Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 19 2009

Estudar na Espanha: os dois tipos de mestrados

Com a formação do do Espaço Europeu de Educação Superior as coisas estão mudando na universidade espanhola. A primeira grande mudança e que vai afetar em cheio aos brasileiros que venham estudar por aqui, é que a partir do próximo ano a pessoa não vai poder entrar diretamente em um programa de doutorado sem matricular-se primeiro em um master (mestrado). Na prática, o que vai acontecer é que os créditos você vai cursar no mestrado, e tua dissertação você vai utilizar para o “DEA” (Diploma de Estudos Avançados), que é como a nossa qualificação. Ou seja, o master e o doutorado estarão relacionados, ou ainda, todo doutorado terá seu programa de master preliminar (ao menos esta é a idéia!).

Outra diferença, agora passam a existir dois tipos de master, os oficiais e os títulos próprios. Os oficiais tem regulamentação própria, devem ser aprovados pelo Conselho de Coordenação Universitária e pelo próprio governo da comunidade autônoma (governo estadual). E a maior diferença com os títulos próprios é o preço, os oficiais tem um preço público. O que significa isso? O preço é inferior, porque eles receberão dim-dim da própria universidade, enquanto os de título próprio não recebem financiamento e se devem manter com o que cobram! Os masters devem possuir como mínimo 60 créditos e como máximo 120, e portanto o preço pode variar entre 800 e 2400 euros, dependendo do valor do crédito de cada universidade. Já um master de
título próprio razoável não sai por menos de 4000 euros.

Mas os de título próprio também tem sua vantagem, por exemplo, tem mais flexibilidade e portanto podem conseguir um corpo de professores mais diversificado, e inclusive pessoal do meio profissional.

O melhor na hora de decidir é ir pelo grupo de professores e tentar falar com alguém que já cursou este master ou doutorado, porque alguns dizem que vão trazer tal e tal professor, e depois vem com a conversinha, este professor por problemas pessoais não vai poder dar aula, e você fica com aquela cara!

Também de uma olhada no CNPQ e no CAPES para ver se a universidade não está na lista negra, já que na volta ao Brasil você terá que reconhecer o curso que realizou no exterior para que tenha validade em território nacional, mas isso já será tema de outro post …

Destaque do post:
Estudar na Espanha
Diferença entre master oficial e de título próprio
Como escolher um mestrado na Espanha

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

46 Comentários

  1. Mirella

    Interessante… e aí também tem a diferença entre lacto e script? (É assim que escreve, né?! eheheh)… Ou todos você precisa defender tese perante uma banca…E os cursos são todos ministrados em espanhol??? Ich… mil perguntas :)bjs

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Mirella alguns cursos na península também são ministrados em inglês ou catalão, mas a amaioria é em espanhol! A maioria dos mestrados são mais parecidos com os MBAs, ou seja lato sensu, mas na linha de pesquisa você pode conseguir obter uma dissertação que se encaixe mais no que nós conhecemos como stricto sensu. O stricto sensu é melhor para quem deseja dar aula e o MBA parta quem quer trabalhar com o objeto de estudo na prática.Beijos

    responder
  3. Elayne

    Oi Patricia, eu procurei no CAPES, mas não achei essa lista que tu diz sobre as faculdades espanholas que são aceitas ou não aqui pra fazer mestrado. Tu sabe o link?Estou indo fazer um Máster em Madrid e gostaria muito de saber se consigo convalidar aqui.Beijos

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Elayne estou buscando o enlace para ti, antes era fácil, até pela situação daqueles mestrados e doutorados que as universidades estrangeiras ofereceram um época no Brasil.

    responder
  5. Anonymous

    Estou fazendo Master aqui na Espanha na Universidad de Salamanca e gostaria de saber se tem convalidaçao no Brasil, sim?Qual o link da CAPES?

    responder
  6. Patricia de Camargo

    OI, a CAPES já não divulga, o que acho uma pena. Vocè teria que verificar com a secretaria do teu master se algum brasileiro já convalidou o mestrado no Brasil, para ver o melhor caminho, por exemplo, a universidade que deu entrada, já tendo um título convalidado fica mais fácil. E o importante é caprichar na tesina, porque ela passará por um novo tribunal no Brasil.Um abraço

    responder
  7. Mirela

    Olá…Eu gostaria de saber se existe alguma diferença entre Master e Master Oficial, quando ao quesito de em seguida poder fazer um Doutorado na Espanha.Pois eu sou soube que para fazer Doutorado na Espanha, é necessário ter um Master Oficial…Essa afirmação é verdadeira?Obrigada.

