Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 05 2018

Os palácios renascentistas: a moda da época!

Palácios Renascentistas – Por que estavam de moda?!

É só andar por Florença para se dar conta que no Renascimento estava na moda construir palácios! Independente de seu status social são uma marca da mudança de paradigma da época. Por quê?Pense nas grandes edificações da Idade Média, a que serviam? Para que se construiam?

A maioria eram grandes templos religiosos, que disputavam entre si a grandiosidade. No Gótico havia o desejo de “alcançar” o céu, estar mais próximo à Deus. Deviam entorpecer, levar a um estado de transe ao camponês que passava pelas suas portas.

No Renascimento, as catedrais continuam sendo construídas, mas os arquitetos já não estavam obsessionados pela altura. Queriam realizar construções mais proporcionadas, levando em conta a escala humana. Daí que os palácios foram as grandes vedetes de uma época, em que o homem era a medida de todas as coisas – Antropocentrismo.

Palácios Renascentistas – como eram?

Na maioria dos palácios, toda a estrutura se organiza ao redor de um pátio central de forma quadrada. Outra característica é o uso de elementos greco-romanos, como podem ser as colunas e as pinturas interiores “engana olhos”.

Normalmente estes edifícios eram propriedade de comerciantes e serviam de residência e local de trabalho. Na parte inferior estavam os escritórios, o armazém e nos andares superiores, a parte propriamente familiar.
Palácios renascentistas

Palácios Renascentistas – o Palácio Médici

A primeira mansão privada foi o Palácio Médici construído no século 15. Cosimo de Médici era amigo de Brunelleschi e lhe pediu que projetasse sua nova casa. O artista lhe apresentou um grandioso projeto.

Cosimo achou melhor encarregar um novo projeto ao discípulo de Brunelleschi, Michelozzo, porque não queria ser motivo de inveja de toda a cidade. O arquiteto influenciado por seu mestre inovou e certamente surpreendeu os florentinos com um edifício que nada tinha a ver com as casas-torre da Idade Média. Era mais comprido do que alto e de uma elegância sem precedentes.
Palácios renascentistas
Palácios renascentistas

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Palácios Renascentistas – o Vídeo

Meus Livros de Arte

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Imagens:
http://www.bufetetecnico.es/arquitectura/proyectos3/palacio_medici_riccardi.html
http://media-cdn.tripadvisor.com/media/photo-s/01/0e/44/e4/palazzo-pitti.jpg
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a6/Palazzo_Rucellai.jpg
turomaquia_2010

Video: http://www.youtube.com/user/artehistoriacom

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • A emoção de visitar a última casa de Fernando Pessoa em LISBOA no www.turomaquia.com

#lisbonlovers #lisboa #fernandopessoa  #lisboacool #portugal🇵🇹
  • Vista do hotel no episódio que acabou de sair da Odisseia Grega. Onde? No YouTube Patricia de Camargo. Ou clique no link da bio 👈🏽 #grecia #greecelovers #greekbeach #pylos #peloponeso
  • Corinto foi uma das grandes cidades da Grécia Antiga. Uma potência naval e comercial que chegou a ter 2 portos e abrigar mais de 70.000 habitantes 😱 Veja nosso guia completo para visitar a cidade e o Canal de Corinto no www.turomaquia.com 👈🏽 ou clique no link da bio 😽

#corinto #grecia #peloponeso #roadtrip #greecelovers
  • A Odisseia Grega voltou, voltou para ficar 😉 Vem correr comigo no lugar onde aconteceram os primeiros Jogos Olímpicos, lá pelos idos do século V a.C. 😱😱😱 no canal do YouTube - Patricia de Camargo #grecia #olimpia #jogosolimpicos #peloponeso #correr
  • Este reflexo que arrepia a alma é resultado dos jogos de cores dos vitrais do Mosteiro de Batalha. Que loucura 🙀

#batalha #portugal #reflexos #portugallovers #arte
  • Descendo pelas ladeiras da Acrópole de Atenas. Que cidade, minha gente, que cidade! 
#atenas #grecia #greece #citylife

Follow Me!