Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 07 2008

Para ler antes da viagem ou comprar durante a viagem à Roma

Existe um novo fenômeno editorial em Itália: Federico Moccia. Este romano de 44 anos que já foi cenografista e roteirista de programas de televisão, um belo dia resolveu escrever um romance e ele mesmo fez algumas cópias. De repente, quando já não haviam cópias, os jovens italianos começaram a fotocopiar o romance. Este romance: Tre Metri sopra il cielo já tem 38 edições! E só em Itália seus livros já venderam mais de 3.000.000 de cópias.
DSC_0004

Mas o legal de ler seus romances antes de ir a Roma é que todas as histórias se passam nesta cidade. E seus personagens transitam por uma Roma apaixonante. E você fica conhecendo a cidade dos romanos, aonde eles comem um sanduíche, aonde chupam um sorvete …

O seu primeiro romance já está disponível no Brasil: “Três metros acima do céu”. Seu segundo romance é “Ho voglia di te”. Neste livro o casal principal realiza uma espécie de ritual de amor, eles vão a uma ponte de Roma – Ponte Milvio – e colocam um cadeado com seus nomes, e jogam a chave no Rio Tiber. A ponte quase teve problemas estruturais pela quantidade de cadeados que hoje se encontram colocados junto aos seus postes de luz.
candados

O terceiro romance se chama: “Scusa ma ti chiamo amore”, e em espanhol: “Perdona si te llamo amor”. Trata da historia de Niki y Alessandro, ela com 17 anos e ele com 37. Os três livros já viraram filme, mas neste último o ator principal é conhecido da platéia brasileira. É Raul Bova, que foi o italiano com quem Diane Lane mantinha um “love affair” no filme: “Sob o sol da Toscana”.

Para descarregar o primeiro capítulo do livro: http://www.perdonasitellamoamor.com/

1 Comentário

  1. Claudia Pimenta

    oi patricia! na ponte vecchio, em florença, tb tem esta “escultura” com cadeados!, bem na abertura p/o rio arno… não sabia que tinha em roma! bjs – estou vendo tudinho por aqui… aliás, excelentes dicas p/conhece roma!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Estamos matando nosso planeta e ainda tem gente que justifica isso 😥😪😭 #amazonas #prayforAmazonas
  • Um passeio pela Tóquio dos anos 1969 e 1970 das mãos de Watanabe, um estudante universitário de classe média, normal e corrente.

Uma novela sobre a solidão arraigada que muitas vezes leva ao desespero. Uma novela sobre o amadurecimento.

Peguei a ideia de postar os livros da @helorighetto Ela usa a etiqueta #heloreads eu vou usar #turolivros

#norwegianwood #murakami #books #desafio1livropormês #dicasdelivros
  • Nas entranhas da obra da espanhola Cristina Iglesias. Para ver mais Inhotim, é só ir no @arte_365 
#inhotim #museumlovers #cristinaiglesias #artecontemporanea #minasgerais
  • Se existe um museu ao ar livre mais fotogênico que o Inhotim, eu desconheço 😉 💁🏽‍♀️ A entrada ao museu custa R$44,00, o complexo abre de terça a domingo. Hoje, quarta-feira, a entrada é gratuita. ⚠️ Sem fazer uma maratona artística é impossível visitar tudo apenas num dia. Para tanto, são necessários 2 dias. 🏃🏽‍♂️ Se você não quer caminhar muito ou quer maximizar o tempo da visita, pague para usar o sistema de carrinhos do complexo, que te levam e trazem por todos os caminhos.

#inhotim #museumlovers #minasgerais #brumadinho #arte
  • Isso aqui é um pouquinho de Inhotim ió ió 😉

#inhotim #minasgerais #brumadinho #arte #jardins
  • Uma beleza chamada ... Belo Horizonte 💕💕💕 #belohorizonte #pracadaliberdade #minasgerais #palmeras🌴

Follow Me!