    responder
  8. Patricia de Camargo

    Mirella, o que acontece é que agora todos os doutorados devem estar relacionados com um master oficial. Você realizaria os créditos, ou seja,as aulas no master. A sua dissertação serviria de qualificação no doutorado, e ao final teria dois títulos!Ainda existem doutorados que estão desvinculados de masters, mas esta é uma situaçao de transição, que deve mudar até o tempo de acomodação à lei européia de educação.Se tiver ainda outra dúvida, é só perguntar.Beijos

    responder
  9. Patricia de Camargo

    Comentário realizado em outro post por Mônica:Olá Patrícia, adorei teu blog, mto elucidativo e divertido!!!Estou cursando doutorado na UFRGS e gostaria de saber se existem programas de pós-doutorado por ai?Sonho mto em morar pelo menos alguns meses na Espanha.Bju grande. Mônica, que doutorado vc está cursando? Veja neste tópico de estudar em ESpanha as bolsas AECID e Fundação carolina, ambas também contemplam bolsas de pos-doc.Beijos

    responder
  10. Nathália

    Olá Patricia. Em primeiro lugar, obrigada pelo espaço e informações que você disponibiliza. Eu estou em Barcelona fazendo um máster oficial, mas é profissionalizante. Na próxima etapa, vou fazer um novo máster, com caráter investigador. Porém, minha dúvida é se só o master investigativo é suficiente para covalidar como mestrado stricto sensu no Brasil. Minha ideia não era fazer doutorado aqui, e sim voltar com o título de mestrado. Meu marido também está fazendo máster, mas é próprio da UB e também não sabemos se ao final conseguiremos validar. Você sabe se isso é possível? Como já não existe mas o DEA, não sei o que fazer! Obrigada desde já pela sua atenção.Abraços, Nathália.

    responder
  11. Patricia de Camargo

    Nathália,eu fiz um master com uma grande quantidade de créditos e apresentei uma dissertação, e consegui convalidar no BR sem problemas. Meu master era próprio, porque naquela época nem existiam os oficiais. Se o master que vc fará tem um número créditos compatível com os créditos realizados no BR. Caso realize e defenda uma dissertação, acredito que ñ terá dificuldades em convalidar.Por aqui eles ñ costumam fazer defesa dos mestrados, mas se vc pedir eles fazem, e a ata ajuda na convalidação. Foi o que eu fiz!Ainda existe o DEA, mas apenas para doutorado, que é a nossa qualificação. Normalmente a "tesina" do master se utiliza para realizar o DEA do doutorado.abraços,

    responder
    • Gisele

      Patrícia
      Fiz um máster em Madrid, com carga horária de 744 equivalente a mestrado no Brasil, mas não fiz dissertação. Essa dissertação que você citou, foi feita no Brasil ou na Espanha, para fins de legalização no Brasil.?

      responder
      • Patricia de Camargo

        Oi Gisele, fiz a dissertação na Espanha, era obrigatório no meu programa. Sem ela, não acredito que possa legalizar teu curso como mestrado. Na legalização, uma das fases era a análise da dissertação por 3 doutores no Brasil.
        Um abraço

        responder
  12. Alvaro cossengue Mauricio

    estou realisando um master proprio em espanha pelo IUP instituo universitario de pos-grado, tenciono realizar o dotoramento em 2012 sera possivel

    responder
    • Patricia de Camargo

      Isto depende da tua instituição. Normalmente com a nova normativa de Bolonha seria possível, e você poderia utilizar a tesina para qualificar no doutorado, o que aqui se chama DEA, diploma de estudos avançados.
      Um abraço

      responder
  13. Alvaro cossengue Mauricio

    obrigado pela brevidade da resposta e acima de tudo pelo contributo
    abraço

    responder
  14. San

    Olá, estou estudando master proprio pela Universidade de Sevilla, minha pergunta é: Há possibilidade em dar continuidade aos estudos de Doutorado sendo Master Proprio? obrigada, un saludito 😉

