Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 04 2009

Santuario de Delfos: dicas de visita!

Acordamos cedinho para visitar a antiga Delfos. Por quê? Todos os dias muita gente visita o santuário de Delfos. E além da multidão, no verão faz um calor do demônio, o vento te salva um pouquinho, mas não deixe de levar uma garrafinha d´água. Por isso acorde cedo e chegue antes das massas de turistas que escolhem visitar Delfos através dos inúmeros pacotes de um a três dias que saem diariamente de Atenas. E não pense que esta é uma forma cômoda de vir para cá, porque os grupos praticam uma espécie de jogging de monumento, no final do dia já nem dever sequer lembrar de tudo o que viram ou quem sabe, devem sofrer aquela síndrome causada pela exposição prolongada à beleza, a síndrome de Sthendal.
Delfos - Grécia

Não vá ao santuário de sandalinha de dedo mesmo que o calor convide a este tipo de vestimenta, porque é tudo de terra batida, e com o vento, o bicho pega. Da mesma maneira, meninas de plantão, deixai em casa os vestidinhos e saias que se levantam até com um suspiro!

Para aproveitar mais a visita, o melhor é levar teu próprio guia ou comprar um em espanhol na lojinha do museu (também em inglês e italiano), porque quase não tem nada explicando o que se vê, e a maioria dos cartazes estão em grego e inglês, sob o sol e com uma letrinha pouco convidativa.

Na verdade o sítio arqueológico de Delfos se forma com dois santuários, o de Apolo e o de Atenea. Comece pelo mais impressionante e bem conservado, que é o Santuário de Apolo, que fica atrás do Museu de Delfos. Ao passar pela entrada, você começara a reconhecer as reconstruções e os locais que estavam as peças que visitou no dia anterior no museu.

A primeira construção à tua direita será a Ágora Romana. E depois dela, entrará no antigo recinto sagrado de Delfos. Passando por diversos locais onde se encontravam os edifícios que guardavam os tesouros de cidades ou de povos famosos. De repente alcançara o Tesouro dos Atenienses, que foi reconstruído para que os visitantes possam compreender como eram tais edifícios. Na verdade, pense assim: era uma espécie de casa dos tesouros, tudo aquilo que um povo ou cidade mandava de presente ao oráculo era colocado neste local e no seu entorno.

Delfos - Grécia

Ao final da Via Sacra se vislumbram os restos do Templo de Apolo. Na verdade, o que vemos são os restos do quarto templo construído, o primeiro era do século VII a.C e o que podemos ver hoje é uma construção de mais ou menos 330 a.C.. Tinha que ser gigantesco! É neste local que se encontraram as inscrições dos sete sábios da Grécia Antiga, entre elas a super famosa: “Conhece-te a ti mesmo”.

Delfos - Grécia

Depois do Templo, a outra construção impressionante é o anfiteatro construído em 400 a.C. e um dos melhores conservados na atualidade! Tinha capacidade para cerca de 5.000 pessoas e como era muito frequentado, nos seus muros se gravavam decretos e actas que tinham que ter publicidade, como por exemplo, a alforria dos escravos.

Delfos - Grécia

Do anfiteatro se tiram umas fotos incríveis de parte do santuário e das montanhas que circundam este entorno único. Por sinal, uma curiosidade, você sabia que o sítio arqueológico de Delfos é Patrimônio Mundial da Humanidade?

Delfos - Grécia

Depois de um pequeno descanso, não desista da subida, visite o estádio, onde se realizavam competições de atletismo, principalmente corrida. A primeira construção se realizou no século V a.C. ,e mais tarde se colocaram as arquibancadas para o público.

Agora devemos descer, cruzar a estrada, andar um pouco mais em direção contrária à cidade e entrar no santuário de Atenea e no ginásio. Se o Santuário de Apolo está mal sinalizado, aqui é até difícil encontrar a entrada! Mas não desista, munido do teu guia, ou do teu espírito mais aventureiro e desbravador, passará mais alguns bons momentos.

