Guias de Viagem e Arte

 
 
set 28 2009

Passeio pelo Rio Preguiças: Tudo demasiado rápido!

Típico dia lindo: céu azul, calor agradável, etc. Perguntamos na recepção da pousada sobre nosso passeio pelo Rio Preguiças. Imediatamente, o dono nos pegou pelo braço. Saímos em marcha forçada. Quase chegando no embarcadouro, o senhor nos pediu o pagamento em cash do passeio e gritou para um outro homem. Este homem por sua vez, sequer nos disse “bom dia” e nos deixou com outro, que seria o comandante da embarcação. Parcas palvras, e nos sentamos. Haviam poucos lugares, a lancha estava praticamente cheia. Esperamos mais um casal e começamos a deslizar pelo enorme rio Preguiças.O comandante comentou que não era prudente colocar os braços para fora da lancha, que a velocidade podia rompê-los, que se deixássemos cair algo n´água ele tentaria resgatar, mas não podia assegurar; que íamos parar em tal e tal lugar. Que não devíamos atrasar nas paradas para não pegar fila para comer no último destino do dia.

 

 

Depois deste prelúdio, a conversação será ainda mais escassa, e a informação de corte prático. Começamos a “voar” pelo rio, a lancha parecia levitar em alguns momentos. Tinha até medo de tirar fotos e perder meu braço, minha câmara, alguma paisagem repleta de buritis, carnaúbas, igarapés que passava em questões de segundos.  Minha respiração era rápida.

 

 

Somente podia trocar alguns monossílabos com o Tom, e ria nestas tentativas de emissão de sons. Nossos rostos se deformavam com o vento e tentar falar aumentava ainda mais as caretas. Primeira parada: vassouras, nos Pequenos Lençois. Era preciso tirar o salva-vidas, buscar o equilíbrio e sair. Ver, não vemos muito, temos apenas 30 minutos. E o coração estava tão acelerado, que subimos a duna em frente ao bar abruptamente, descemos ainda mais rápido, tiramos fotos com os solícitos macaquinhos do lugar. Tentamos relaxar com uma água de coco. Mas quando o coração voltava quase ao normal, já estávamos colocando os salva-vidas na lancha.

 


Aproximando-se de Vassouras …


Em cima da duna

 

Mais um pouco de super lancha “ativar, forma de um tobogã gigante”, e chegamos à Mandacaru. Muita coisa para ver, mas pouco tempo, foram vinte minutos. Ao menos queríamos subir no Farol da Marinha, construído em 1940,  para ter uma visão geral daquele lugar. Literalmente, em marcha atlética nos colocamos na fila para subir. A vista era bonita. Com muita dó passamos voando pelo povoado. Pelas senhoras com seus artesanatos, pelo salgadinho que desprendia um cheiro de alecrim e camarrão, pelas casinhas enfileiradas na rua de areia. Mas fazer o que, a lancha nos esperava, e sabe o pior? Para nosso destino final.

 


Mandacaru e seu farol ao longe


Os 160 degraus para chegar ao topo do farol


Vista do Farol de Mandacaru

 

Chegamos no final da manhã em Caburé. O resto dos viajantes saíram correndo da lancha para comer no povoado, para depois retornar à Barreirinhas. Com nossa mochila descemos em direção à pousada, resignados, tanta beleza em tão pouco tempo. Mas naquele momento, nem imaginávamos que teríamos uma tarde preguiçosa para assimilar todo a corrida pelo Preguiças … no mínimo tudo aquilo era paradoxal!

Informação prática:
Este passeio na alta-temporada custa em média R$ 50,00. Tente não embarcar em uma lancha poderosa, ou se puder, contrate uma embarcação só prá você. Assim poderá desfrutar realmente dos Pequenos Lençois. E vale a pena? VALE, a paisagem e o rio são lindos !!!

Neste mapa se vê o percurso do passeio:

O Rio Preguiças tem uma extensão de mais de 100 Km, encontrei fontes que diziam 120 e em outras que chegava a 150!!! O passeio que sai de Barreirinhas percorre mais ou menos 40 Km do rio, que nasce no interior do estado do Maranhão e desemboca no Oceano Atlântico. Se você pagar um extra, pode conseguir que te levem até a desembocadura, que está próximo de Atins (seguinte povoado após Caburé). Este extra varia de 5 a 10 reais por pessoa.

Para ver todos os posts dos Lençois Maranhenses, clique aqui.

Destaque post:
O que fazer nos Lençois Maranhenses
Passeio Rio Preguiças

fotos: turomaquia_2009
mapa: http://images.quebarato.com.br/photos/big/2/7/108E27_2.jpg

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

11 Comentários

  1. Anonymous

    Pat voce e o Tom devem ter sofrindo muito com toda essa rapidez, ainda mais o Tom que gosta de sentar curtir. Mas acredite até eu fiquei com taquicardia, com a rapidez,mas estou amando a viagem vista pelos seus olhos e seu coração. Vica

    responder
  2. Viniart

    Exótica essa sua viagem eim rs, bem relâmpago mesmo kkk.Abração !

    responder
  3. SÍLVIA OLIVEIRA

    Parabéns, ótimo relato! Bjs!

