Guias de Viagem e Arte

 
 
out 26 2010

National Gallery of Ireland – de Caravaggio a Picasso (F.A.Q.)

Todo mundo tem sua mania. A minha? MUSEUS. Dublin foi uma bela e grata surpresa em todos os sentidos. Mas ninguém tinha me avisado que existiam tantos museus de alto nível, que eram Grátissss. Eu quase surtei. Porque tinha que escolher, o tempo era exíguo, a oferta vasta. Entre os museus free, se você tiver que escolher apenas um e teu interesse é mais arte do que outra coisa, teu lugar é a National Gallery of Ireland. Nosso F.A.Q. com as perguntas mais frequentes espera ser o estopim definitivo para que você coloque este museu na listinha de “must see” na sua próxima viagem à Irlanda.

National Gallery of Ireland - Dublin


Como chegar?
Tudo é meio perto em Dublin. Fica do mesmo do lado do rio da Trinity College. Se estiver longe e quiser utilizar transporte público existem várias opções:
Dart:
Parada – Pearse Station, 5 minutos de caminhada.
Bus:
4/A, 5, 7, 7A para Merrion Square North & Clare Street
10 para Merrion Row & Pembroke Street
13/A para Merrion Square South
44/C, 48A para Merrion Square West
LUAS Green Line:
Parada – St Stephen’s Green

Mapa - National Gallery of Ireland

Quando ir?
De segunda-feira a sábado: 9:30 às 17:30
Quinta-feira: 09:30 às 20:30
Domingo: 12:00 às 17:30

O que não posso perder?
No andar térreo o melhor da arte irlandesa. Destaque para a sala:
17James Arthur O´Connor – “The Poachers”
Três caçadores furtivos são surpreendidos por uma lua que ilumina o caminho. O homem como elemento intruso, onde o personagem principal é a natureza. Não estranhe se teu queio cair, a luz do quadro é impressionante. É como se uma lâmpada ilumina por detrás da tela.

James OConnor - The Poachers

18Richard Moynan – “Military Maneuvers”
Parece uma instantânea de um momento, algo espontâneo. Mas que nada, o pintor realizou diferentes esboços para chegar a este resultado final. Observe que as crianças não são nem parecidas, o que muitas vezes acontece nos retratos de grupo. Aqui cada uma tem sua feição particular, que trabalho, hein?!

Richard Moynan – “Military Maneuvers”

13 – A sala dedicada a Jack B. Yeats, irmão do dramaturgo William Yeats. O senhor Yeats era pintor, e dos bons! As pinturas são tão intensas, e a evolução do cara é assombrosa.

No segundo andar estão muitos pesos-pesados da arte ocidental, comece pela sala:

25Caravaggio – “The Taking of Christ” – Obra-clássica barroca, onde a sensação do volume é ampliada com um jogo de contrastes violentos entre zonas claras e escuras. É para sentar e desfrutar nem que sejam 60 segundos!

Caravaggio - Taking Christ

27Lavinia Fontana – “The visit of the Queen of Sheba to King Salomon” – Além de ser uma artista mulher o que já tem seu mérito num mundo de homens renascentistas. A obra em si é ótima e uma detalhe em particular chama atenção. Ela pinta um episódio bíblico mas as pessoas utilizam trajes do Renascimento. Além do que um dos Médici está representado como rei Salomão e sua mulher como a rainha!

Lavinia Fontana -visit-of-the-queen-of-saba

32Pieter Brueghel, o novo – “A Peasant Wedding” – Olha o clima de sensualidade no ar, gente! É uma cena de uma casamento.

pieter Brueghel el nuevo - A peasant Wedding

37 – Nesta sala tem Picasso, Sorolla (o impressionista espanhol), Berthe Morrisot ( a única mulher impressionista que alcançou fama), Sisley, Camile Pissarro, Bonnard, Modigliani, Van Gogh e Emil Nolde (expressionista alemão)! UFA!

39Rembrandt – “Landscape with the Rest on the Flight into Egypt”

Rembrandt - Landscape with the rest on the flight into Egypt

40Frans Hals e Jan Havickszoon Steen – “The Village School” – Esta obra é interessante porque mostra como era uma escola naquela época (século 17). Sem contar, que os professores não tinham boa reputação!