A primeira construção é o ginasio, do qual sobrou pouco para contar história. O ginásio não erá só um lugar onde iam os gregos para colocar-se em forma, era muito mais do que isso, era o local aonde os jovens (os, nada de As) recebiam os ensinamentos por assim dizer “escolares”, e também os militares. Dizem as más línguas que eram nestes lugares onde os meninos tinham suas primeiras aventuras amorosas (…)

Continuando o passeio, encontrará os restos do santuário propriamente dito de Atenea. Veja que legal o edifício circular que era chamado de Thólos. Ate hoje não se sabe ao certo para que serviam os thólos, ou seja, qual era sua função.

Delfos - Grécia

Finalizada a visita, pegamos o carro e nos dirigimos a outra grande surpresa grega, qual será? Tchan tchan … até a próxima … (risos)

Veja todos nossos posts da GRÉCIA

Busque e reserve outro hotel em DELFOS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto até o final de 2016, coloque o código: AFILI2016. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui.

Destaques do post:
O que ver no Santuário de Delfos
Dicas práticas para a visita ao Santuário de Delfos

Leia também:
Delfos: o museu
Um sonho com tempero grego: escapadas desde Atenas

Fotos: turomaquia_2008

4 Comentários

  1. Karin

    Olá,
    O passeio a Delfos tem que ser feito de carro, ou tem opções para ir de ônibus?
    Obrigada!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Karin, nós alugamos carro, mas várias agências oferecem excursões para DElfos, e algumas de 2 a 3 dias incluem Meteora: http://turomaquia.com/meteora-sonho-dream-sueno-sogno/
      Também dá para ir de ônibus de linha.
      Um abraço!

      responder
      • Michele Kamers

        Patrícia, tudo bem? Ficaremos 2 dias em Atenas. Pensamos em Alugar um carro para ir a Delfos. Vcs acharam tranquilo o deslocamento? Quanto tempo levaram de Atenas até Delfos? Qual sua sugestão: ir de ònibus ou carro?
        Desde já agradeço sua opinião.
        Grande abraço
        Michele

        responder
        • Patricia de Camargo

          Michele, você está pensando em um bate e volta?

          responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Minha gente que montagem 😱 Esta é apenas uma pequena amostra da exposição dos Irmãos Campana, que fica no MON em Curitiba até 20 de agosto.
.
#curitiba #irmãoscampana #campanabrothers #museum #museu #design #arte #art #mon
  • Pornografia gastronômica 😌 Levada pela @curitidoce, só podia né?! .
#ofamosobrigadeiro #curitiba #foodporn #cake #chocolate
  • Eu sei que é um dia complicado. Mas em dias como esse, a gente precisa ainda mais da arte! .
E neste Dia Internacional dos Museus, começamos com El Greco e um tema que eu adoro - A Anunciação. Na genial exposição do MASP.
.
#masp #museum #elgreco #arte #anunciacao #maneirismo #museumday #sampa
  • A melhor época para conhecer esta Costa, que é linda até sem sol, é entre a segunda quinzena de maio e a primeira de outubro. Principalmente se você quiser curtir uma praia 🏖
.
No www.turomaquia.com tem vários posts pra te ajudar a planejar esta viagem pela Costa Amalfitana. Também tenho vídeos no YouTube - Patricia de Camargo 👈
  • Gostinho de Brasil e de casa de pai e mãe 👨‍👩‍👧 Recomendo os pães de nata da Kaminski na Sete de Setembro e o queijo da Colônia Witmarsum 🍞🧀
.
#curitiba #kaminski #foodporn #bread🍞 #fromage #gastronomia #witmarsum
  • Por do sol louco, agora mesmo em Curitiba. Um céu laranja e uma nuvem perturbadoramente negra sobre tudo ☁☁☁
.
#curitiba #sunset #happymoments❤ #happiness😊 #cloudy #brasil🇧🇷

Follow Me!