Guias de Viagem e Arte

 
 
out 20 2016

O desenvolvimento de um estilo pessoal na arte – El Greco

Até o mais talentoso dos artistas necessita estudar, ver mundo e passar horas em su estúdio. A arte não é uma inspiração louca que acontece, e nem desce como um espírito sobre o artista.

Tanto que Picasso dizia que passava tantas horas pintando, aproximadamente 8 por dia, para que a inspiração lhe pegasse trabalhando! A arte é mais transpiração do que outra coisa. São horas e horas de trabalho.

O estilo próprio que identifica um artista é fruto desta entrega e esforço. El Greco não nasceu pintando da maneira pela qual ficou conhecido. No começo, seus mestres e o que via foram modelaram pouco a pouco sua forma de fazer arte. Seu estilo é um reflexo desta aprendizagem.

É legal perceber esta evolução analisando um tema, que ele pintou 3 vezes em 3 momentos diferentes de sua vida e em 3 cidades diferentes: “A Purificação do Templo”.

A primeira tela é de 1570, foi pintada em Veneza enquanto estudava e trabalhava com Tiziano. Os pintores venezianos eram conhecidos pela utilização da cor, que era mais importante que o desenho em si. Adoravam um vermelho, adoravam a exuberância.
Venecia - - El Greco

sA segunda tela é de 1571 e foi pintada durante sua estância em Roma. Para os romanos a linha era mais importante, a modelagem das figuras. Neste quadro ele detalha e ilumina mais a parte da arquitetura. Depois de visitar as ruínas romanas era de se esperar!
Roma_1571 - El Greco

A terceira tela é de 1610, já em Toledo. Aqui já vemos El Greco em estado puro. As figuras voltam a ter protagonismo, e são estilizadas. Alonga a anatomia para obter um efeito mais dramático. Mas veja que o vermelho veneziano lhe acompanhou, existem influências que marcam. É como preparar uma vitamina, juntamos o leite e as frutas e ao final alcançamos um sabor, que já não é de banana ou morango, e sim algo novo!
Toledo_1610 - El Greco

Meus livros de arte:
Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O inverno em New York, desde a sala de esculturas do século 19 do @metmuseum 
#repensando2018 #metmuseum #rodin #newyorklike #historiadaarte
  • Quem você reencontrou este ano e que te faz bem à alma?

Eu encontrei minha amiga @isabelmpoliveira em Lisboa. Com ela, o sorriso rola solto, sem contar que é uma pessoa que sempre me mostra uma Lisboa diferente. Brigaduuuu amiga mía!

#repensando2018 #lisboa #viagens2018
  • Na rota dos Patrimônios da Humanidade se encontra este outro mosteiro, o de Alcobaça. Este edifício é gigantesco e começou a ser construído em 1.178 🙀

A entrada custa 6€ e vale cada centavo! 
#alcobaça #patrimoniomundial #portugal #roteiroportugal #arquiteturamedieval
  • No mosteiro da Batalha construído para pagar uma promessa. D.  João I prometeu construí-lo após vencer a Batalha de Aljubarrota em 14 de agosto de 1385.

Adorei o mosteiro e a pequena cidade que nasceu ao seu redor. O mosteiro abre todos os dias, exceto 1/1; 1/5 e 24/25 de dezembro.

A entrada custa 6€. #batalha #portugal #portugalovers #arquiteturaportuguesa
  • Passei o ano inteiro assim, de um lado para outro. Por isso, neste momento meu desejo mais profundo é ter 10 dias sem fazer nada. Levantar sem nenhuma missão, caminhar sem propósito, só pensar na próxima refeição e na série que me resiste, nada mais! E vc, neste dezembro, qual seria seu desejo profundo?

#desejos #lisboa #maat #lifeisstrange #pensamentododia💭
  • Um dos novos mirantes mais legais de LISBOA, a parte de cima do MAAT.  Aproveita que é grátis e com o € economizado, visita seu vizinho, o impressionante Museu Nacional dos Coches. O melhor e mais completo museu de carruagens do mundo!

Qual é teu mirante favorito em Lisboa?

#lisboa #maat #lisboalovers #beautifullisbon #museunacionaldoscoches🐎🐎🐎

Follow Me!