Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 13 2010

Notredame para Peques – Um guia para curtir a Catedral de Paris com as crianças (Parte 1)

O mais legal de viajar com crianças, é que você (adulto) também acabará aprendendo mais. Afinal, se um professor-acompanhante não pode fazer feio, muito menos uma mãe ou pai-herói! (risos!)

As coisas que eu vou propor neste espaço, não servirão de nada se gerarem stress aos pais ou aos peques. Tem que ser divertido, porque tudo que se aprende rindo, nos acompanha pro resto da vida!

A proposta de hoje tem como tema: Notredame! Porque Viagens para Paris também podem ser divertidas para os pequenos da casa!

E como se disse a viagem começa muito antes de sentar no avião, e prá eles também …

antes da viagem
Assistam juntos o filme “O Corcunda de Notredame” da Disney. Quando termine, a criança deve desenhar em 1 minuto, a fachada da Notredame. Nada de colocar o desenho again, é de memória mesmo! Como nas receitas de cozinha, “reserve” (guarde) o desenho.

Corcunda de Notredame

Os maiores também podem ser instigados a descobrirem o livro que inspirou o desenho da Disney:

  • quando foi escrito
  • se existem muitas diferenças entre o livro e o desenho, uma espécie de Jogo dos 7 Erros

durante a viagem
Não avise que irão visitar Notredame. Simplesmente faça uma surpresa. Virando a esquina ou descendo a rua, deem de cara com a Igreja. Caso a criança não reconheça, instigue um pouco. O melhor seria colocar sua veia dramática pra fora, e fazer um OHHH bem grande, como que admirado de estar diante da Notredame do desenho.

Catedral de Notredame

Imagine que fascinante é ver aquele edifício desde a perspectiva de uma criança, depois que ela assistiu ao desenho animado!? Mostre o desenho que realizou em casa, e questione o que ela alteraria na sua obra.

Para todas as idades – Dentro da  Catedral
Com crianças, mais é sempre menos. Até com adultos. O lance é que quando crescemos, desenvolvemos a errônea idéia que podemos engolir o mundo, e digerir tudo ao mesmo tempo. Sorry! Não é possível. Por isso é necessário escolher entre tantas coisas o que realmente vamos observar!

Sugestão: vitrais e a escultura do altar

Vitrais:
Pare nos vitrais com figuras. Alguns apenas mostram desenhos geométricos. Conte que todos os desenhos foram realizados com pedacinhos de vidro colorido, e que contam histórias. Uma espécie de gibis de vidro. Pergunte por que ela acha que os vitrais das igrejas contavam histórias, e que histórias seriam essas!?

Vitrais Notredame

Para os pais: Antigamente, muitas pessoas não sabiam nem ler ou escrever. Para que pudessem conhecer a Bíblia, os padres pediam aos artistas que colocassem as histórias nos vitrais, nas esculturas e nos relevos. Esta era uma forma de “ler” a Bíblia através das imagens. As igrejas se converteram em verdadeiros edifícios-escolas!

Escultura do altar:
Pare na escultura do altar. Pergunte:

  • o que ele acredita que o artista quis contar através dela.

Você pode ajudar perguntando:

  • Por que a mulher tem cara de desespero?
  • Se estamos em uma igreja quem poderia ser o homem que está no seu colo?
Escultura Altar Notredame

Para os pais: Esta é uma escultura que mostra o momento em que entregam o filho morto à sua mãe. O momento em que descem Jesus da cruz e lhe colocam no colo de Maria. Este instante é conhecido como “A Piedade”, mas a expressão em italiano é mais utilizada “Pietá”. Proponha que ela realize um esboço rápido desta obra. Diga que necessitará deste desenho em um próximo “jogo”!

Se ela se interessar conte que está feita em uma pedra branca bem dura, o mármore. Que o artista foi “martelando” numa peça de mármore para chegar até esta forma. O nome do artista é Nicolas Costou. A obra foi realizada entre 1712 e 1728.

