Guias de Viagem e Arte

 
 
set 23 2006

Da fonte de vinho a pocilga (A Saga do Caminho 6)

Noite M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A !!! O joelho ainda não estava 100%, mas dormir rejuvenesce até a alma! Saímos em direção ao Monasterio de Irache. Um pouco antes de chegar ao Monasterio, você encontra uma fonte de vinho. É isto mesmo, não está louco, você leu bem – de vinho! Este é um presente das Adegas Irache aos peregrinos. Mas sinceramente, eu não tinha muita vontade de beber vinho pela manhã, mas vale a pena entrar no recinto. Ademais, ao lado desta fonte, existe outra de água.
Caminho de Santiago

DICA: Sempre tenha uma garrafa de água vazia contigo, o caminho está repleto de fontes!

Desta fonte, já se vislumbra o Monasterio do século XI, e com diversas construções posteriores. O Monasterio está aberto para visitação. Você pode deixar a mochila na entrada com os guardas, e passar nem que seja 30 minutos neste local que já albergou um refúgio de peregrinos. No caminho você faz teu tempo, qual é a graça chegar super cedo ao próximo refúgio, e deixar prá tras tantas maravilhas artísticas e de fé! Tente entender que fazer o Caminho de Santiago implica em CAMINHAR, CAMINHAR, CAMINHAR …

Pode parecer enfadonho, mas quando o corpo se acostuma é uma verdadeira delícia. Foi a única viagem que eu fiz na vida, na qual me esqueci de tudo, era uma outra realidade. Nossas únicas preocupações: comer, dormir e andar …
Caminho de Santiago Caminho de Santiago

Neste dia, comemos um dos melhores bocadillos do caminho, em um albergue da cidade de Villamayor de Monjardin. A jovem que fez o bocadillo era holandesa. O albergue era mantido por uma ordem religiosa deste país. É comum que vários voluntários dos albergues sejam de outros países.
Caminho de Santiago

Deixamos Monjardín e seu castelo (possivelmente de origen romana) e nos encaminamos para Los Arcos. Foram 12 quilômetros entre campos e no sol. Quando você atravessa várias cidades, o caminhar se faz mais ameno. Quando deve fazer um tramo tão extenso contemplando a mesma paisagem, a “coisa pega”. E este dia fazia um sol do caramba! Mas eu estava tão feliz, não sentia dores, e nem sofri com o sol … Para comer sentamos na sombra projetada por um monte de palha. Era a única sombra deste trajeto, aquí não se viam árvores, casas, nada …
Caminho de Santiago

Los Arcos é uma bela cidade … mas nada de bons serviços. São três albergues sofríveis, mas como chegamos tarde, tivemos que ficar no pior. Não só foi o pior desta cidade, mas o pior de todo o caminho. Uma verdadeira pocilga.
Caminho de Santiago

DICA: Se tem fôlego, visite a cidade. Principalmente a Iglesia de Santa María, que é impresionante, mas siga para a próxima cidade. Se puder, não durma em Los Arcos!!!

Voltando a porcaria do albergue. É um albergue privado chamado – Casa Alberdi. Uma mulher cobra $ 7,00€ por uma habitação compartilhada de 6 pessoas, e super suja. Nunca vi tanta mosca na minha vida, e um cheiro insuportável. Para mim foi uma provação (hehehehe), até picada de pulga rolou, mas “tô viva!” …

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Viaje com a gente no Google+ – google.com/+TuromaquiaViagens
Inscreva-se no nosso canal no YouTube, e seja o primeiro a ver nossos videos Turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Posts relacionados:
Tudo que é bom … (de Saint-Jean-Pied-De-Port a Roncesvalles)
Dificuldades … (de Roncesvalles a Zubiri)
Eu x Eu (de Zubiri a Cizur Menor)
Perdão e Reflexão (de Cizur Menor a Puente de la Reina)
Eu necessito … (de Puente de la Reina a Estella)

Imagens: turomaquia_2006

2 Comentários

  1. armandinho tsunami

    ki momento …..bj mana , teu presente chega ai , mas nao sei qdo

    responder
  2. Turomaquia

    Gracias hermano mío!!!!! Você é simplesmente FANTÁSTICO! Não vejo a hora de ler esta bíblia …

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos
  • É assim mesmo, sem truques 😉 Eu usei o Innsbruck Card de 48 horas para visitar os atrativos e subir na montanha ontem. Valeu a pena, a economia é real, fora a comodidade! 
E entre uma visita e outra, esta chuva de ruas lindas e montanhas imperiais. Curtiu?

#myinnsbruck #austrialovers #mountainscenery
  • Marca com quem você gostaria de compartilhar este banquinho a 2.256 metros de altura no top de Innsbruck 😉

Eu queria marcar o Tom, mas ele não tem Instagram 😂 
#myinnsbruck #innsbrucklover #mountains🗻 #austria_memories #nordketteinnsbruck
  • Na Arena Romana de Verona sendo feliz. Eu e a infanta de Velásquez 😉 Comprei o Verona Card de 24 horas e valeu a pena. Custou 20€, mas foi uma loucura passar apenas uma noite na cidade. Andei 19 km e tive que ir muito rápido, deveria ter ficado no mínimo 2 noites. O Verona Card de 48 horas custa 25€. #veronalovers #arenadiverona #italialovers #happymoments❤ #24horasverona

Follow Me!