Guias de Viagem e Arte

 
 
out 20 2017

O papel do artista na arte medieval + Harry Potter

O papel do artista na arte medieval

O papel do artista na arte medievalPoucos são os artistas conhecidos da Idade Média. Por quê? Porque aquele que executava a obra era apenas uma extensão de Deus. Somente se reconhecia a criatividade àqueles que era na hierarquia cristã eram considerados excelentes, como os monges ou os padres.

O Concílio de Nicea realizado em 78, declarava que a pintura “não é uma invenção do pintor que a cria, mas uma lei inviolável, uma tradição da Igreja (lembre que os pintores deviam seguir regras rígidas de representação). Não são os pintores mas sim os Santos Padres quem devem inventar e ordenar. A eles pertence a composição, ao pintor apenas a execução”.

Esta situaçao tão marginal foi modificada com o passar do tempo, mas olha que demorou bastante tempo. No século XII, os artesãos começaram a ser reconhecidos socialmente. Ao mesmo tempo, para aumentar seu status,  reuniram-se em corporações de ofício.

No começo estas corporações pertenciam a uma cidade, mas com a necessidade crescente de mão-de-obra especializada, estas corporações passaram a se movimentar por toda Europa. O que eram? Associações de pessoas que realizavam o mesmo trabalho manual.

O papel do artista na arte medieval e o que isso tem a ver com a maçonaria?!

social-1Um jovem entrava em uma corporação e dependendo do tipo de ofício, era aprendiz durante 3 ou 5 anos. Os pedreiros e seguramente entre eles o que faziam o papel de arquiteto se conheciam como maçons. Eram corporações fortes e dinâmicas. Como necessitavam de uma espécie de estúdio de trabalho, ao lado das construções que estavam realizando construiam uma “loggia” (daí o nome loja maçonica). Nestas loggias existia um mestre que era quem controlava a disciplina e as normas de trabalho. Durante o inverno quando era impossível trabalhar ao relento, realizavam tarefas dentro das loggias.

Começaram a empregar símbolos que demonstravam sua organização e representavam seus ideiais. Na fachada da Igreja de Or San Michele, em Florença destacam os três grandes símbolos maçonicos:

  • o compasso que simboliza o limite justo na relação entre os trabalhadores.
  • o esquadro, símbolo da equidade na loggia.
  • o nível e o plomo, que simbolizam a hierarquia e a igualdade na associação.
O papel do artista na arte medieval

As setas brancas indicam respectivamente da direita para a esquerda: o nivel com o plomo, o compasso e o esquadro.

No século XIII um artesão em Paris cobrava 20 dinheiros por dia. Naquele momento um cordeiro custava 80 dinheiros e um porco, 175. Eles trabalhavam 9 horas diárias no inverno e 12 no verão e apenas descansavam no sábado. Para a construção de uma grande catedral se podiam empregar 1253 pessoas!

O papel do artista na arte medieval

O “Harry” entrando no claustro durante a rodagem

Catedral de Gloucester e Harry Potter

O Claustro da Catedral de Gloucester do século XIV seguramente empregou maçons bastante habilidosos. Este lugar é tão mágico que até Harry Potter já passou por aqui no seu filme – Harry Potter e o Enigma do Princípe! Algumas cenas dos corredores de Hogwart foram gravados no claustro.

Meus livros de arte

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Icons made by Freepik from http://www.flaticon.com

Referências bibliográficas e imagem igreja de Florença:
Revista Historia da National Geographic (em espanhol) – número 31

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Hoje tem dica de PARIS no www.turomaquia.com 
Vem descobrir um hotel 4 estrelas na melhor localização de Paris e com um preço bem interessante 👁👁 Também coloquei o link na bio 🤛🏼 #hotel4estrelas #hotelparis #dicasdeparis #parislovers
  • Quem diria hein?! Já estamos no episódio 93 do Top100Arte 😱😱😱 a artista de hoje realizou entre 1977 e 1980 uma série que é considerada a série fotográfica mais importante do século XX 💯💯 No YouTube - Patricia de Camargo e também vou colocar na bio, o link direto 😉

#arte #cindysherman #fotografia #posmodernismo #artecontemporanea #arthistory
  • Recomendo muito este tour, que vai ser realizado por duas mulheres incríveis, a @raphinadasblog e a @helorighetto 
O tour da Jane Austen mudou de dia. Ele acontecerá no dia 27 de julho de 2019. Para todos que mostraram interesse de participar, aí uma nova oportunidade 😉 Ele está sendo organizado com carinho e competência por mim e a @helorighetto 💪 Estamos torcendo para conseguirmos o número suficiente de inscritos, já que na primeira data não atingimos a meta. É 🦴 Mas estamos aqui para tentar mais uma vez. Jane merece, e o tour está uma lindeza que dá gosto 🤞Se você tiver amigos morando na Inglaterra ou vindo para cá em Julho, marca ele nesse post 📝 Será um dia inteiro de tour pelo interior da Inglaterra - 4 cidades - guias, almoço no pub fofo, entradas e carro incluídos no valor 🎉 170 libras. Mais detalhes no link da bio. #janeaustentour #toursemportugues #guiasbrasileiras #reinounido #janeausten
  • Tem como ser mais lindo??? Para você ter esta baita experiência de ver o FUJI, escrevi o passo a passo do bate e volta mais complicado e mais lindo desde TÓQUIO. Clique no link da bio ou vá diretamente ao site de viagens e arte - www.turomaquia.com 🗻🗻🗻 #japanlovers #montefuji #toquio #bateevoltatoquio #roteirotoquio
  • Observo ou sou observada?

Neste momento escrevo outro post do Japão para você 😌

#nara #japanlovers #roteirojapao
  • Roteiro novo em TÓQUIO, pelo bairro de “Lost in translation”, da gigantesca estação de trem e de um dos museus mais legais da cidade. Link na bio ou entre no www.turomaquia.com 👁👁 #tokyotokyo #tokyolovers #roteirojapao #shinjuku #lostintranslation #yayoikusama

Follow Me!