Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 17 2009

Albergues em Bruxelas – Mochilando pela Europa

continua“Cheguei na estação, peguei o horário dos trens para Paris, mas o escritório de turismo estava fechado, sai por volta das 20:15 à cata do albergue. Bruxelas parece bem bonito. Mas nada de achar o tal albergue, perguntei, perguntei, dei voltas e estava ficando meio desesperada, quase dez da noite, foi quando um casal de carro, parou e perguntou se eu estava perdida e me levou até lá!

O albergue é muito bonito, banheiro limpo e o mais diferente, o quarto é misto. Dormi  muito bem e acordei feliz da vida, nada melhor do que se sentir agraciada pela vida e dormir com os anjinhos para ver tudo outra vez cor de rosa!”

Em alguma viagem alguém te ajudou de uma maneira que você não esperava?

Informação prática:
Albergues em Bruxelas
Sleep Well: com quartos: individuais, duplos, triplos e dormitórios de 4 a 8 camas (com e sem banheiro privativo)

Jeugdherbergen – Também oferece quartos individuais, duplos, triplos e dormitórios (para quem vai sozinho e quer privacidade, a opção mais barata é um albergue).

Albergue Juvenil Génération Europe: também oferece quartos individuais, duplos, triplos e dormitórios.

Albergue Juvenil Jacques Brel: também oferece quartos individuais, duplos, triplos e dormitórios, e alguns quartos com banheiros privativos.

Para ver e reservar outros hotéis em Bruxelas, clique aqui.


Mapa com a localização dos albergues juvenis de Flandres

Procurando albergues, olha que bed & breakfast mais legal achei para quem vai de carro e quer ficar mais tranquilo. Os preços são bons – 90 a 100 euros o quarto duplo, e a estância mínima é de duas noites: Maison Bliss

mapa: http://www.laj.be/html/es/albergues/auberges_es.htm

4 Comentários

  1. Alessandra Mosquera

    Sim, em Atenas. Sentei no aviao com dois irmaos gregos e o mais novo começou a dar em cima de mim, mas era simpático. Ele me disse que me levava até o meu hotel (era meia-noite quando chegamos em Atenas), que nao valia a pena eu gastar dinheiro com taxi, que havia um ônibus que deixava perto. Confiei e fui na dele. O ônibus nao deixava perto coisa nenhuma, tinha que andar pra c…lho, o irmao dele começou a discutir com ele em grego, até que ele me deixou numa avenida próxima ao hotel e disse "é só descer essa rua, o seu hotel está logo ali" e ele se mandou… o hotel nao estava onde ele disse, comecei a dar voltas em círculos, era mais de 1 hora da manha, fazia um calor infernal, todos os taxistas passavam por mim me olhando como se fosse uma prostituta, eu entrei num hotel de cinco estrelas para pedir informaçao, mas só me deram um mapa, que nao me ajudou muito, porque a rua quase nao tinha luz. Até que entrei em um hotel fuleiro e pensei "vou dormir aqui, chega", só que o velhinho da recepçao me disse "o seu hotel está aqui na esquina". E estava!Quando entrei no hotel (era um Best Western), ao ver o rapaz da recepçao eu falei: "você nao sabe o quanto fico feliz em verte", o cara pensou que eu era doida, hahahaha… Bom, acho que na verdade nao me ajudaram muito, mas pelo menos foi engraçado (hoje em dia, claro)

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Caramba Alessandra, chegar de noite é bem complicado! Quando viajo sozinha tento evitar, mas tem muitos voos low-cost que chegam de noitão ou saem quase de madrugada!Mas o legal de viajar (by the way) é ter tantas histórias, algumas ultra legais e outras que como você disse, nos fazem rir depois, mas que na hora são punk!Beijos

    responder
  3. Anonymous

    Por que não colocas o ano dos das viagens. As vezes fico em dúvida se estou lendo uma narrativa antiga ou recente. Até quando vejo a moeda antiga fico intrigado. Será que voltaram às Pesetas?

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Você tem toda razão, este é um relato dentro da seção "Em algum lugar do passado". Sobre meu primeiro mochilão em 1995, e por isso ao final sempre acrescento informações práticas atualizadas.Obrigado pelo teu comentário, desta forma juntos podemos melhorar o Turomaquia!!!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!