não está feita apenas dos horríveis casos de violência que saltam a cada minuto na tela da televisão. Assim, já sabe, tá deprimida/o? Talvez uma visita a um museu possa te fazer sorrir. Uma visita sem regras ou ordem. Apenas deixe que as obras te mostrem que a vida sempre tem duas versões!

Museu Gulbenkian - Lisboa
Espelho de René Lalique

Informações práticas:
Estes posts de Portugal estão te deixando com muita água na boca? Já sabe, a TAP continua com ótimas tarifas. E Chegando aqui como faço para visitar ao Gulbenkian?

Acesso:
Metrô: São Sebastião ou Praça de Espanha (Linha Azul). Acho mais fácil a da Praça de Espanha.
Ônibus (Autocarros): 16, 56, 728, 726, 742, 746.

Site:
www.museu.gulbenkian.pt

Horários:
De terça-feira a domingo: das 10:00 às 17:45
Fecha na segunda-feira

Tarifas:
Entrada: 5€
Entrada gratuita: crianças até 12 anos.
Desconto de 50% para maiores de 65 anos, e para estudantes com até 25 anos.

Serviços:
Loja, cafeteria, audio-guias (4€)

Fotografia: pode realizar fotos sem flash

Leia também:
Dez razões para visitar Lisboa e arredores – Lista 10+
O que fazer segunda-feira em Lisboa?
Parque das Nações – a modernidade lisboeta
Oceanário – “metade da minha alma é feita de maresia”
Telenovela É uma Casa Portuguesa – 1º. Capítulo
Baixo relevo assírio – repare na barbinha!
Bonitas e valiosas: arte por todos os lado na Grécia e Roma Antigas

fotos: turomaquia_2009 e do jarro de jade branco – site do museu

9 Comentários

  1. Carol Wieser

    ImpressionadaRealmente ele não colecionava qq coisa!! Que são aquelas peças egípcias? Lindas…Pra falar bem a verdade não sou muito de museus, mas desse estilo eu até gosto. Acho que é porque eu fico impressionada como que um cidadão consegue colecionar coisas tão importantes para a humanidade.Beijocas

    responder
  2. Lu Malheiros

    Oi!Ando sem tempo para comentar, mas estou prestando a maior atenção nessa sua viagem. Estou pensando em levar meu pai, ano que vem, para uma viagem a Portugal. Estive lá há 10 anos atrás e adorei! Pena que não tive tempo de ir no Gulbenkian….Adorei os Laliques!Bjs,

    responder
  3. Fê Costta

    Uau! Vejo tanta gente falar de Lisboa, mas nunca ví alguém falar deste museu! Que lugar delicioso de se passar um dia inteiro!! Sem dúvida o acervo deve ser especial, já que ele foi assessorado por Carter!Excelente dica! Já tenho-a comigo quando for para a terrinha lusitana!Bjos para vc!

    responder
  4. Vini

    Patricia o 365 acabou invadindo o turomaquia rrsrsrs, mas foi por muito nobre motivo, mostrar o que este país tem de tão rico !!!Maravilhoso, eu se quer imaginei que existise algo assim fora do eixo França – Espanha. AdoreiUm beijo

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Carol, em breve vou lançar algo que pode fazer você mudar de idéia sobre os museus (hehehe)!Fê, este museu tem muita qualidade e peças expostas escolhidas com muito acerto, e o melhor é o que eu escrevi no texto: não sufoca!Vini, lisboa tem muito mais hehehe espere os próximos capítulos!Beijos aos três

    responder
  6. luffi

    Optimo post sobre Gulbenkian, um dos melhores museus que conheço, talvez por não ser muito grande nem excessivamente lotado e apresenta uma das melhores coleçcoes privadas de arte. Quando você visitou provavelmente não estava ainda exposta uma sala ssó sobre as joias da Cartier. Se voce adorou Lalique então imagine as grandes joias da cartier!!! Só esqueceu de dizer uma coisa. O edifício da Gulbenkina é por si só uma obra de arte da arquitectura dos anos 50, lindo mesmo com um dos jardins japoneses mais lindos do mundo, chegoua visitar?

    responder
    • Patricia de Camargo

      Luffi, realmente não estava esta sala 🙁 Vou ter que voltar!!! E obrigada pelas dicas sobre o edifício. Ñ visitei os jardins porque fui em dezembro, e chovia a cântaros.
      Um abraço!

      responder
  7. Cinira Verani

    Patrícia adorei seu blog ! Pesquisando sobre Portugal, irei em outubro, dei com você! Deliciosos comentários de viagem ! Você me fez ficar apaixonada por Portugal !
    Grata
    Cinira Verani

    responder
    • Patricia de Camargo

      Cinira, que alegria saber que fomentei esta paixão 😉 Na volta me conta como foi a viagem!
      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Tristeza pela situação catalã. A região já perdeu mais de 1000 empresas e 15% das reservas turísticas. Tudo por culpa de uma famigerada ideia de um estado paradisíaco, graças à independência. Um artista espanhol definiu bem a situação, "não é Espanha contra Catalunha; é Catalunha contra Catalunha". .
#catalunha #españa #barcelona #gaudi #casabatllo #arte #sadmoments
  • Prá todo mundo que vez ou outra, sente-se imerso neste vagão de trem, sem saber bem aonde vai chegar 🚆
.
#tokyo🇯🇵 #japan🇯🇵 #feelings
  • A obra mais polêmica de GOYA no Top100Arte, lá no meu canal do YouTube - Patricia de Camargo. Também tem link na bio 💚

#arte #goya #historiadaarte #Top100Arte #youtuber
  • Tem tanta coisa prá censurar - corrupção, narcotráfico, crimes de gênero, crimes de ódio, mas tem gente que prefere  ir atrás da arte, "que torna  a vida suportável" 🙁

Todos os autoritarismos começaram desta maneira, indo atrás de artistas. Cuidado com o que você defende!

#Repost @gabi_mariliagabriela (@get_repost)
・・・
SOMOS MUITAS VOZES QUE NÃO ACEITAM A CENSURA E A DIFAMAÇÃO.  #342Artes  #censuranuncamais  #contraacensuraeadifamação
  • Diz aí, não está ficando com vontade de conhecer Gran Canaria? 😉

#lascanterasbeach #laspalmas #iggerslaspalmas #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #beachday #beautifulday #grancanaria #laspalmasdegrancanaria
  • E o dia amanheceu assim ... simplesmente perfeito, no quintal da minha casa 🤗

#beautifulday #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #iggerslaspalmas #canaryisland #españa

Follow Me!