• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens
Posts da categoria: ‘Delfos’

FotoGaleria Delfos

Postado em 05.janeiro.2009

Vista do Golfo e do Templo de Apolo 


Vista do santuário desde seu anfiteatro


Os restos do enorme ginásio no Santuário de Atenea

Destaques do post:
Fotos do Santuário de Delfos 

Fotos: turomaquia_2008

Santuario de Delfos: dicas de visita!

Postado em 04.janeiro.2009

Acordamos cedinho para visitar a antiga Delfos. Por quê? Todos os dias muita gente visita o santuário de Delfos. E além da multidão, no verão faz um calor do demônio, o vento te salva um pouquinho, mas não deixe de levar uma garrafinha d´água. Por isso acorde cedo e chegue antes das massas de turistas que escolhem visitar Delfos através dos inúmeros pacotes de um a três dias que saem diariamente de Atenas. E não pense que esta é uma forma cômoda de vir para cá, porque os grupos praticam uma espécie de jogging de monumento, no final do dia já nem dever sequer lembrar de tudo o que viram ou quem sabe, devem sofrer aquela síndrome causada pela exposição prolongada à beleza, a síndrome de Sthendal.
Delfos - Grécia Continue lendo »

Delfos: o museu

Postado em 17.dezembro.2008

No final do post de ontem, estávamos caminhando ao Museu de Delfos. Se você tem pânico a museu, relaxa. Este museu é bem montado, interessante e não é grande. E também é imprescindível para depois entender o sítio arqueológico, por quê? Porque todas as esculturas e os tesouros que eram presenteados ao Oráculo estão no museu. E o museu explica os edifícios que depois você verá na visita à “antiga Delfos”. A entrada para o museu e o sítio arqueológico custa 9€.

O que nós fizemos foi visitar o museu e deixar o santuário para o dia seguinte, e imagina que neste lugar você verá um montão de coisa que estudou quando estava na oitava série! É tão estranho de repente estar cara a cara com todos estes anos de história e relembrar aquele teu professor e entender porque ele contava tudo aquilo com tanta paixão!

O museu tenta recriar a atmosfera dos principais edifícios do santuário de Delfos. É certo que Delfos ganhou fama no século VIII a.C., mas sua história é bem anterior e data do princípio do terceiro milênio a.C. , isso mesmo, 3.000 a.C. No ano 1.400 a.C se tem notícia que aí já existia um oráculo que realizava adivinhações, mas nesta época era um santuário feminino, dedicado a Gea o a Atenea. Já em seu momento de esplendor era um santuário dedicado ao deus Apolo. E era o próprio deus quem falava através da boca de uma Pitia. Ao princípio o oráculo dava conselhos somente uma vez por ano, mas depois como a clientela aumentou, passou a dar conselhos todo dia sete de cada mês, exceto nos meses de inverno. A Pitia era uma mulher com mais de 50 anos, que a partir do momento que se responsabilizava pelo oráculo, abandonava marido e filhos. Sempre levava roupa branca e tinhas umas regras estritas de vida.


Você verá que várias cidades possuíam templos e embaixadas em Delfos, porque assim podiam consultar o oráculo quando tinham vontade. E para mostrar seu agradecimento, o santuário recebia muitos presentes, que podiam ser até esculturas de ouro maciço, como um leão de 250 quilos de peso. Muitos dos objetos eram como os ex-votos que as pessoas levam hoje em dia a algumas igrejas importantes para demonstrar sua gratidão. Mais aqui, na maioria dos casos a gratidão estava relacionada com a vitória em batalhas! O oráculo não era uma mera vidente do mundo antigo, ele decidia por exemplo se valia a pena formar uma colônia grega em determinado lugar!

O museu vai te ajudar a entender tudo isso, e a última peça que você verá é a famosa obra-prima da arte grega antiga. O Auriga de Delfos! É muito lindo!!! Vai fazer você lembrar um pouco do filme Ben-Hur, lembra das corridas de quadrigas? Um clássico. Então aqui você verá um dos corrredores destas competições prestigiosas e atrativas que se realizavam durante os Jogos Pan-Helênicos. Imagine que esta escultura de bronze foi realizada em 478 a.C., e ademais do corredor (aurigas) também formavam parte o carro e os cavalos. Em 1896, durante umas escavações francesas, encontraram o aurigas e umas partes do cavalo e do carro. Sabe aquelas coisas que você olha e não é capaz de tirar os olhos? Esta escultura tem este poder, magnetiza o espectador!


