Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 03 2011

Trekking na Irlanda do Norte

Depois de uns dias viajando. Em muitos casos tenho a impressão que engordei 200 kilos. Para tirar esta sensação de “estou pesada”, nada melhor que meter no meio da viagem uma atividade mais movida. Somando esta condição ao fato de que na Irlanda o leque de caminhadas é enorme, resolvemos realizar um dos trekkings mais famosos por estes lados, que une os dois grandes atrativos da Irlanda do Norte, Carrick-a-Rede Bridge e a Calçada dos Gigantes.
Seguro viagem europa 728x90
Como não era uma caminhada circular, destas perfeitras que começa e termina no mesmo lugar, tivemos que esquematizar a logística. Saímos de Ballymoney em direção a Bushmills, onde dormiríamos. Deixamos o carro, e pegamos num ônibus até o começo da caminhada.

Trekking na Irlanda do Norte

Antes de começar a dita cuja, visita ao atrativo que forma parte de todas as excursões que saem de Dublin com destino a Irlanda do Norte ou de Belfast – a Carrick-a-Rede Bridge. Um monumento nacional, num entorno de cinema. A ponte em si foi construída há aproximadamente 350 anos pelos pescadores para aceder ao melhor lugar para capturar os salmões do Atlântico. Ledo engano pensar que o lugar consiste em atravessar a ponte e pronto! Do outro lado, uma pequena caminhada e vistas do estilo: “já não sei o que fotografar!”. Curiosidade: a que você pisa hoje não é a ponte origninal, imagina manter uma ponte de madeira e corda neste entorno de total umidade!???

Trekking na Irlanda do Norte
Trekking na Irlanda do Norte
Trekking na Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking na Irlanda do Norte

O trekking sai do estacionamento da Carrick-a-Rede. São 16,5 Km até o patrimônio da humanidade – The Giant´s Causeway. Um passeio de dia todo contando as visitas à ponte e à Calçada dos Gigantes.

Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte

A caminhada transcorre por umas praias bem diferentes, com formações rochosas escuras que contrastam com a areia clarinha. Praias que estão ao lado de campos verdinhos com ovelhas e vacas pastando. Um mar onde as pessoas em pleno verão europeu entram n´água com roupa de neopreno, e aqueles que se atrevem de calção de banho recebem aplausos das crianças!

Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte

Vamos por estas pequenas praias e campos até chegar à enorme praia de White Park Bay. Fotogênica à exaustão. Atravessamos toda a baía, cruzamos as pedras e subimos em direção às casas brancas onde aparece outra placa indicando o caminho.

Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte

Os precípcios vão ficando mais frequentes, e o verde mais exuberante. Vão aparecendo pelo caminho pistas que indicam que estamos mais próximos da Calçada dos Gigantes. Quais? Pedras em formato hexagonal, como aquelas que conformam o patrimônio da humanidade. Formações resultantes das lavas vulcânicas com determinadas características basálticas.

Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte

Os últimos kms são uma ante-sala para o que são as enormes pegadas dos gigantes, segundo a lenda, que poderemos pisar ao final do trekking. Se durante quase todo o caminho o sol nos acompanhou, adivinhem o que passou ao final? Muita, mas muita chuva. Quase um dilúvio (risos!). Nem deu para curtir tudo que gostaríamos a Giant´s Causeway, e ainda faltava caminhar uns 3 km até Bushmills. Esta parte foi a que menos gostei, fomos pela estrada. Mas devo dizer que o pessoal daqui tem o maior respeito pelos caminhantes, desviam o carro e nada de buzinar. As estradas são pequenas e praticamente sem acostamento, assim ocupamos parte do espaço para os automóveis. Parou de chover, e quase nos secamos antes de chegar ao albergue. Agora esta já é uma outra história …

Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte
Trekking Irlanda do Norte

 

Veja todos nossos posts da IRLANDA

Busque e reserve seu hotel na IRLANDA, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada!

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países europeus. Fora que, qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

fotos: turomaquia_2010

14 Comentários

  1. Mari Campos - Pelo Mundo

    Menina, quanta coisa linda pra ver na mesma caminhada, que região!!! Assim fica bem mais fácil, né? 😉 É o que eu digo dos trekkings na Patagônia: trekking com visu é ooooooutra coisa! E pirei nessa pontezinha, viu? AdoUro coisas do gênero, delícia!

    responder
  2. Alessandro A.

    Lindas fotos!!! Esse passeio deve ser realmente muito legal e uma ótima pedida para queimar as calorias da viagem. 🙂

    responder
  3. Viajando com Pimpolhos

    Engraçado, a Irlanda não me dizia nada…nada antes deste seu post! Adorei, lindo!Bjs e Feliz 2011! 🙂

    responder
  4. Isabel O.

