• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens

Roteiro a pé por Florença – Da Catedral à Praça Michelangelo

Postado em 13.julho.2010

Florença, a cidade fundada pelos romanos é perfeita para caminhar. Entre ruelas apertadas pelos edifícios o visitante é quase intimado a começar seu percurso pelo conjunto da Piazza del Duomo. Todas as grandes cidades italianas tem o seu Duomo, nada mais nada menos que Catedral no idioma pátrio.

Catedral e Campanario

Começamos nosso roteiro a pé por Florença nesta Piazza. Onde três monumentos se erguem em mármore branco, verde e vermelho. Desde a época medieval, era comum nas cidades italianas construir o edifício da igreja, um batistério e uma torre campanário. Para entrar na igreja não se paga nada, mas para subir à cúpula, e entrar nos outros dois, é necessário passar por caixa.

Nesta primeira parada, para ter um panorama geral da cidade, suba ao campanário. Quatrocentos e quatorze degraus te levarão ao ponto mais alto da torre, a 85 metros sobre a praça. Giotto desenhou o edifício em 1334, mas morreu antes de terminá-lo. Além da vista, a torre está totalmente decorada em sua parte exterior. São 56 relevos e 16 estátuas em tamanho natural. Alguns relevos seriam de autoria do próprio Giotto e outros de Donatello.

Duomo Florença
A subida ….
Vista desde Campanario
Uma das vistas. No dia que eu subi, o dia estava bem feinho …

Deixamos a torre, quem sabe um pouco exaustos e seria a hora de fazer uma boquinha. Pegamos a Via dei Calzaioli para provar um dos muitos sanduíches dos “i due fratelini”. Que na verdade fica numa ruela que atravessa a Calzaioli – a Via dei Cimatori 38.

Com mais energia em quase nada chegamos à Piazza della Signoria. Um museu a céu aberto! Esta enrome praça surgiu de uma maldição, como? É isso mesmo, ninguém tinha intenção nenhuma de construir uma praça. No século 13, dois bandos rivais de Florença se enfrentaram, e algumas famílias importantes dos lados dos perdedores foram exiladas e suas casas destruídas. O lugar onde se encontrava a casa dos Uberti foi declarado maldito. As construções foram banidas!

Piazza della Signoria

Passeie por todo o lugar. Aproveite para tirar muitas fotas desta réplica do David, de Michelangelo. A original, que se encontra na Accademia, antes estava neste exato lugar. E como no museu estão vedadas as fotos, este é o momento!

Piazza della Signoria

Da Piazza direto à Ponte Vecchio. Que por milagre divino sobreviveu à Segunda Guerra Mundial. Os alemães antes de sair da cidade, destruiram as pontes da cidade, apenas deixando em pé a Vecchio. Mas para que os florentinos não pudessem utilizá-la destruiram as ruas de acesso. Antes deste incidente, a ponte primeiro foi utilizada pelos açougueiros, ferreiros, curtidores de pele. Mas eles jogavam todo o lixo no rio e a zona fedia. Até que no século 16, o Duque Fernando decidiu que ali só estariam os ourives, que até hoje continuam neste local!

Ponte Vecchio

Dependendo do horário, podemos passar pelo Palácio Pitti, visitar a Galeria Palatina com os Aposentos Reais, ou ao menos o inusitado Giardino di Boboli. Que não é um mero jardim, seu criador Buontalenti levou 10 anos para realiza-lo isso no século 16, e olha que sofreu ampliações até o século 18. Um lugar com grutas, esculturas e muito verde, com umas boas vistas da cidade.

Antes do por-do-sol chegue a Piazzale di Michelangelo. Outra réplica do David te espera. Mas o melhor é ter toda a cidade de Florença a teus pés. Daqui se pode ver a magnitude do conjunto da Catedral. Para terminar o dia feliz, o melhor é comer uma bisteca fiorentina na Trattoria Casalinga antes de retornar ao outro lado do rio.