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi San, Para dar continuidade vc tem que verificar se a universidade convalida os créditos do master para o doutorado, caso ocorra, vc entraria diretamente no segundo ano do programa de doutorado. Para ter esta informação vá até o “Tercer Ciclo”.
      Um abraço

      responder
  15. Patricia Luiza Alves de Souza Martinez

    OlaPatricia, sou Patricia, graduada em enfermagem e gostaria de saber como faço apra loicalizar um mestrado em minha área, se consigo alguma bolsa ou até mesmo meia bolsa. Tenho procurado muitos em todos os sites e não encontro nada na minha formação!
    bj

    responder
  16. Ana

    Ola!!
    Pretendo morar na Espanha no ano que vem.
    gostaria de ir fazendo um curso de espanhol em EAD, voce tem referencias de algum?
    Pode ser no brasil ou ai mesmo.
    O que vc acha?
    Obrigado

    responder
    • Patricia de Camargo

      Olá Ana,
      o melhor é dar uma estudada antes no Brasil. Por aqui, um lugar bem legal para estudar espanhol é a cidade de Salamanca.
      Um abraço 🙂

      responder
  17. Leandro

    Patricia de Camargo, estudo um Master próprio na Complutense. Fiz contato com várias univerasidades brasileiras e a maioria informou que o que difine a revalidaçao no Brasil é a confecçao de uma exlente dissertaçao. Nao importa se o Master seja proprio ou oficial. Ja falei com os professores da complutense e eles me disseram que criariam uma banca para a defesa da dissertaçao. Mas para isso a dissertaçao teria que esta supimpa. rs Voce poderia dar maiores informaçoes sobre o seu processo de relavidaçao? Qual foi a a Universidade e quais foram as exigencias… ?
    Obrigado.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Leandro, acho que com o passar do tempo ser oficial vai fazer diferença, ou vai facilitar um pouco o processo. Eu pedi banca de dissertação, e como você mesmo comentou, a dissertação é metade do processo de convalidação. Assim sendo, se ela não está boa, você não consegue convalidar, e a banca te dá mais segurança em todo o processo.

      Eu convalidei na Universidade Federal da Bahia. Tive que passar todos meus documentos pelo Consulado Brasileiro, e se o Master for oficial antes tem que passar pelo Ministerio de Educação e de Relações Exteriores da Espanha. Depois no BR tive que mandar para tradutor juramentado. Tive que provar que o master daqui era um mestrado nos moldes brasileiros, como? Número de créditos, minha permanência por aqui, quem fica só 1 mês por exemplo fazendo os créditos, dificilmente consegue a convalidação 🙁 Juntei ao processo: passaporte com carimbos de chegada e saída; documentos que comprovavam minha estância em Las Palmas como contrato de aluguel. Histórico escolar e diploma do master. Cópia da dissertação. Primeiro eles avaliam se teu master é um mestrado stricto sensu, e depois a dissertação passa por 3 professores brasileiros (doutores) que vão avaliá-la, além de ver se ajusta ao programa que você escolheu para o processo de convalidação.

      Tive azar porque peguei 2 greves no meu caminho 🙁 e por isso demorou bastante. O normal é que leve de 6 meses a 1 ano. O meu levou quase 3!

      Um abraço

      responder
  18. victoria

    Olá, Patricia, eu vou me formar na graduação no final de 2013 e gostaria muito de fazer um mestrado na Espanha, mas a minha dúvida mesmo seria em como obter uma bolsa para a realização do mestrado, se eu tenho que procurar programas com bolsas somente aqui no Brasil ou se existem bolsas depois que eu escolher o tipo do mestrado, to meio perdida na verdade, qualquer informação quanto a isso eu agradeço! Obrigada!

    responder
  19. Leandro

    Oi Patrícia, muito obrigado pelas informações. Deu uma clareada!!! Acho que para garantir,vou aguentar a saudade e ficarei mais um ano aqui e farei o tal master oficial. Com os dois mestrados acho que fica mais facil convalidar, eles nao terão para onde fugir e negar minha revalidaçao. rs Ou pelo menos fica para melhorar o cv para o mercado de trabalho e crescimento pessoal.

    responder
  20. Marcelo

    Olá Patricia. Estou com interesse em cursar um Master na Fundesem em Alicante,contudo, notei no seu texto que: “Os masters devem possuir como mínimo 60 créditos e como máximo 120, e portanto o preço pode variar entre 800 e 2400 euros, dependendo do valor do crédito de cada universidade. Já um master de
    título próprio razoável não sai por menos de 4000 euros.”

