Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 07 2010

Louvre – indicado para redescobrir quão maravilhoso é o ser humano!

Museu do Louvre

Primeiro dia completo em Paris. Uma garoa cobria a cidade, o que me fez modificar os planos. Não dava para encarar vinte minutos de caminhada, entrei no metrô direto para a parada Palais – Musèe du Louvre. Ao descer já dei de cara com a plaquinha indicando meu destino final. Imediatamente começo a sorrir, estou tão excitada como se fosse a primeira vez que entrasse naquele lugar. Queria correr, mas estava em França, devia manter a pose. Faço cara que não estou nem aí, e vou seguindo aquelas setas que me vão conduzindo ao Palácio, ou será ao Paraíso?!

Museu do Louvre

O Louvre que é basicamente renascentista e neoclássico nasceu muito antes, há índicios de construções do século XII. Mas é no dia  8 de novembro de 1793, que abre suas portas para mostrar as coleções reais, que haviam sido confiscadas pela Revolução Francesa. Agora  vamos ser justos, os reis antes do seu trágico final, já estavam pensando em mostrar aos cidadãos franceses parte de seu acervo artístico.

Museu do Louvre

Naquele então, o museu  apenas abria 3 vezes por semana, atualmente somente fecha na terça-feira. Não gosto de dizer que é uma visita obrigatória, mas é um lugar que todo mundo deveria estar ao menos uma vez na vida, principalmente se já não acredita na humanidade. É impossível percorrer suas galerias, e não sentir-se orgulhoso de pertencer a esta espécie louca que se mata entre si, mas que por exemplo, é capaz de produzir tanta beleza a partir de uma pedra, que é bonita mas imperfeita, como o mármore. O museu é para mim onde reencontro a mim mesma e aos outros. As obras são espelhos que refletem não são uma época, mas uma memória coletiva de loucuras, emoções e ânsias de ir além do sempre visto. Algumas nem são belas, porque muitas vezes o que nós fazemos por aqui tampouco é! Aquelas centenas de telas uma ao lado da outra, simplesmente são partes tuas, minhas, deles, nossas, de todos!

Museu do Louvre

Por isso naquele 26 de fevereiro, eu só queria saber de entrar naquela casa enorme e desfrutar. Ia a trabalho, mas para poder realizar aquela tarefa da melhor forma possível tinha que deixar todas estas emoções aflorarem. Para emocionar aos demais, primeiro a emoção deve chegar a ti.

Museu do Louvre

Resolvi entrar pela pirâmide, a fila era minúscula. Passadas as medidas de segurança, desci pela escada rolante, estava entrando no meu parque temático. Mil e umas atrações, espetáculos a cada segundo.

Museu do Louvre

Bilheteria também sem fila. Comprei minha entrada. Mas antes de escolher por onde subiria, são três os pavilhões: Sully, Denon e  Richelieu, entrei na lojinha. Caminhei um pouco, necessitava baixar minha adrenalina, entrar com o coração já disparado era altamente perigoso para a saúde.

Museu do Louvre Museu do Louvre

Resolvi testar o guia multimedia. Entro na parte de arte medieval, uma paixão nova. Quando saio, vejo a escadaria que leva à minha amada, voei direto à Vitória. Depois me embrenhei pela Galeria Italiana, até dar com outra dama, Gioconda. Só faltava a terceira, aquela despida da cintura para cima, a de Milo. Mas antes, uma pausa para um crepe ao final da Galeria Francesa. Um luxo comer quase rodeada pelas pinturas gigantescas de Delacroix, realmente certas coisas não tem preço!

Museu do Louvre Museu do Louvre

Museu do Louvre

Museu do Louvre

Subi aos espanhóis, alemães, holandeses. Sempre parando, sentando, observando. Afinal, para que correr? O que importa é como se vê, e não quanto se vê. Em duas galerias quase fico cega com tanto brilho e vermelho, eram as jóias da Coroa e os Apartamentos de Napoleão.

Museu do Louvre
Brincadeira de reflexos, dentro ou fora, tudo belo!

O legal do meu parque é que as atrações estão tanto dentro como fora, conteúdo e continente são espetaculares. Por isso, a cada momento olho pela janela, não desesperada para sair daquele espaço, mas sim buscando o arco de colunas rosadas da entrada, a pirâmide de cristal, enfim, o ambiente de Paris.

Museu do Louvre

Como era sexta-feira o museu fechava às dez da noite, mas às nove e meia começa a movimentação daqueles que vivem o Louvre de outra maneira, os funcionários. Salas começam a fechar, luzes a se apagar. Para fugir deste stress, decido terminar minha visita. Foram onze horas de orgasmos visuais, acho que já deu né?!