Trattoria Casalinga

Informação prática:

Mapa Roteiro a Pé Florencia

Para ver o mapa ampliado, clique aqui.
No mapa:
A – Piazza del Duomo
B – I Due Fratelini
C – Piazza della Signoria
D – Ponte Vecchio
E – Palácio Pitti
F – Piazzale Michelangelo
G- Trattoria Casalinga

Campanário de Florençahttp://www.operaduomo.firenze.it/
Tarifa: 6€
Horários:
Das 8:30 às 19:30
Em janeiro das 08:30 às 14:00

I Due Fratelinihttp://www.iduefratellini.com

Palácio Pittihttp://www.polomuseale.firenze.it/english/musei/palazzopitti/
Galeria Palatina
Horários:
De terça a domingo das 08:15 às 18:50
Tarifa: 8,50€

Giardino di Boboli
Horários:
Novembro e fevereiro: 08:15 às 16:30
Março: 08:15 às 17:30
Abril, maio, setembro e outubro: 08:15 às 18:30
Junho e agosto: 08:15 às 19:30
A Gruta Buontalenti está aberta para visitas acompa
nhadas:
11:00, 13:00 , 15:00 – normalmente
11:00, 13:00, 15:00, 16:00 março
11:00, 13:00, 15:00, 16:00, 17:00 de abril a setembro
Tarifa: 7€

Para entrar em todos os museus do Palácio Pitti e nos jardins, existe uma entrada combinada de 11,50 e vale por 3 dias.

Trattoria Casalingahttp://www.trattorialacasalinga.it/

Fotos: turomaquia_1995_2010
Mapa: Google Maps

9 Comentários

  1. Patricia, legal esse roteiro! Vou para a Itália em outubro e já estou anotando essas dicas. Eu já conheço Florença, mas vou dar uma passadinha por lá de novo.Abraços!

    responder
  2. Esses seus mapas, tudo nos mííínimos detalhes… são demais! Ando tendo uma queda pela Itália. Vontade de passar uma temporada lá! Mas já, já, logo passa, é só eu começarva publicar a série Portugal Barato. hahaha!

    responder
  3. Ai que saudade que deu de Florença. Essas escadinhas são de matar. Como se sobe escada na europa não é mesmo?Ah.. essa primeira foto está fantástica! Que angulo lindo que ela ficou!

    responder
  4. Que lindo! Ainda não conheço Florença…ainda!

    responder
  5. Beatriz Oliveira

    Oi Patricia!
    Estou fazendo pesquisas para minha viagem no próximo mês. Gostaria de saber se você acha necessário comprar os bilhetes da Galeria degli Uffizi e da Galleria Dell’Academia antecipados, através do site? Tem um custo de 4 euros por bilhete.
    Obrigada!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Vc vai em algum feriado? Amanhã vou postar sobre um passe que pode te ajudar ;)
      Um abraço

      responder
  6. Beatriz Oliveira

    Oi Patricia!
    Que bom! Estou achando que lá é necessário!
    Vou chegar em Florença dia 11 de outubro a tarde e fico até dia 14.
    Li o post sobre o novo passe de Roma, mas por ser minha primeira vez na Itália acho que o Roma Pass vai ser suficiente.
    Obrigada pelas dicas e por essas fotos lindas!
    Já estou curtindo o Artetropia também!

    responder
  7. Paula S

    Oi Patrícia,

    Em minha viagem à Itália, agora em abril,embora durma na cidade 3 noites, estarei dedicada exclusivamente à Florença por 1 dia e meio.
    Vc acha que vale a pena comprar o Firenze Card? Somos duas pessoas. Minha intenção inicial é comprar os ingressos da Uffizi e Academia pela internet a fim de evitar as filas.
    Então, me dá um help aqui, por favor, porque eu sei que vc saca muuuuuuito de arte e de museus. Existe uma ordem para visitar esses locais? Por exemplo, Accademia antes da Galeria, ou vice-versa?
    E o mais importante: quanto tempo devo dedicar a esses locais? Pretendo conhecer ambos no mesmo dia. Bjs,

    responder
    • Patricia de Camargo

      Paula, ñ vale a pena se vc for comprar antecipadamente as duas entradas, além do que em 1 dia e meio é melhor ficar apenas como estes dois grandes museus. Eu visitaria um na manhã do primeiro dia, e o segundo, na manhã seguinte para não saturar. Iria primeiro na Accademia.
      Beijos

      responder
Deixe seu Comentário