Para crianças maiores de 9 anos
A visita pode passar também pela cripta, pela parte de cima da catedral e pela lateral. Estar mais relacionada à arquitetura. Para isso, antes da viagem com os maiorzinhos:

  • Peça que eles descubram algo sobre Lutecia.

Para os pais: Lutecia foi uma cidade celta, mas bem uma fortificação realizada pela tribo de nome “parisii”, que depois foi dominada pelos romanos. Na época romana chegou a ter 8.000 habitantes. Hoje em seu lugar temos Paris!

Partes da cidade romana podem ser vistas nas criptas de Notredame. Para a criança que pesquisou sobre os antecedentes da cidade, é instigante visitar estas ruínas.

Depois suba à torre. Todo mundo fica louco para tirar fotos com as gárgulas. Nada melhor que promover momento “book família”.  Relembre cenas do desenho do Corcunda, quando ele está na torre e olha sua Paris. Questione:

  • Por que estas gárgulas estão aqui?
Quimeras e Gárgulas Notredame

Para os pais: As gárgulas tem uma função – escoar a água dos telhados. No caso de Notredame muitas delas realmente cumprem com seu cometido, mas outras apenas são esculturas decorativas, estas são chamadas de quimeras, porque são feionas e grotescas. Na Idade Média, eram colocadas nas igrejas, e as pessoas acreditavam que durante a noite estas esculturas ganhavam vida e protegiam os templos de quaisquer perigos!

Para os maiores de 12 anos
Passeie pela lateral da igreja. Mostre os arcobotantes. Questione:

  • Por que será que estes arcos estão para fora da igreja?
  • Será que serviam para alguma coisa?
Arcobotantes Notredame


Para os pais:
Os arcobotantes foram inventados na Idade Média. Cada vez as igrejas eram maiores, e como não havia luz elétrica necessitavam colocar janelas para que a luz entrasse no ambiente. Só que as janelas tiravam a estabilidade das paredes. Para resolver este dilema, criaram estes arcos que suportavam o peso da estrutura, e para não ocupar espaço interior, foram projetados para fora. Esta tecnologia permitiu aumentar em número e tamanho as janelas que ganharam lindos vitrais coloridos. A tecnologia do arco também possibilitou que as igrejas fossem cada vez maiores. Em alguns casos, os construtores exageraram, e os edifícios vieram abaixo, matando os operários!

Aqui termina a primeira parte deste guia. Na próxima sexta-feira, Veja a segunda parte.

Leia antes de visitar o guia prático de Notredame. Nele encontrará todas as informações sobre horários, como chegar e serviços disponíveis.

Veja todos nossos posts de PARIS

Busque e reserve seu hotel em PARIS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste 2017, coloque o código: 2017AFL. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui. Importante: agora os decsontos podem chegar aos 35% \o/

Para comprar as entradas dos principais atrativos da cidade, clique aqui, e evite filas de até 2 horas de pé \o/

Guia Louvre

imagens produzidas por turomaquia_2010

9 Comentários

  1. Alessandro A.

    Patrícia,Adorei as dicas! A viagem com criança é realmente totalmente diferente, não pelas limitações dela, mas pelo fato de que você curte coisas diferentes e para observar detalhes que não veria sozinho. É impressionante como duas viagens para um mesmo destino podem ser completamente diferentes!Bjs!

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Alessandro, eu já comentei queñ tenho filhos. Mas na minha época de profe, viajei muito com crianças e universitários, e é como você falou: outra viagem! No meu caso, era legal ver a outra cara dos alunos, que muitas vezes ñ aparecia na sala de aula.beijos

    responder
  3. Viajando com Pimpolhos

    Patricia, Este post está MUITO BOM! E já deu para sentir que esta série promete!Vou aguardar ansiosamente!Bjs, Sut-Mie

