Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 30 2017

Kouros: o comecinho da escultura grega

Kouros: os antecedentes

Os gregos não nasceram sabendo fazer arte. Os povos que formaram a Grécia Antiga trouxeram muitos conhecimentos. E como os artistas gregos não estavam submetidos a rígidas regras como no Egito, isto permitiu que pouco a pouco eles pudessem evoluir e descobrir novas técnicas.

Para lembrar as regras egípcias, te deixo o vídeo do TOP100Arte

Kouros: as primeiras esculturas gregas

As primeiras esculturas gregas eram rígidas. Dá uma olhada nestas duas esculturas, elas são enormes, medem 2,18 metros. Parece que elas vão sair caminhando? Difícil né!?

Este tipo de esculturas masculinas desnudas eram chamadas de Kouros, que significa “homem jovem”. Os olhos ainda lembram bastante os egípcios, não são nada naturais. Assim como os músculos e ossos, observe os joelhos. Existe uma simetria perfeita e equilibrada entre os dois lados do corpo. E a forma de construir o cabelo também é característica deste período, e parece ser uma influência da Mesopotâmia.

Estas duas esculturas são conhecidas como “Cléobis e Bitón”. Conta a lenda narrada por Heródoto que os dois jovens se ofereceram para levar sua mãe até o templo de Hera, onde ela exercia de sacerdotisa, até aí tudo bem. Acontece que os bois que levavam o carro não se encontravam à disposiçao, então eles se colocaram no lugar dos tais bois! Depois de dias de dura jornada, por fim chegaram ao templo. A mãe cheia de alegria suplicou à deusa que concedesse a seus filhos o maior dos presentes. Neste momento, os dois jovens se recostaram e nunca mais se levantaram! Para uma linha da filosofia grega, o maior dos presentes seria uma morte tranquila e prematura após haver demonstrado sua virtude diante dos homens!!!

kouros

Para vê-los? Vá ao Museu de Delfos. Que fica a uns 180 Km de Atenas. O museu é visita obrigatória junto com o santuário. Os heróis foram realizados por Polimedes de Argos entre 600 e 580 a.C.

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

3 Comentários

  1. Carmen

    Un excelente post, Patrícia. Me ha venido a la memoria mi viaje a Galaxidi y Delfos. Tengo un buen recuerdo de ese lugar.

    Estuvimos en agosto del 2016 en emplazamiento arqueológico situado en Delfos. Hicimos el recorrido en dos partes, es decir en dos días. El primer día, por la tarde y sin sol (porque está situado en la ladera de una montaña y no le daba el sol) recorrimos el espacio arqueológico, que está al aire libre. A la mañana siguiente, a primera hora visitamos el museo. Fuera hacía un calor sofocante, pero dentro del museo con el aire acondicionado se estaba fresquito.

    Justo, estas dos piezas de los Kouros y el Auriga de Delfos me impresionaron especialmente. Sobre todo por el trabajo minucioso de los artistas y artesanos que habían creado de la nada estas bellísimas obras.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Carmen, este año volvemos a Grecia. Voy hacer una road trip para ver algunos yacimientos en la península y depues vamos quedar 4 días en Atenas.
      Besos

      responder
      • Carmen

        Patrícia, este año nosotros volvemos a ir a Grecia. Hacemos una ruta desde Galaxidi a Parga, pasando por Preveza. Repetimos Galaxidi, porque nos gustó su aire tranquilo y bohemio. Dejamos atrás el Peloponeso con muchísima pena y una cierta pereza. Estos últimos años, siempre hemos ido al Peloponeso y nos lo hemos pasado muy bien. Conocemos la zona de Messenia, la de Laconia, la de Arcadia y la Argólida. Todas tienen su encanto particular. Unas zonas del Peloponeso son más secas y abruptas. Otras tienen altas montañas, como la del Taigetos; otras largas playas y mucha vegetación.

        responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Olha ela vista do terraço do Arco do Triunfo. Como muitos de vocês comentaram na foto que coloquei do Arco, o legal é subir um pouco antes do sol se pôr e ver o entardecer lá de cima. É algo mágico ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ É um dos poucos monumentos que fica aberto até tarde.

#leCMN #ArcDeTriomphe #paris #parislovers #arcodotriunfo
  • Na frente de um dos nossos hotéis da viagem, prá avisar que já saiu o primeiro post de PARIS, com uma dica incrível! Visite o www.tuomaquia.com ou clique no link da bio 👍

#parislovers #lamaisonfavart #paris @hotellamaisonfavart
  • Eu viajei com a Ledinara do @curitidoce isso enriqueceu de uma maneira louca minhas experiências gastronômicas.

No mesmo dia da foto anterior, também estivemos na @maisonladuree 
Ela teve a ideia de comprar este macaron en forma de coração para provar e tirar fotos no Jardim des Tulleries, que fica do ladinho de uma das lojas.

Custou 2,10€ e nos divertimos barbaridades. Aliás se eu fosse você, seguia a @curitidoce porque ela fez vídeos de todos os doces que provamos nos 4 dias que estivemos juntas 💕

#laduree #parislovers #parisfood #paris #macaron
  • Uma das grandes experiências desta viagem: comer uma das “frutas” do grande @cedricgrolet 
O limão negro que eu comi é feito com um pequeno limão desta cor que vem do Irã após ficar um mês no deserto secando. 
O senhor que nos recebe na porta e que eu chamaria de chefe de sala, é um dos responsáveis em converter esta experiência em inesquecível. 
Não é um doce barato, mas vale cada centavo 😉

#cedricgrolet #parisfood #parislovers #doce #paris
  • Tão legal estar de bobeira e de repente, dar com ela 🤗 qual é teu lugar favorito para fotografar a torre?

#toureiffel #paris #parislovers
  • Esta belezura da foto já ganhou em 2014 o título de melhor madeleine de Paris. A madeleine é um bolinho com um toque de limão. 
Eu vim na Blé Sucré e comprei o pacotinho com 4 mais um expresso e paguei 5,50€. Comi na pracinha na frente da loja porque todas as mesas estavam ocupadas e posso te confirmar que é MARAVILHOSA 😍

Te dedico @curitidoce saudades de ti!

#blesucre #madeleine #parisfood #parislovers #foodporn

Follow Me!