Guias de Viagem e Arte

 
 
out 06 2013

Um prato perfeito para o outono europeu: cocido madrileño

Este post faz parte da Blogagem do Outono Europeu, uma série de posts que o Turomaquia, juntamente com outros blogs brasileiros de cidades europeias, estará publicando.

Numa comparação bem grosseira, o cocido é a feijoada espanhola. Cada região tem o seu, o que muda é o que leva cada um. A maioria dos cozidos espanhóis tem como ingrediente principal o garbanzo (nosso grão-de-bico) e até agora só conheci uma exceção, a fabada asturiana, que leva feijões brancos.

Por aqui ninguém come grão-de-bico em salada. Ele é o rei dos pratos “de cuchara”, daqueles que é melhor comer com colher ? É possível encontrá-lo em menus durante todo o ano, mas é complicado comê-lo nos 35 graus do verão. É um prato pesado, perfeito para quando o friozinho começa a se fazer mais presente.
Cocido Madrileño
Foto de Salvatore G2

Tal qual a feijoada, cozinha-se por muito tempo um montão de ingredientes, além do grão de bico, leva repolho, cenouras, batatas, morcilha, galinha, mocotó, chouriço, ponta de presunto ibérico, toucinho e macarrão cabelo de anjo. Além de uma espécie de bolinho frito feito com migalhas de pão dormido, ovos, bacon, salsinha e alho.

Parece que leva tudo, né? Como todo prato de origem humilde, a intenção era essa, colocar na penela tudo que sobrava na cozinha e que desse sustância. E olha que o dito tem história, mais o menos se tem notícia do “moço” desde o século 17 e sua origem é judaica.

Já provei várias vezes e posso te dizer que é um prato com caráter e delicioso. E o legal é que não se serve tudo junto, fazem em 2 ou 3 passos:
1) primeiro, a sopa. Resultado das 3 (ou mais) horas em que os ingredientes ficaram cozinhando na panela enorme.
2) o grão de bico com as verduras e batatas;
3) e por fim, as carnes.
Restaurante Casa Carola - Madrid
Foto de Pablo Monteagudo
Cocido Madrileño
Foto de Javier Lastras

Em alguns lugares servem juntos os passos 2 e 3. Eu prefiro separados para saborear mais cada ingrediente. É uma comida fantástica para longas conversas regadas com um bom vinho tinto.

Dica turomaquia: quer comer um bom cozido em Madri e com estilo? Nas quartas-feiras, na hora do almoço (13:00 às 16:00 horas) suba até a terraza do Hotel Wellington. E desfrute por 23€, do cocido madrileño + água + vinho ou cerveja + sobremesa.
Hotel Wellington Madrid

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Viaje com a gente no Google+ – google.com/+TuromaquiaViagens
Inscreva-se no nosso canal no YouTube, e seja o primeiro a ver nossos videos Turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Para ver os demais posts da Blogagem do Outono Europeu, visite:
Conexão Paris – hummm cogumelos e trufas
Londres para Principiantes – acompanha uma receita 🙂

1 Comentário

  1. Deise

    Nossa! Babei nessa primeira foto!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!