Museu do Louvre

Saio e me deixo levar pela cidade iluminada, já não pela vela de Georges de La Tour, mas por milhares de luzinhas elétricas que fazem com que o sonho não acabe, e não é que Hemingway tinha razão: Paris é uma Festa!

Georges La Tour
George La Tour – Madalena

Clique aqui para acessar o post com as informações práticas que você precisa saber prá visitar esta maravilha

Veja todos nossos posts de PARIS

Busque e reserve seu hotel em PARIS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste mês de janeiro/2016, coloque o código: 15%2016. Para ver os descontos em outros meses, clique aqui

Para comprar as entradas dos principais atrativos da cidade, clique aqui, e evite filas de até 2 horas de pé \o/

Leia também:
Um museo é um lugar legal para …
Visitar ou não tal museu?! That´s the question (ou uma maneira de se divertir durante a visita)
Guia Louvre
fotos: turomaquia_2010

5 Comentários

  1. Vini

    Devo dizer que eu fiquei escandalizado.Tudo se deve ao fato de ver todas as imagens em conjunto com as informações que colocou no blog. Acho que acabei fazendo um passei pelo louvre sem mesmo ter ido, mas é claro que estar no local é algo inesquecível. Mas sinto que em breve estarei, e isso se deve ao fato de ser um lugar com tanta arte inspirações e transpirações dos mestres da arte, arquitetura, escultura e muito mais. FANTÀSTICO.Amo essa pirâmide !Adorei este post e todos com relação a esta obra prima, o Louvre.Agora eu tenho uma pergunta, pra quem não fala francês, fica difícil ir lá !?Um mega abraço ! E obrigado mesmo por este post !

    responder
  2. Diogo

    Ficou onze horas no Louvre? Voce é das minhas entao… fiquei 9 horas no Prado! hehehehe La, eu consegui entrar com comida. E no Louvre, tem como? Sem mantimentos, nao da pra suportar a maratona.

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Vini, você tem que estar!!!!!Não precisa falar francês para visitar o Louvre, inclusive as folhas de sala estão também em inglês e espanhol. E tem audio-guia em espanhol.Diogo, dá para entrar com comida,não me lembro se dava para entrar com líquidos. No Prado agora eles estão mais chatinhos, e em Versalhes se na mochila leva comida, tem que deixa-la na entrada!Beijos aos dois

    responder
  4. Anonymous

    Oi Patricia,Vendo estas imagens fiquei ainda mais curiosa em conhecer Paris e principalmente o Louvre.Será que o autor do livro O CODIGO DA VINCI estudou arte ou bibliotecomomia ou arquivologia ou….para fazer o livro, pois este livro é tão detalhista e ou argumentar…..Abraços.

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Oi, sinceramente acho que ele estudou porque alguns argumentos estão baseados em fatos verídicos! Ainda tenho muita coisa para postar de Paris, esta semana por exemplo tem o Museu de Arte Moderna – Pompidou!!Beijos e espero te ver mais por aqui!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Tristeza pela situação catalã. A região já perdeu mais de 1000 empresas e 15% das reservas turísticas. Tudo por culpa de uma famigerada ideia de um estado paradisíaco, graças à independência. Um artista espanhol definiu bem a situação, "não é Espanha contra Catalunha; é Catalunha contra Catalunha". .
#catalunha #españa #barcelona #gaudi #casabatllo #arte #sadmoments
  • Prá todo mundo que vez ou outra, sente-se imerso neste vagão de trem, sem saber bem aonde vai chegar 🚆
.
#tokyo🇯🇵 #japan🇯🇵 #feelings
  • A obra mais polêmica de GOYA no Top100Arte, lá no meu canal do YouTube - Patricia de Camargo. Também tem link na bio 💚

#arte #goya #historiadaarte #Top100Arte #youtuber
  • Tem tanta coisa prá censurar - corrupção, narcotráfico, crimes de gênero, crimes de ódio, mas tem gente que prefere  ir atrás da arte, "que torna  a vida suportável" 🙁

Todos os autoritarismos começaram desta maneira, indo atrás de artistas. Cuidado com o que você defende!

#Repost @gabi_mariliagabriela (@get_repost)
・・・
SOMOS MUITAS VOZES QUE NÃO ACEITAM A CENSURA E A DIFAMAÇÃO.  #342Artes  #censuranuncamais  #contraacensuraeadifamação
  • Diz aí, não está ficando com vontade de conhecer Gran Canaria? 😉

#lascanterasbeach #laspalmas #iggerslaspalmas #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #beachday #beautifulday #grancanaria #laspalmasdegrancanaria
  • E o dia amanheceu assim ... simplesmente perfeito, no quintal da minha casa 🤗

#beautifulday #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #iggerslaspalmas #canaryisland #españa

Follow Me!