    Segundo a Fundesem o valor do curso é de 15.950 dólares com 75 créditos. Os valores que você informou são ao mensais ou eu irei muito mais caro do que as demais instituições? Obrigado

    responder
    • Patricia de Camargo

      oi Marcelo,
      o preço é por ano, mas este post é de 2009. Os valores se incrementaram, mas desde 2009 já existiam masters que por seu programa ou instituição tinham preços bastante superiores, isso também pode variar em função da área. O que vc deve levar em consideração é o reconhecimento deste master na tua área de atuação!

      Estes dias, uma moça me escreveu dizendo que seu master espanhol não exigia dissertação, e isso pode ser um grande problema se vc quiser convalidar o título no Brasil. Pelo que acredito que é um ponto a ser levado em conta.

      Um abraço

      responder
  21. andre lucas

    Ola patricia, minha esposa quer fazer mestrado a distancia pela UB, gostaria de saber se é seguro e se o mestrado lá é valido como o mestrado aqui no brasil? pois ela é formada em pedagogia e pós graduada. gostaria de saber se haveria uma dificuldade maior de convalidar o titulo por ser a distancia? eu nem sei oque sao estes pontos e para que servem…. agradeço sua atenção e parabéns pelo seu blog.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Andre, quando eu convalidei, um dos requisitos que deveria apresentar era a comprovação de que havia estudado “in locu” na Espanha. Naquele momento ñ se convalidavam os cursos online, mas não sei te dizer se estas exigências continuam iguais ou se modificaram. Em breve vou fazer a convalidação do meu doutorado e poderei atualizar esta parte do blog.
      Um abraço

      responder
  22. iésu de andrade

    Gostaria de saber se há alguma dificuldade em encontrar a correspondência entre um Master na Espanha e o Mestrado no Brasil. É exatamente o mesmo curso? Eu teria dificuldade de reconhecer meu diploma por aqui? A carga horária é a mesma?
    Eu trabalho em uma instituição que faz parte de uma rede internacional composta por várias universidades, a Laureate. Tenho facilidades como docente de fazer alguns desses cursos. Mas de nada adiantaria se eu fizer e não poder reconhecê-lo aqui posteriormente. Alguém saberia me prestar este esclarecimento? Muito obrigado.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Iésu, para ver se correspondem deve ver: número de créditos e obrigatoriedade de entrega de tesina (dissertação). Depois disso, deve realziar uma excelente dissertação que passará por 3 doutores brasileiros para a convalidação. Ou seja, ñ tem como garantir a convalidação 🙁 mas se tomar cuidado com estes dois aspectos, irá bem encaminhado.
      Um abraço

      responder
  23. FLAVIA

    Olá, tenho lido todos os posts do seu blog (!!) na busca de informações sobre revalidação de diploma de master. Tenho interesse em cursar um Master na Universidade de Jaen ou de Granada. Em ambos os cursos a quantidade de créditos seria de 60. Esses créditos equivalen ao necessário para o mestrado no Brasil? Muito obrigada pela informação! Bj

    responder
  24. vanessa

    Ola!
    Tu sabe me dizer quanto esta custando um mestrado oficial em ciências médicas na Universidade de Sevilla??

    Não encontro nada no site!

    Obrigada

    responder
    • Patricia de Camargo

      Vanessa, infelizmente ñ sei 🙁

      responder
  25. Camila

    Olá Patrícia,

    Você sabe me dizer como funciona a Especialização na Espanha? Seria o “master”?

    Obrigada!

    responder
  26. mestrados

    obrigado por esta publicação!!

    responder
  27. Carolina morales

    Boa noite: fiz um master proprio na espanha em 2003. Na epoca voltei pro brasil mas nao consegui convalidar. Agora estou tentando novamente. Alguem conhece alguma universidade q seja mais facil convalidar. Master na area do direito! Direito de telecomunicaçoes! Obrigada

    responder
    • Patricia de Camargo

      Carolina, você tem que buscar uma universidade pública que tenha um programa de mestrado que encaixe no master que vc realizou na Espanha. Mas parece que agora este pedido não pode ser realizado o ano todo, tem um edital que sai uma ou duas vezes ano com prazos para o pedido. Dá uma olhada o quanto antes porque muitas universidades estavam em greve, e os editais estao atrasados e vc poderia realizar o pedido assim que retornem às aulas!
      Um abraço

