Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 17 2010

Fado em Lisboa: Mesa de Frades – altamente recomendável

Aquele dia tinha sido longo. Em meio de chuva, sol e outra vez chuva conhecemos a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos e desfrutamos dos famosos pastéis de nata. Já de volta ao Chiado a tentação nos chamou, ninguém é de ferro, em plena época de promoções portuguesas, compramos!
fado em Lisboa
Entrada “Mesa de Frades”
Dos Armazéns do Chiado subimos diretamente ao Alfama. Nos esperava nossa reserva na “Mesa de Frades”. Conseguimos uma mesa na sala da entrada, onde mais tarde os artistas se colocariam para o fado. Havia uma segunda sala pequena, da qual se escutava bem, mas não se via nada!

O restaurante era pequeno, as mesas de madeira, e nas paredes murales de azulejos. O lugar que incialmente era uma capela e teria sido lugar de encontro de um rei e sua amante, agora era o ambiente perfeito para se emocionar com um fado.

fado em Lisboa

A reserva exigia que jantássemos, o que na verdade estávamos desejando. Apenas havíamos feito dois lanches na Pastelaria de Belém. Pedimos uma espécie de bolinhos de bacalhau achatados (pataniscas) com arroz (com tomate) e arroz de bacalhau. De entrada: pão, patê, queijo e azeitonas. Para beber: vinho e chops, ou melhor, imperial.
fado em Lisboa
Patanisca com arroz de tomate
fado em Lisboa
Arroz de bacalhau
A comida estava perfeita, como caseira, cheia de sabor. Os dois pratos serviam muito bem a duas pessoas. Eu necessitei da ajuda do Tom para terminar o arroz de bacalhau. Pensava que era uma espécie de risoto com trocinhos de bacalhau. Não podia estar mais equivocada,  duas postas enormes de bacalhau estavam debaixo da camada superficial de arroz.

Da nossa mesa era possível espiar o trabalho das cozinheiras. O pessoal que atendia era amável, um português e um jovem brasileiro. Era quase meia-noite quando alguns rapazes e raparigas começam a entrar no restaurante que já transbordava de gente. Colocam-se no balcão ou de pé atrás das mesas. Não posso mentir que aquilo me irritou um pouco, afinal agora que começava o espetáculo, iriam tapar minha visão. Mas aquela é a tradição, o que só não acontece no Clube do Fado. Nos demais, entre as 22:30 e a meia-noite as portas se abrem para aqueles que não se incomodam em assistir o fado no balcão ou de pé.

Minha irritação começou a desvanecer quando os primeiros acordes dos violões encheram o pequeno recinto. Primeiro, as luzes se apagaram, estávamos à luz de velas. Depois o providencial pedido de silêncio. Os artistas se colocaram junto à porta de entrada. Os violões soaram sozinhos na primeira música, na segunda uma voz masculina. Tocaram meia hora, e um descanso. Mas foi a cantora que veio à continuação que aliviou minh´alma daquela ligeira pertubação gerada por certa sensação de claustrofobia. Era magistral, e comecei sem querer ou sei lá querendo mesmo, a chorar. Ela alternava músicas alegres com melodias mais desesperadas e letras mais melancólicas. Cantou por uns quarenta minutos, acompanhada pelos violões que começaram o espetáculo.

Entre aqueles que chegaram depois das onze horas, muitos portugueses. Algumas canções eram acompanhadas pelo coro dos lisboetas. Depois daquela que para mim foi a diva, vieram outras cantoras, mas aquela sem dúvida foi a mais chocante, e já havia valido a noite. Estivemos ali até às 2 e pico da manhã. Descemos às ruas do Alfama tão felizes, que decidimos encarar o percurso à pé. Caminhamos até nosso hotel ao lado do Parque Eduardo VII, certos que mais do que cumprir um ritual de viagem à Lisboa, havíamos desfrutado de momentos que fazem com que os versos de Pessoa (“tudo vale a pena …”) tomem ainda mais sentido! Por isso pedimos: não saiam da capital sem subir ao Alfama e escutar a música portuguesa com certeza!