    Vocês são mesmo feras nas caminhadas.Mesmo no estrangeiro… (meninos, para a Madeira e/ou para os Açores já! Fazem-se caminhadas de morrer por lá)Pena ter chovido no fim. Há anos que sonho com pisar essas pedrinhas.

    responder
  5. Roteiro sem dinheiro

    Tb fiz essa rota!!É incrível…a Irlanda do Norte é linda!!Que pena q choveu na sua visita hein..mas nada que estragasse o passeio né?!Linda suas fotos!AteJaque

    responder
  6. Patricia de Camargo

    Mari, eu e o Tom adoramos tua série da Patagônia!!!Alessandro, desde que estou com o Tom, sempre tenho um momento queima gorduras nas viagens heheheSut-Mie, fico feliz que vc veja a Irlanda do Norte com outros olhos!Isabel, eu já disse váriuas vezes que esta viagem foi uma surpresa detrás da outra, vc vai amar. E sim, queremos Madeira e Açores!!! heheheJaque, vc pegou ônibus até lá? Desde onde?Realmante a chuva ñ estragou o passeio, e num lugar tão verde, é difícil ñ pegar uma chuvona ou outra hehehebeijos a todos

    responder
  7. Roteiro sem dinheiro

    Oi Patrícia!Peguei uma excursão que sai de Belfast até a Calçada dos Gigantes. Passando por todos esses lugares que ela está nas fotos.Dei muita sorte que quando fui ñ choveu. Mas foi realmente sorte mesmo!hahahabjos!

    responder
  8. oquesefaz

    Patricia, caminhar por um lugar lindo deve ser ótimo! Belíssimas fotos!

    responder
  9. Camila

    Realmente não há melhor maneira de queimar as calorias em uma viagem! Lindas paisagens!Beijos!

    responder
  10. Oscar

    Que Coincidencia, no Post que publiquei hoje falei justamente sobre o Giant Causeway.. Depois que li isso aqui ate linkei a citação para este Post :DComo dizem um Transmimento de Pensação 😀

    responder
  11. Martinha

    Guria..Que imagens são essas?!! Lindas..As paisagens, cores, contrastes.. Waowwww..Estou vendo que vou ter que começar a aderir ao trekking também..O Olive adora.. tem roupas, equipamentos, 500 botas/tennis diferentes (pra isso, pra aquilo)..Jà eu sou a + sedentària possivel.. e O-D-E-I-O caminhar na obrigação..Mas com um visu desses.. Começo a rever meus conceitos, além de fazer bem para saùde..Bisous=))

    responder
  12. Patricia de Camargo

    Jaque, eu vi no teu blog, e vou colocar um link quando dê as informações práticas sobre ambos monumentos.O que se faz, foi uma delícia!Camila, é verdade que depois de uma semana de viagem as vezes a gente tem a sensação que está inflando ??? heheheheOscar, estamos sintonizados, e aliás AMEI teu post!Martinha, eu era mais de cidade e fazia caminhadas. O Tom mudou minha vida para melhor!!! Agora sempre que porogramamos uma viagem de mais de uma semana tento incluir algum programa mais esportivo ou de aventura! Começa pouco a pouco, depois vai viciar!!!beijos a todos

    responder
  13. Cristina Ghellere

    Boa tarde!
    Lemos sobre a caminhada, e adoramos a idéia. Estaremos na região por pouco tempo, e gostaríamos de fazer esse percurso.
    Você sabe como poderíamos nos locomover de Belfast para lá, e depois da caminhada, retornar à Belfast? Tem alguma sugestão/dica?
    Obrigada.
    Cristina Ghellere

    responder
    • Patricia de Camargo

      Cristina, nós pegamos o ônibus em Bushmills, mas imagino que possam haver ônibus desde Belfast até a Costa de Atrim. No final do passeio, o melhor é pegar o ônibus de volta a Belfast desde Bushmills. A alternativa mais roots seria pegar um ônibus de Belfast a Bushmills, de lá pegar o ônibus que nós pegamos até a Carrick-a-Rede, realizar a caminhada, e pegar o ônibus de volta a Belfast. Parece complicado, mas vale a pena 😉 Depois me conta como foi!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • A emoção de visitar a última casa de Fernando Pessoa em LISBOA no www.turomaquia.com

#lisbonlovers #lisboa #fernandopessoa  #lisboacool #portugal🇵🇹
  • Vista do hotel no episódio que acabou de sair da Odisseia Grega. Onde? No YouTube Patricia de Camargo. Ou clique no link da bio 👈🏽 #grecia #greecelovers #greekbeach #pylos #peloponeso
  • Corinto foi uma das grandes cidades da Grécia Antiga. Uma potência naval e comercial que chegou a ter 2 portos e abrigar mais de 70.000 habitantes 😱 Veja nosso guia completo para visitar a cidade e o Canal de Corinto no www.turomaquia.com 👈🏽 ou clique no link da bio 😽

#corinto #grecia #peloponeso #roadtrip #greecelovers
  • A Odisseia Grega voltou, voltou para ficar 😉 Vem correr comigo no lugar onde aconteceram os primeiros Jogos Olímpicos, lá pelos idos do século V a.C. 😱😱😱 no canal do YouTube - Patricia de Camargo #grecia #olimpia #jogosolimpicos #peloponeso #correr
  • Este reflexo que arrepia a alma é resultado dos jogos de cores dos vitrais do Mosteiro de Batalha. Que loucura 🙀

#batalha #portugal #reflexos #portugallovers #arte
  • Descendo pelas ladeiras da Acrópole de Atenas. Que cidade, minha gente, que cidade! 
#atenas #grecia #greece #citylife

Follow Me!