      responder
  28. Cassya Vargas

    Oi Patricia! Eu tenho buscado ha um tempo informaçoes de pos na espanha, mais especificadamente em Barcelona, que é para onde eu quero muito ir. Sou formada em Arquitetura e quero fazer mestrado e doutorado para um dia lecionar. Estou me organizando para ir ano que vem para lá, mas busco intensamente pela internet e fico confusa com uns dados. Minha ideia inicial era fazer o mestrado lá, mas me informaram que os mestrados nao sao validados no Brasil (por exemplo, me interessei pelo master em estudos avançados em arquitetura da politecnica da catalunia, de 60 creditos). Esses dias fiquei sabendo que eu posso entrar direto no doutorado la sem fazer mestrado porque o sistema deles é diferente do que no Brasil. Porém pesquisei os requisitos de acesso de alguns cursos de doutorado e pelo que entendi tem que ter feito o master antes, foi o que me pareceu agora tambem na convocatoria da Fundação Carolina. Vi nesse teu post que agora tem uma lei que tem que fazer o master antes, que lei é essa? Espero que possa me responder e me tirar alguma duvida, desde já te acradeço muito!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Cassya, agora o master vem antes (obrigatoriamente) do doutorado, na real o master (mestrado) vai conformar os créditos do doutorado, está praticamente dentro do doutorado. Dependendo do master se pode convalidar sim, eu tenho meu master daqui convalidado no Brasil. O melhor para convalidar é que não seja título próprio, e sim master oficial.

      responder
  29. Felipe Fortes

    Olá Patrícia,

    Um master oficial de 60 créditos teria carga horária suficiente para se pleitear uma convalidação? Se não, quantos seriam os créditos mínimos?

    Abs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Olá Felipe, o master que eu fiz tinha mais créditos! Como tudo isso mudou bastante no Brasil, o melhor é você verificar os editais de convalidação de título estrangeiro que abrem uma vez por ano no Brasil, você pode verificar no edital do ano passado!

      Um abraço

      responder
  30. Ederson santos

    Olá Patrícia,
    Tenho uma dúvida sobre master títulos próprios de 60 créditos, caso eu faça este, vou poder fazer Doutorado de acordo com essa lei Espanhola? Se eu for pleitear uma convalidação no brasil será considerado um Mestrado normal do Brasil ou seria considerado uma pós? Porque “o melhor para convalidar é que não seja título próprio, e sim master oficial?”
    Agradeço.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ederson, para aceder a um doutorado na Espanha você necessita fazer um master oficial, isso nas universidades públicas espanholas. No Brasil, poderá ter dificuldades em convalidar, caso elija um master de título próprio, podem considerá-lo um mestrado lato sensu e não stricto sensu.
      Um abraço

      responder
  31. Mestrado em Educação

    Muito obrigado pela informação!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Estamos matando nosso planeta e ainda tem gente que justifica isso 😥😪😭 #amazonas #prayforAmazonas
  • Um passeio pela Tóquio dos anos 1969 e 1970 das mãos de Watanabe, um estudante universitário de classe média, normal e corrente.

Uma novela sobre a solidão arraigada que muitas vezes leva ao desespero. Uma novela sobre o amadurecimento.

Peguei a ideia de postar os livros da @helorighetto Ela usa a etiqueta #heloreads eu vou usar #turolivros

#norwegianwood #murakami #books #desafio1livropormês #dicasdelivros
  • Nas entranhas da obra da espanhola Cristina Iglesias. Para ver mais Inhotim, é só ir no @arte_365 
#inhotim #museumlovers #cristinaiglesias #artecontemporanea #minasgerais
  • Se existe um museu ao ar livre mais fotogênico que o Inhotim, eu desconheço 😉 💁🏽‍♀️ A entrada ao museu custa R$44,00, o complexo abre de terça a domingo. Hoje, quarta-feira, a entrada é gratuita. ⚠️ Sem fazer uma maratona artística é impossível visitar tudo apenas num dia. Para tanto, são necessários 2 dias. 🏃🏽‍♂️ Se você não quer caminhar muito ou quer maximizar o tempo da visita, pague para usar o sistema de carrinhos do complexo, que te levam e trazem por todos os caminhos.

#inhotim #museumlovers #minasgerais #brumadinho #arte
  • Isso aqui é um pouquinho de Inhotim ió ió 😉

#inhotim #minasgerais #brumadinho #arte #jardins
  • Uma beleza chamada ... Belo Horizonte 💕💕💕 #belohorizonte #pracadaliberdade #minasgerais #palmeras🌴

Follow Me!