Informação prática
Mesa de Frades
história:
fado em Lisboa
endereço: Rua  dos remédios, 139a
telefone: (+351) 917029436
e-mail: mesadefrades@gmail.com
site: http://www.mesadefrades.com/
cardápio (ementa):
fado em Lisboa
nossa conta: 46,50€
olha quem já passou por lá também:
fado em Lisboa
Almódovar e amigos

fado em Lisboa
Nosso Ivan Lins com a cantora de fado, Mariza
Leia também:
Um roteiro a pé por Lisboa – Alfama e muito fado

fotos: turomaquia_2009 y Mesa de Frades

10 Comentários

  1. Isabel O.

    Estou há séculos para lá ir mas nunca calhou…Na fotografia com o Almodovar está o nosso cantor/fadista preferido – Camané.Ora experimente lá e depois conte… É impossível não adorar -http://www.youtube.com/watch?v=KaWhCGTnvAQNa do Ivan Lins, o nosso segundo cantor – Carlos do Carmo.Decididamente cá em casa os homens fadistas têm a nosssa preferência.Fico feliz que tenha gostado.Já aconselhei esse local num post algures, no blog do Ricardo F. Dizem que é muito bom e, pelos vistos, confirma-se.

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Isabel, ADOREI! Valeu pela super dica! Você conhece a Mafalda Arnauth? Ela vem cantar por aqui, e estou pensando em assisti-la. Já vi que gostam dos hombres fadistas, mas o que você acha dela?Vale muito a pena este local, o pessoal é tão amável, e os cantores e músicos desfrutam junto com o público. Haviam turistas, mas muita gente local.Beijos

    responder
  3. Isabel O.

    Olá PA Mafalda Arnauth é muito bem vista por cá e acho que deve valer a pena. Digo acho pelo seguinte – eu nunca fui grande fã da Marisa. Via-a na televisão e achava-a muito exagerada… depois ouvia-a ao vivo junto à Torre de Belém e fiquei emocionada http://www.youtube.com/watch?v=RZCXBBy9LWM&feature=related. (Veja que lindo. Como esteve agora ao pé da Torre consegue perceber melhor. A dirigir a orquestra, reparou? Está o brasileiro Jaques Morelenbaum )Ou seja, fado empacotado não vale nada por comparação à apresentação ao vivo. Como nunca ouvi a Mafalda seria injusto dar uma opinião muito fundamentada.Bj

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Isabel, arrepieiiiii com o video da Marisa! Muito lindo! Acho que vou ver a Mafalda, e depois te conto tudinho.Beijos

    responder
  5. Fernanda Paz Freitas

    Gostaria de ser informada sem querendo ser indescreto nem abusiva.
    Porque fechou a casa de “Mesa de Frades”, por questões burocráticas?
    Não é possivel voltar a reabrir?

    Atentamente, como os melhores cumprimentos
    Fernanda Freitas

    responder
    • Patricia de Camargo

      Fernanda, eu ñ sabia que havia fechado! Quando volte à Espanha vou tentar averiguar o porquê e se vai reabrir, obrigada pelo teu comentário!
      Um abraço

      responder
  6. Lud

    Já reabriu, ficou fechado por quatro meses

    responder
    • Patricia de Camargo

      Obrigada pela informação 🙂

      responder
  7. Marcela Obara

    AMEI o resturante Mesa de Frades. No estilo intimista e muito charmoso, nos sentimos “exclusivos” naquela noite que fechou nossa maravilhosa passada por Lisboa. Super recomento. Tem que reservar antes. Super Obrigada pela dica!! =)

    responder
    • Patricia de Camargo

      Marcela adorei receber teu feedback, e te agradeço muito ter retornado ao post para deixá-lo. E fiquei ainda mais feliz por ter contribuido ,de alguma maneira, ao sucesso da sua viagem!!!
      Um grande abraço 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Lanzarote é linda até detrás de uma janela 👏
.
#lanzarote #cesarmanrique #arquitetura #architect #canaryisland #art #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁
  • Praia de uma das ilhas mais singulares das Canarias - Lanzarote 🏝🏝🏝
.
#lanzarote #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #canaryisland #famarabeach🏄 #island #beach
  • Trafalgar Square, "casa"de um grande museu londrino 😉
#museumweek #museum #london #londres #art #trafalgarsquare #beautifulday
  • Vou viajar com crianças, qual museu devo ir?  Sinceramente dá prá levar as crianças em qualquer museu. Na maioria dos casos,  o problema maior são os adultos que não estão acostumados a ir a museus de arte e se sentem perdidos neles.

Nesta foto, a família se diverte entre as esculturas de Henry Moore na Tate Britain .

#museum #museumweek #tatebritain #henrymoore #art #arte #london #londres #familytrip
  • Esta é a panorâmica diante de um dos museus de arte mais visitados do mundo em 2016. Sabe qual é? 
Prá conhecer toda a lista passa lá no www.turomaquia.com ou clica aqui no link da bio 👈 
#museumweek #museum #bridge #london #arquitetura #architect #harrypotter
  • Muitos anos atrás, o clima mudou drasticamente e a areia virou pedra. E esta pedra chegou até nossos dias, não é incrível?!😱
.
#beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #canaryisland #beach

Follow Me!