Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 05 2012

O museu dos grandes do renascimento e do barroco em Berlim – Gemäldegalerie

Para quem não curte museu cheio, e é apaixonado por Renascimento e Barroco, acaba de encontrar um museu em Berlim para chamar de seu 🙂 – Gemaldegalerie. Coleção de primeiríssima qualidade, num ambiente super sereno. Estive vários minutos sozinha em muitas das salas.
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Como a grande maioria dos grandes museus de arte europeus, seu acervo tem bases reais. Neste caso, da coleção do Rei Frederico, o Grande. Abre suas portas em 1830, muda de lugar e se incorporam novos trabalhos, até que ganha sua sede atual em 1998, dentro do gigantesco complexo – Kulturforum.

Gemaldegalerie – O que não devo perder

Aqui estão expostas obras da arte ocidental do século 13 ao 18. As obras estão divididas de forma cronológica e por escolas, mais didático: impossível! 🙂

O que não me perderia por nada deste mundo. Os melhores pré-renascentistas como Bosch (já que há poucas oportunidades de ver suas obras) e o homem que teria dado o “pistoletazo” de saída para o Renascimento – Giotto.
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim

O Renascimento mais retumbante está presente por aqui com obras de Boticelli. Depois da Ufizzi acredito que seja o museu com mais obras do artista. A delicadeza da construção da figura feminina vale algumas babadas!
Gemaldegalerie - Museu Berlim Gemaldegalerie - Museu Berlim

Mas também tem Rafael Sanzio. Chegou a hora de cair de boca no barroco de Caravaggio, e numa seleção digna de medalha de ouro do barroco do norte, com representantes como Vermeer, Rembrandt e Rubens.
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Seguindo este percurso: Bosch – Giotto – Boticelli – Rafael – Rembrandt – Rubens – Vermeer, vai precisar de 1 hora para encher de alegria teu corpo.

Gemaldegalerie – Quando ir

Fecha apenas na segunda-feira. De terça a domingo funciona das 10:00 às 18:00 horas, e na quinta faz serão até às 22:00 horas.

Gemaldegalerie – Como chegar

Está do ladinho do Tiergaten e a 450 metros do Sony Center, dentro do Kulturforum. Se quiser utilizar o transporte público, o metrô e o trem vão te deixar justamente no lugar que abriga o Sony Center, a Potsdamer Platz.
kulturforum-vista-aerea

Para ir de:
U-Bahn U2 (Potsdamer Platz)
S-Bahn S1, S2, S25 (Potsdamer Platz)
Ônibus: M29 (Potsdamer Brücke); M41 (Potsdamer Platz Bhf / Voßstraße); M48, M85 (Kulturforum); 200 (Philharmonie).

Gemaldegalerie – Quanto custa

A entrada geral custa 8€, a reduzida 4€. Pode ser comprada, por exemplo, por estudantes. Menores de 18 anos tem entrada gratuita.

Gemaldegalerie – Aceita algum passe

Um dos melhores passes europeus, o Museum Pass Berlin.

Gemaldegalerie – Que serviços oferece

O Kulturforum oferece um grande número de serviços, entre eles: guarda-volumes, café e livraria. Na frente da entrada principal uma espécie de lanchonete-café oferece lanches e bebidinhas. Provei uma deliciosa quichê.
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Gemaldegalerie – Pode fotografar

PODE 🙂 sem flash!

End.: Matthäikirchplatz – Kulturforum
Tel.: 030 – 266 42 42 42
Site: http://www.smb.museum/smb/standorte/index.php?lang=en&p=2&objID=35

Veja todos nossos posts de BERLIM

Busque e reserve seu hotel em Berlim, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste 2016, coloque o código: AFILI2016. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui

Escape das filas, compre antes da viagem e em português, as entradas para os principais ATRATIVOS DE BERLIM, clicando aqui.

Posts relacionados:
Ilha dos Museus em Berlim
Museum Pass Berlim – Vale a pena?
Museu de Pérgamo – Guia Prático (F.A.Q.)
Museu da Nefertiti – um pouco da história do edifício
Neues Museum em Berlim, para ir antes de morrer 😉
Bode Museum – museu do quê?
Hamburger Banhhof – Arte Contemporânea da boa em Berlim!

fotos: turomaquia_2010
Imagem Kulturforum: site oficial

4 Comentários

  1. helo

    Adorei Pat! Que dica preciosa. Agora preciso voltar a Berlim, urgente!

    responder
  2. Wanessa

    Eu passei rapidinho pela Gemaldegalerie quando estive em Berlim (fui achando que era um dia em que abria até mais tarde, mas estava enganada…) e foi uma ótima surpresa. Na época, eu tinha acabado de ter umas aulas de história da arte e minha impressão sobre a pintura do início do renascimento tinha mudado muito. Antes, eu achava as obras muito “primárias”, mas, depois de conhecer mais sobre a evolução da pintura, esses artistas ganharam a minha admiração. Adorei ver algumas obras ao vivo. Da próxima vez que for a Berlim, com certeza voltarei para uma visita com toda a calma que a Gemaldegalerie merece!

    responder
  3. Bóia Paulista

    Oi, Pat! Tudo bem? 😉

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Natalie – Boia Paulista

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Naty, a equipe do Turo adora ser selecionada para a Viajosfera, valeuuuuuu
      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Estamos matando nosso planeta e ainda tem gente que justifica isso 😥😪😭 #amazonas #prayforAmazonas
  • Um passeio pela Tóquio dos anos 1969 e 1970 das mãos de Watanabe, um estudante universitário de classe média, normal e corrente.

Uma novela sobre a solidão arraigada que muitas vezes leva ao desespero. Uma novela sobre o amadurecimento.

Peguei a ideia de postar os livros da @helorighetto Ela usa a etiqueta #heloreads eu vou usar #turolivros

#norwegianwood #murakami #books #desafio1livropormês #dicasdelivros
  • Nas entranhas da obra da espanhola Cristina Iglesias. Para ver mais Inhotim, é só ir no @arte_365 
#inhotim #museumlovers #cristinaiglesias #artecontemporanea #minasgerais
  • Se existe um museu ao ar livre mais fotogênico que o Inhotim, eu desconheço 😉 💁🏽‍♀️ A entrada ao museu custa R$44,00, o complexo abre de terça a domingo. Hoje, quarta-feira, a entrada é gratuita. ⚠️ Sem fazer uma maratona artística é impossível visitar tudo apenas num dia. Para tanto, são necessários 2 dias. 🏃🏽‍♂️ Se você não quer caminhar muito ou quer maximizar o tempo da visita, pague para usar o sistema de carrinhos do complexo, que te levam e trazem por todos os caminhos.

#inhotim #museumlovers #minasgerais #brumadinho #arte
  • Isso aqui é um pouquinho de Inhotim ió ió 😉

#inhotim #minasgerais #brumadinho #arte #jardins
  • Uma beleza chamada ... Belo Horizonte 💕💕💕 #belohorizonte #pracadaliberdade #minasgerais #palmeras🌴

Follow Me!