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Um comnetário da Ali, que tive problema na hora de publicar, quer dizer, problema de burrice, ao invés de apertar: publicar, apertei em suprimir. Ena4o o copiei do e-mail para colocá-lo aqui:Patricia, Maravilhoso o post. Como é que não me ocorreu ver o filme da Disney logo antes de ir à Paris? Aristogatas também é muito inspirador para as crianças anteverem a magia da cidade. Bjos, Ali

    responder
  5. Alessandra Mosquera

    Oi Patricia! Gostei muito do post também, essa série promete! Sempre quis ir a Paris com o Ernesto, mas entre algumas coisas e outras, nao foi possível ir. Ainda queremos ir, mas já nao será sozinhos porque o Izan tá chegando… vamos ser um desses casais modernos que viajam porai com o filho junto! 🙂 Entao Paris vai ficar pra depois. Esse guia vai nos ajudar muito quando a hora chegar! Beijao!

    responder
  6. Luisa

    Patricia, fica muito feio se eu usar esses seus guias para crianças de quase 35 anos? (euzinha!)Adoro o modo como vc instiga a curiosidade para detalhes de uma obra de arte!Muito bom mesmo!

    responder
  7. Patricia de Camargo

    Ale, o Izan vai se divertir muito com vcs!!!Luisa, hehehe que legal que vc voltou à blogosfera!!! E ñ fica feio ñ, e a idéia é essa mesma: diversão para todo mundo!beijos

    responder
  8. Monica

    Bom dia,Eu gostaria de compartilhar minha experiência com gente que ta planejando viagem para França e nomeadamente Paris. Vôce pode dar uma olhada no blog Secret Paris si quere discubrir os lugares escondidos do capital francês. Quando eu foi encontrei alguns lugares românticos um pouco sofisticados, que eu quero confiar pra vôces para viver dias inesquecíveis … o que mais gostei da minha viagem em Paris, pode ser uma boa sugestão.Aproveite Beijo

    responder
  9. Giovanna Spada

    Simplesmente genial… até eu aprendi nesse pequeno guia! Se um dia tiver um filho, quero ter toda essa criatividade e viajar muito com ele!
    Parabéns pelo post e por todo o blog!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O inverno em New York, desde a sala de esculturas do século 19 do @metmuseum 
#repensando2018 #metmuseum #rodin #newyorklike #historiadaarte
  • Quem você reencontrou este ano e que te faz bem à alma?

Eu encontrei minha amiga @isabelmpoliveira em Lisboa. Com ela, o sorriso rola solto, sem contar que é uma pessoa que sempre me mostra uma Lisboa diferente. Brigaduuuu amiga mía!

#repensando2018 #lisboa #viagens2018
  • Na rota dos Patrimônios da Humanidade se encontra este outro mosteiro, o de Alcobaça. Este edifício é gigantesco e começou a ser construído em 1.178 🙀

A entrada custa 6€ e vale cada centavo! 
#alcobaça #patrimoniomundial #portugal #roteiroportugal #arquiteturamedieval
  • No mosteiro da Batalha construído para pagar uma promessa. D.  João I prometeu construí-lo após vencer a Batalha de Aljubarrota em 14 de agosto de 1385.

Adorei o mosteiro e a pequena cidade que nasceu ao seu redor. O mosteiro abre todos os dias, exceto 1/1; 1/5 e 24/25 de dezembro.

A entrada custa 6€. #batalha #portugal #portugalovers #arquiteturaportuguesa
  • Passei o ano inteiro assim, de um lado para outro. Por isso, neste momento meu desejo mais profundo é ter 10 dias sem fazer nada. Levantar sem nenhuma missão, caminhar sem propósito, só pensar na próxima refeição e na série que me resiste, nada mais! E vc, neste dezembro, qual seria seu desejo profundo?

#desejos #lisboa #maat #lifeisstrange #pensamentododia💭
  • Um dos novos mirantes mais legais de LISBOA, a parte de cima do MAAT.  Aproveita que é grátis e com o € economizado, visita seu vizinho, o impressionante Museu Nacional dos Coches. O melhor e mais completo museu de carruagens do mundo!

Qual é teu mirante favorito em Lisboa?

#lisboa #maat #lisboalovers #beautifullisbon #museunacionaldoscoches🐎🐎🐎

Follow Me!