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Vica, brigaduuuuu…Vini, ainda tem mais "exotismo" pela frente heheheheSilvinha, obrigado pelo seu elogio!Beijos a todos

    responder
  5. marina

    Eu tbm achei rápido demaaais, por isso pensei que dormir em Caburé seria uma boa opção. Estou louca para ler sobre Atins! 🙂

    responder
  6. Camila

    Que pena que foi tudo assim tão rápido… Ainda assim deu pra sentir pelas fotos que as paisagens são mesmo lindas. Um tempinho a mais não faria nada mal… 😉

    responder
  7. Carol Wieser

    …bem que eles podiam andar em marcha lenta!!!Mas afinal, o porque de tanta pressa?? Por causa do restante que iria a Barreirinha??Pelo menos amei os lugares das foto… tão lindo!Abs

    responder
  8. Gabriela Barone

    Nossa.. que corrido!! Vocês deram MUITO azar nesse passeio..O meu passeio pelo rio Preguiças foi mais calmo.. ;D A nossa lancha, o guia parou perto dos igarapés, nos explicou dos tipos de mangue, da região. E ainda nos deu opção de escolher entre Vassouras e um outro lugar que não me lembro. Escolhemos ficar com Vassouras e pudemos ir às dunas [e ver o que eles chamam de Pequenos Lençóis] e ainda sobrou MUITO tempo pra descansar na rede e tudo o mais. Em Mandacaru, idem. Passamos nas lojinhas, sem problemas. O moço da lancha tb explicou um pouquinho da história dali. Antes de irmos a Caburé, ele ofereceu um tour extra até a foz do rio, no oceano. É uma cena deveras bonita dos dois tons de azul se misturando e aquela ventania louca. Tivemos um problema lá por conta das correntes, uma besta – pq só isso define – foi avisada desse perigo em determinado ponto do mar e ficou presa, a lancha custou a conseguir chegar e resgatar a pessoa. Passado o susto, voltamos a Caburé e almoçamos e ai sim foi um rolo! Pedimos as comidas e demorou HORRORES, não tinham mais certas coisas pra servir.. Depois sentamos numas cadeiras com guarda sol e ficamos admirando o lugar e descansando. Tenho quase certeza que voltamos por volta de 18/19h. 😉

    responder
  9. Patricia de Camargo

    Gabriela, que legal que vocês tiveram tempo para curtir o local! Eu sei que isso depende do guia/condutor, e vou comentar nos posts finais o que eu faria diferente. Muito legal tua participação por aqui!

    responder
  10. Maria de Fatima Costa Trancoso

    Patricia, adorei seu relatório, estou aqui em Barreirinha fora de temporada, mas pretendo realizar este passeio sabado, e lendo e vendo seu relatorio, me senti mais entusiasmada ainda, mesmo que o seu nao tenha sido bom o bastante devido ao tempo curto, mas conseguistes passar as belezas e emoçao no seu depoimento,tbm qria saber algo assim sobre perigos, se há algum, ou se ja houve casos ,coisas assim,mas vc so mostrou o que tem de bom, valeu, parabens pelas informaçoes.

    responder
    • Patricia de Camargo

      OI, não tem perigo não. É tranquilo. Aproveite muito, porque a paisagem é mareavilhosa e depois passa por aqui para contar como foi.
      beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • No segundo episódio da vida e obra de Basquiat, o jovem artista que ganhou sua primeira exposição individual com 21 anos de idade 😱 No YouTube - Patricia de Camargo 💃🏽
  • Basquiat - Vida e Obra. Uma semana com vídeos todos os dias às 9:00 da manhã sobre um dos grandes artistas do século XX. Onde? No YouTube - Patricia de Camargo ou clique diretamente no link da bio 🔆

#basquiat #historiadaarte #samo #artecontemporanea #neoexpressionismo
  • Voltou o Top100Arte 🎈🎈🎈 no episódio 98 temos arte brasileira + Coca-Cola + Cédulas de 1 cruzeiro 😲 No YouTube - Patricia de Camargo ou clique diretamente no link da bio 🤛🏼 #artecontemporanea #artebrasileira #cildomeireles #projetococacola #top100arte
  • Trailer do novo episódio da Provence. Um lugar mais lindo e literalmente gostoso, do que o outro 😂 Para assistir o episódio completo visite o canal de YouTube - Patricia de Camargo ou clique no link da bio 🤗

#provencelovers #provence #lavandas #valensole #goult
  • Alegria, de quem por fim conseguiu resolver um perrengue burocrático. Faz mais de 1 ano que a gente se mudou e só hoje conseguimos mudar nosso endereço na Prefeitura. Este procedimento se chama “empadronamiento” e norteia toda tua vida pública. E pra quem vive numa ilha é a prova que vc precisa para ter direito ao desconto nos bilhetes aéreos ou de barco entre ilhas e da ilha ao continente (Espanha peninsular). Também é importante para definir onde você vota 🤓

#happyday #laspalmasdegrancanaria #springtime #grancanarialovers #igcanaryislands
  • Dica de café da manhã em #madri - Hojaldrería. Café ou chá + cruasantada ou tostada + suco de laranja natural = 4,25€. Eles elaboram a cruasantada, que é uma fusão entre croissant e brioche. É muito bom, uma señora que estava no local me recomendou voltar para provar a cruasantada de limão e manjericão.

O ambiente é pequeno, mas aconchegante e o atendimento super amável.

#foodporn #madridlovers #hojaldreria #cafedamanha #eldesayuno

Follow Me!