Steen,_Jan_Havickszoon_-_The_Village_School_-_c._1670

Veermer – “Lady Writing a Letter with Her Maid” – A cena que aparece no quadro de fundo, representa o episódio bíblico do Encontro de Moises nas águas do rio. Na época do pintor, os artistas ainda sofriam para sobreviver. Tanto era assim, que a esposa do artista teve que dar este quadro ao padeiro para pagar a conta da padaria!

Veermer Veermer - detalhe

42Velázquez – “Kitchen Scene with the Supper at Emmaus” – Velázquez não deixou um grande número de quadros, por isso ter a oportunidade de vê-los semp
re é incrível. Neste quadro repare que existe uma pintura dentro de outra pintura. Detrás da cena principal vemos um quadro da “Última Ceia”. É um quadro de 1618, e o enquadramento é hiper moderno com recortes e tudo. O cara era realmente um gênio!

Velazquez

43Goya – “Portrait of Antonia Zárate” – Ela era uma atriz, aqui retratada com 30/31 anos (1805). Faleceu jovem, seis anos depois que Goya lhe pintasse.

Goya - Dña Antonia Zarate

Que serviços oferece?
O pessoal é bem simpático, e além de ser free, oferece de forma gratuita audio-guia em inglês. Pegue o seu,  no Information Desk. Tem café-restaurante e lojinha. Nos sábados, às 14:00 horas, e nos domingos às 13:00 e às 14:00 horas oferecem uma visita guiada gratuita, para entrar no grupo, um pouco antes se dirija ao “Information Desk”.

Pode fotografar?
NÃO, realmente temos que começar nossa campanha PRO-FOTO o quanto antes. Daqui a pouco, vamos viver um paradoxo. Todo mundo com câmera, mas somente poderão ser utilizadas dentro de casa, snif snif

Site: http://www.nationalgallery.ie

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O inverno em New York, desde a sala de esculturas do século 19 do @metmuseum 
#repensando2018 #metmuseum #rodin #newyorklike #historiadaarte
  • Quem você reencontrou este ano e que te faz bem à alma?

Eu encontrei minha amiga @isabelmpoliveira em Lisboa. Com ela, o sorriso rola solto, sem contar que é uma pessoa que sempre me mostra uma Lisboa diferente. Brigaduuuu amiga mía!

#repensando2018 #lisboa #viagens2018
  • Na rota dos Patrimônios da Humanidade se encontra este outro mosteiro, o de Alcobaça. Este edifício é gigantesco e começou a ser construído em 1.178 🙀

A entrada custa 6€ e vale cada centavo! 
#alcobaça #patrimoniomundial #portugal #roteiroportugal #arquiteturamedieval
  • No mosteiro da Batalha construído para pagar uma promessa. D.  João I prometeu construí-lo após vencer a Batalha de Aljubarrota em 14 de agosto de 1385.

Adorei o mosteiro e a pequena cidade que nasceu ao seu redor. O mosteiro abre todos os dias, exceto 1/1; 1/5 e 24/25 de dezembro.

A entrada custa 6€. #batalha #portugal #portugalovers #arquiteturaportuguesa
  • Passei o ano inteiro assim, de um lado para outro. Por isso, neste momento meu desejo mais profundo é ter 10 dias sem fazer nada. Levantar sem nenhuma missão, caminhar sem propósito, só pensar na próxima refeição e na série que me resiste, nada mais! E vc, neste dezembro, qual seria seu desejo profundo?

#desejos #lisboa #maat #lifeisstrange #pensamentododia💭
  • Um dos novos mirantes mais legais de LISBOA, a parte de cima do MAAT.  Aproveita que é grátis e com o € economizado, visita seu vizinho, o impressionante Museu Nacional dos Coches. O melhor e mais completo museu de carruagens do mundo!

Qual é teu mirante favorito em Lisboa?

#lisboa #maat #lisboalovers #beautifullisbon #museunacionaldoscoches🐎🐎🐎

Follow Me!