Vista de uma janela do museu


Ao fundo o Museu de Delfos


Na parte externa: cafeteria-lanchonete e loja de souvenirs e livros

Na próxima matéria, estaremos com Apolo na antiga Delfos!

Destaques do post:
Museu de Delfos
Auriga de Delfos – arte clássica grega
O que ver em Delfos

Leia também:
Um sonho com tempero grego: escapada desde Atenas

Fotos: turomaquia_2008

Um sonho com tempero grego: escapada desde Atenas

Postado em 16.dezembro.2008

Ainda lembro daquela noite de domingo, quando de repente vi pela primeira vez através da telinha, umas construções em cima de umas formações rochosas impressionantes. Pensei comigo, um dia eu tenho que conhecer este lugar. Voltei a vê-lo em revistas, documentários. E neste último agosto não é que realizei este sonho!? Mas vamos começar do início …

Depois de alguns dias em Atenas, alugamos um carro para uma escapada básica, e aí ocorreu a primeira burrada da viagem à Grécia. Havíamos alugado o carro através de Internet e o preço era realmente bastante inferior ao praticado no balcão, mas quando chegamos a representante da companhia em Atenas, que era a Avis, veio o atendente com aquela questão safadinha: Vocês alugaram sem o seguro tal e tal, querem pagar por esta segurança? Na ingenuidade total e por querer colocar o pé na estrada de uma vez por todas, dissemos que sim, e morremos com mais 48 euros. Pagamos 88 euros por três dias de aluguel, e nos deixamos levar, mas viagem é assim mesmo (…)

A primeira aventura foi sair de Atenas, que tem um tráfico super louco. Ao sair da locadora acabamos caindo numa parte do centro histórico com ruelas inimagináveis, mas ao final chegamos a estrada federal que nos levaria primeiro a Delfos.

Antes de sair de Atenas perguntamos se as placas das estradas estavam em inglês ou em alfabeto latino, todo mundo dizia que estavam grego e em inglês. Mas nem sempre, em vários trechos tivemos que ler os nomes das cidades em grego (risos). Assim, a dica é: aponte os nomes das cidades que você vai passar nos próximos quilômetros em grego, para isso vale a pena investir em um mapa Michelin (pagamos 8 euros) e tentar decorar mais ou menos alguns nomes. Nós fizemos assim, e sai tudo às mil maravilhas!

Depois de mais ou menos 170 quilômetros chegamos a Delfos. A cidade que está debruçada sobre o Golfo de Corinto é bem pequena, mas aconchegante. Na verdade são duas ruas principais repletas de hotéis e restaurantes, porque Delfos é um dos mais imponentes sítios arqueológicos gregos.


Placa que atesta que Delfos é Patrimônio Mundial da Humanidade


Golfo de Corinto

Deixamos nossas coisas no Hotel Sybilla, que era ótimo, amplo e com uma sacada com lindas vistas do Golfo, e o melhor? Só nos custou 35€ a noite. Caminhamos até a entrada do museu e do sítio arqueológico. Que será assunto para amanhã!

Hotel Sybilla – www.sibylla-hotel.gr
9, Pavlou & Friderikis str. 330 54
Telefone: (0030) 22650-82335

Veja também este post com um video do Hotel Sybilla:
Telenovela Kalón – Capítulo 17: vivendo ao máximo Delfos

Destaques do post:

As estradas gregas
Escapadas desde Atenas: Delfos
Hotel em Delfos

fotos e video: turomaquia_2008

Telenovela Kalón – Capítulo 20: Santuário de Atenea Pronaia (Delfos)

Postado em 08.novembro.2008

Nossos viajantes vão terminar sua visita a Delfos no Santuário de Atenea Pronaia, e vão começar a se preparar para outra maravilha. Uma paisagem alucinante, uma mistura de natureza intrépida e de engenho humano, para saber de que, ou de onde estou falando, assistam amanhã outro capítulo da nossa telenovela da viagem reallllllllllllllllllllllllll

video: turomaquia_2008

Telenovela Kalón – Capítulo 19: que lindo este patrimônio da humanidade!

Postado em 02.novembro.2008

Nossos viajantes continuam visitando Delfos e agora lhes espera umas paisagens de tirar o fôlego!

video: turomaquia_2008

Páginas:12

Últimos Comentários