Guias de Viagem e Arte

 
 
nov 09 2012

Roteiro Magritte – Bruxelas

Tenho uma relação de amor e ódio com o surrealismo. Explicando melhor: comigo o surreal só funciona no tête-à-tête. Em casa, vendo as telas nos livros, não chega ao coração. Mas ao vivo, ocorre uma magia, e me emociona.

Foi assim com Dalí, e em Bruxelas, foi a vez de Magritte. O artista belga viajava com as tintas e as pedras, mas não curtia fazer mala e tirar o pé da sua querida cidade. Dá para descobrir isso e muito mais no Roteiro Magritte 🙂
Roteiro Magritte

Todo lugar tem seu ponto único e singular. Na maioria das vezes relacionado com sua gente. Bruxelas foi a terra do Gaudí belga e de um dos maiores surrealistas de todos os tempos. Se você não tiver paciência para museu, tente ao menos dedicar uma manhã a este artista.
Roteiro Magritte

Comece na casa que ele passou 24 anos junto à sua amada esposa, Georgette. Leva um tempinho chegar. Peguei a linha 6 do metrô, e desci em Pannenhuis. Andei 1 km, o que foi ótimo. Era como ir entrando pouco a pouco no universo do artista. O bairro é beem diferente daquela Bruxelas que havia visitado até então. Residencial, muitas famílias, mas os desenhos murais gigantescos continuavam a aparecer 😉
Magritte em Bruxelas Roteiro Magritte

Para visitar a casa, tive que colocar nos pés uns plásticos que protegem o chão de madeira. Bolsas e mochilas também são guardadas durante a visita. Não deixe de pegar uma folha plastificada que vai te permitir identificar objetos ou lugares da casa que estão por toda a obra de Magritte.
Roteiro Magritte

No primeiro andar, objetos e pequenas obras. As folhas da sala explicam o que se vê em alguns idiomas, entre eles espanhol e inglês. A visita é bem livre, nunca me senti vigilada nem nada do gênero. A parte mais divertida é a casa em si. Esta sensação louca de estar dentro dos quadros.

Depois volte a pegar o metrô. Para ir direto (sem ter que trocar de trem) pegue a Linha 6 e desça em Porte de Nâmur. Vamos ao Museu Magritte. Junto ao Museu Real de Belas Artes. Surpreende desde o início. A visita começa em um elevador cheio de arte 😉 Suba até o último andar e vá descendo para ver as mais de 200 obras de forma cronológica.
Magritte em Bruxelas

Não é nada cansativo, JURO! São 2.500 metros, onde a luz coloca em evidência cada obra, num cenográfico entorno escuro. Com isso, o quadro é absoluto. Ganha o devido destaque, e sua interpretação, ou o simples orgasmo estético é imediato. Nem precisa entender de arte, basta apenas focar no que se vê, nada mais. Arte da boa é assim 😉
Roteiro Magritte

Info prática:
Casa Museu Magritte
End.: 135 rue Esseghem
Horário: abre de quarta-feira a domingo das 10:00 às 18:00 horas. Sempre fecha nos dias 25/12 e 01/01.
Tarifa: 7€, menores de 23 anos pagam 6€.
Aceita Brussels Card
Pode fotografar sem flash
Tempo de visita: 1 hora
Site: http://www.magrittemuseum.be/
Magritte em Bruxelas

Museu Magritte
End.: 1 Place Royale
Horário: de terça a domingo das 10:00 às 17:00 horas; nas quartas fica aberto até às 20:00 horas. Também fecha nos seguintes dias: 01/01, segunda quinta de janeiro; 01/01; 01/11, 11/11 e 25/12.
Tarifa: 8€; combinada com o Museu de Arte Antiga = 13€. Maiores de 65 anos pagam 5€; estudantes entre 18 e 25 anos pagam 2€ e menores de 18 anos acompanhados de um adulto não pagam. A primeira quarta de cada mês a entrada é gratuita na parte da tarde.
Aceita Brussels Card
Não pode fotografar
Tempo da visita: 1 hora e meia/ 2horas
Site: http://www.musee-magritte-museum.be/Portail/Site/Typo3.asp?lang=FR&id=languagedetect

Veja todos os posts da BÉLGICA, clicando aqui.

Busque e reserve seu hotel em BRUXELAS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada!

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Posts relacionados:
Como sair e chegar ao aeroporto low cost belga – Charleroi
Albergue em Bruxelas – Generation Europe Youth Hostel
Albergues em Bruxelas – Mochilando na Europa
Hotel em Bruxelas – NH Grand Place Arenberg

fotos: turomaquia_2011

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Minha gente que montagem 😱 Esta é apenas uma pequena amostra da exposição dos Irmãos Campana, que fica no MON em Curitiba até 20 de agosto.
.
#curitiba #irmãoscampana #campanabrothers #museum #museu #design #arte #art #mon
  • Pornografia gastronômica 😌 Levada pela @curitidoce, só podia né?! .
#ofamosobrigadeiro #curitiba #foodporn #cake #chocolate
  • Eu sei que é um dia complicado. Mas em dias como esse, a gente precisa ainda mais da arte! .
E neste Dia Internacional dos Museus, começamos com El Greco e um tema que eu adoro - A Anunciação. Na genial exposição do MASP.
.
#masp #museum #elgreco #arte #anunciacao #maneirismo #museumday #sampa
  • A melhor época para conhecer esta Costa, que é linda até sem sol, é entre a segunda quinzena de maio e a primeira de outubro. Principalmente se você quiser curtir uma praia 🏖
.
No www.turomaquia.com tem vários posts pra te ajudar a planejar esta viagem pela Costa Amalfitana. Também tenho vídeos no YouTube - Patricia de Camargo 👈
  • Gostinho de Brasil e de casa de pai e mãe 👨‍👩‍👧 Recomendo os pães de nata da Kaminski na Sete de Setembro e o queijo da Colônia Witmarsum 🍞🧀
.
#curitiba #kaminski #foodporn #bread🍞 #fromage #gastronomia #witmarsum
  • Por do sol louco, agora mesmo em Curitiba. Um céu laranja e uma nuvem perturbadoramente negra sobre tudo ☁☁☁
.
#curitiba #sunset #happymoments❤ #happiness😊 #cloudy #brasil🇧🇷

Follow Me!