Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 21 2010

Vivendo o sonho do Louvre – Mochilão Europa

“1º. de junho de 1995Tirei umas fotos da cidade universitária, da rua em frente e peguei o ônibus 21 até o Louvre. Quando avistei aquela pirâmide e as fontes, quase tive um treco, é muito bonito! Depois entrou no meu campo de visão o Arco do Carrosel, com suas colunas de mármore rosa e ao fundo o Palácio do Louvre.

LouvreLouvre

Entrei, comprei minha entrada (40FF) e iniciei minha visita pelo pavilhão Sully. Vi a Vênus de Milo, várias esculturas gregas e romanas, frontões e cheguei na Vitória de Samotrácia, lá no alto de uma escadaria. Fiquei super emocionada, acho que tirei umas quinhentas fotos.

Vitoria de Samotracia

Dali passei para a sala da pintua italiana. Boticelli, Da Vinci, Mantegna, Rafael … Vi a Monalisa que se encontra atrás de um vidro bem grosso. Há que pedir licença para conseguir chegar perto. Até existem umas plaquinhas pelo museu que indicam o caminho para chegar à Monalisa.

Vi Caravaggio, Goya, Velázquez, mas as melhores obras destes dois espanhóis já havia visto em Madri.

Vi o gigantesco quadro da coroação de David. Achei este pavilhão simplesmente o melhor. Depois fui para o pavilhão – Denon, e em seguida ao Richelieu.

Desci à livraria (eu adoro loja de museu) comprei livros, slides e consegui um catálogo para poder fazer pedidos no Brasil. Tem um shopping embaixo do Louvre! Comprei dois posters, um para mim e outra para minha mãe. Fui na Virgin do Louvre, achei o Cd do Stravinski que eu queria, e comprei o último Cd do Pink Floyd – Pulse, tem uma luzinha vermelha que fica pulsando o tempo todo. Ainda comprei dois singles: 4 Casamentos e 1 Funeral e Pulp Fiction.

Museu do LouvreMuseu do Louvre

Sai para o Jardim des Tuilleries, que é muito grande. Encontrei 2 brasileiras, que tiraram uma foto para mim.
Museu do Louvre

Também tirei fotos do Hotel des Invalides, onde está a tumba de Napoleão e como estava quase chovendo peguei o metrô para a Cidade Universitária. Só que peguei do lado errado, mas me toquei, e na estaçao de Champ de Mars arrumei a burrada!”

Arrepiei ao ler esta parte do meu diário. Voltei ao Louvre em 1999 com duas amigonas do peito. E na próxima semana estarei por lá. Uma viagem de trabalho, e o Museu do Louvre faz parte das minhas atividades de pesquisa pela capital francesa. Na sexta-feira passarei ao menos 7 horas pelas galerias do museu mais visitado do mundo. Em 2007, foram 8.300.000 visitantes.

Comecei a lembrar de filmes que o Louvre tenha aparecido e fora o meu queridinho com a Audrey Hepburn, lembrei do “Bande à part” do Godard (1964) com a célebre cena onde três jovens se propõe conhecer o Louvre em exatos 9:46, e o remake desta cena no filme de Bertolucci – The Dreamers, de 2003. Claro “O Código da Vinci”, que começa e praticamente termina no Louvre (2007). Um remake de 2001 de uma série
francesa de 1965 – O Fantasma do Louvre. O “Visage2 um filme louco co-produzido pelo Louvre.

Você lembra de outro filme em que o Louvre apareça???

Neste video coloquei extratos de filmes onde aparece o Louvre ou seus trailers. O último é o trailer de “Visage” só pela música já vale a pena chegar até o final!

Fotos: archivo_turomaquia_1995
Video: turomaquia_2010

4 Comentários

  1. _+*A Elite in Paris*+_

    Oi querida Patricia,15 anos depois, tudo continua igualzinho, sem tirar nem pôr.Não conheço outros filmes com o louvre.Acreditas que passo sempre por lá mas nunca entrei? :)Beijo meu ?,A Elite

    responder
  2. Vini

    Oi patrícia, que escandalo é esse museu eim …. Uma coisa do outro mundo mesmo. É o sonho de muitos como eu conhecê-lo. Mas o que mais me impressiona é que tudo, desde fora até dentro é uma arte … Um beijo.

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Elite, eu ainda não consegui acreditar, menina, hay que hacer algo para cambiar esta situación … (risos)Vini, quando se deseja algo de todo coração, e suas ações fazem jus ao tamanho dos sonhos, tudo se resolve e acontece!Beijos

    responder
  4. Vini

    Isso é verdade !

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Esta é a Nova Iorque florida que me deparei numa viagem que realizei nas primeiras duas semanas de maio. Linda demais 💕💕💕 #newyorkflowers #beautifulstreet #centralparkmoments #estadosunidos #novaiorque
  • Qual é seu ponto favorito do Central Park em New York? Eu acho lindo de morrer,  o lugar onde fica uma das maiores fontes da cidade, a Bethesda. 
Também conhecida como "Anjo das Águas", foi o primeiro trabalho de arte pública encomendado a uma mulher. Neste caso, a artista Emma Stebbins, que desenhou a fonte em 1868, sendo inaugurada em 1873.

A gente vê um anjo de bronze de dois metros e meio de altura que carrega um lírio e com a outra mão abençoa a água. Tem um referência bíblica ao evangelho de João que fala de um anjo que abençoa a piscina de Bethesda, conferindo-lhe poderes de cura. 
Debaixo do anjo vemos 4 querubins que representam a pureza, a saúde, a temperança e a paz.

É legal chegar junto à fonte cruzando por debaixo das arcadas da Bethesda Terrace, criada em 1860, um desenho de Jacob Wrey Mould. Debaixo dos arcos costumam se apresentar músicos, já vi um concerto melhor que o outro.

A fonte se encontra mais ou menos no meio do parque na altura da rua 72.

#bethesdafountain #centralpark #newyorklovers #mulheresnaarte #emmastebbins
  • Novo post-guia no www.turomaquia.com 🤛🏼 Espero que vocês curtam 🥰 🎶 Teardrop - Massive Attack (era o tema de abertura da série “House”. #moma #arte #artemoderna #museumguide #newyork
  • No Brooklyn todo mundo curte tirar esta foto na rua com a Manhattan Bridge de fundo. É só ir nas esquinas da rua Washington com a Front. Depois da foto, aproveita e faz uma boquinha no gostoso e barato Front Street Pizza 🍕 que na verdade é famoso por esta massinha recheada da foto 😉

#manhattanbridge #novaiorque #ondecomerbrooklyn #fotonewyork #beautifulstreet
  • O que será que elas estavam falando sobre uma das obras mais importantes de Picasso?! Eu não sou muito curiosa, mas adoro escutar o que o pessoal comenta no museu sobre as obras de arte. Não é para julgar, é para “ver” com os olhos do outro 👁👁 #moma #picasso #museumlovers #arte #historiadaarte
  • Junto ao Museu do Prado, vemos a escultura de Murillo. Ele foi um pintor barroco que colocou na tela a doçura das meninas, dos anjos, das virgens. 
Nasceu em Sevilha em 1618 e faleceu em 1682.

#murillo #barroco #arte #madri #arthistory

Follow Me!