Guias de Viagem e Arte

 
 
jul 06 2017

Helenismo: a chegada da dramaticidade à arte grega

Helenismo: da beleza ideal ao naturalismo

Alexandre Magno expandiu o poderio grego. O contato com aqueles povos mais ao Oriente teve seus efeitos na arte, este período ficou conhecido como helenismo. O encontro com outras culturas e artistas que conheciam melhor esta ou aquela técnica produziu modificações na escultura grega. Já não se tratava de esculpir uma beleza idealizada, a moda era ser o mais naturalista possível, inclusive mostrar as emoções do retratado.

Era também um tempo de mudanças políticas, depois da morte de Alexandre, seu gigantesco reino começou a fragmentar-se. As “polis” gregas formaram reinos independentes. Toda a dramaticidade deste momento se verá na escultura. As cenas são mais violentas, com muito mais movimento, contam histórias mais complexas. Para isso começam esculpir não uma figura ou duas, mas um grupo escultórico. É deste período, o famoso Laoconte.

Helenismo

Helenismo: aparição do nú feminino

Outra mudança é a aparição do nú feminino. Lembra que os homens quase sempre apareciam peladinhos, e as mulheres super vestidas. No período clássico as figuras femininas aparecem desnudas da cintura para cima, mas no helenismo a mulher aparece totalmente nua. Muitos estudiosos acreditam que a primeira escultura feminina nua foi a Afrodite de Cnido, de Praxíteles.

A deusa aparece nua antes de entrar no banho, numa atitude de recato esconde seu sexo com a mão. Novamente veja o sutil movimento do corpo, passe o dedo desde a cabeça até seus pés. Infelizmente a escultura original não foi encontrada, conhecemos a obra por escritos e pelas cópias realizadas pelos romanos.

Helenismo

Helenismo
Para vê-las? O Laoconte e uma cópia da Afrodite de Cnido podem ser vistos nos Museus Vaticanos. Estes museus não se resumem apenas à Escola de Atenas, de Rafael Sanzio e a Capela Sixtina, de Michelângelo. Os Museus Vaticanos escondem muitos e muitos tesouros!!! Também pode ver uma cópia romana da Afrodite de Cnido nos Museus Capitolinos.

Os Museus Capitolinos no “il dolce far niente”

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Em 2011, nossos irmãos Campana redecoraram o café do relógio do Museu D’ Orsay. Era o único que eu ainda não havia testado, mas nesta última viagem almocei por lá.

Adorei o atendimento e a comida. O preço é o esperado em um café de museu. Por uma sopa e uma taça de vinho paguei 14€. Tudo delicioso 😜

#irmaoscampana #parisfood #parislovers #paris #museudorsay
  • Olha ela vista do terraço do Arco do Triunfo. Como muitos de vocês comentaram na foto que coloquei do Arco, o legal é subir um pouco antes do sol se pôr e ver o entardecer lá de cima. É algo mágico ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ É um dos poucos monumentos que fica aberto até tarde.

#leCMN #ArcDeTriomphe #paris #parislovers #arcodotriunfo
  • Na frente de um dos nossos hotéis da viagem, prá avisar que já saiu o primeiro post de PARIS, com uma dica incrível! Visite o www.tuomaquia.com ou clique no link da bio 👍

#parislovers #lamaisonfavart #paris @hotellamaisonfavart
  • Eu viajei com a Ledinara do @curitidoce isso enriqueceu de uma maneira louca minhas experiências gastronômicas.

No mesmo dia da foto anterior, também estivemos na @maisonladuree 
Ela teve a ideia de comprar este macaron en forma de coração para provar e tirar fotos no Jardim des Tulleries, que fica do ladinho de uma das lojas.

Custou 2,10€ e nos divertimos barbaridades. Aliás se eu fosse você, seguia a @curitidoce porque ela fez vídeos de todos os doces que provamos nos 4 dias que estivemos juntas 💕

#laduree #parislovers #parisfood #paris #macaron
  • Uma das grandes experiências desta viagem: comer uma das “frutas” do grande @cedricgrolet 
O limão negro que eu comi é feito com um pequeno limão desta cor que vem do Irã após ficar um mês no deserto secando. 
O senhor que nos recebe na porta e que eu chamaria de chefe de sala, é um dos responsáveis em converter esta experiência em inesquecível. 
Não é um doce barato, mas vale cada centavo 😉

#cedricgrolet #parisfood #parislovers #doce #paris
  • Tão legal estar de bobeira e de repente, dar com ela 🤗 qual é teu lugar favorito para fotografar a torre?

#toureiffel #paris #parislovers

Follow Me!