Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 25 2011

Reflexões sobre a Fitur 2011

Poucas novidades neste ano na Fitur. Crise econômica ou de criatividade?! Destinos que no ano anterior foram um “desbunde”, neste ano parece que morreram na praia. O turismo como muita coisa nesta vida é uma corrida de longa distância. Melhor não dar um sprint se depois vai faltar fôlego para chegar à meta. É necessário constância neste mar de ondas fortes da concorrência, no qual cada vez mais países se candidatam ao jogo. Como é o caso da China, que desbancou a Espanha de seu segundo lugar no ranking de país receptor de turismo mundial. Afinal o que posso falar da Feira de Turismo de Madrid deste ano?!

Os destinos não despertaram para os blogs e redes sociais. Poucas referências à Facebook, Twitter, Tuenti, etc. Quase nenhum destino tinha preparado um material de imprensa para estes entornos. Em um deles, comentei com a moça que tinha um site de viagens, e ela não sabia o que era?! Em espanhol, utiliza-se o termo: Página Web. Ok, mas estamos em uma feira de turismo, não no bar da esquina!???

Fitur 2011
Fitur 2011

Contraditoriamente a invenção do Steve Jobs estava por lá, o IPAD. Segundo pesquisas (ou seja, ñ é invenção minha) as pessoas utilizam os dispositivos móveis para ver o e-mail e suas contas nas redes sociais. Sem um trabalho forte nestas áreas, os aplicativos não tem muita funcionalidade.

Fitur 2011

Ok, a maioria tem site e tal. Alguns já entraram na onda do IPAD, e a pergunta que não quer calar é: Por que tanto papel??? Este rolo de sustentabilidade é para turista ver!!!?

Fitur 2011
Fitur 2011

Em termos de produtos, nada novo. O conceito de turismo de saúde mas relacionado com relax. Em muitos stands se ofereciam massagens em um ambiente chill-out.

Fitur 2011
Fitur 2011

Noruega e Costa Rica se mantém em seu nicho de mercado. Construiram uma imagem, são referência mundial. Complicado ser multi-produto. Pode dar a entender que não é especial em nada! Tipo marca branca de supermercado. Todo mundo compra, porque costuma ser mais barato. Mas o que deseja com todas suas forças é poder comprar aquela marca especial e única!

Fitur 2011 Fitur 2011
Fitur 2011

Turismo ativo continua forte. Destaque para o ciclo turismo, que ganha mais roteiros, mapas e se relaciona diretamente com o turismo de saúde.

Fitur 2011
Fitur 2011
Fitur 2011

Poucos famosos nas promoções turísticas. Vi estes dias uma matéria dizendo que contratar famoso é uma furada, mas o que dizer do “desempenho” da nossa Gisele. As marcas que se associam à ela, aumentam em um 15% suas vendas!?? Talvez, o que falta é saber com quem se associar …

Fitur 2011
Fitur 2011
Fitur 2011
Ainda hoje, os stands que se destacavam nos dez pavilhões da Ifema de Madrid, e a transformação de Bilbao a partir dos anos 1990. O que podemos aprender com ela?!!

Posts relacionados:
Quero ver meu Brasil Brasilerio, não um estereótipo fake – Fitur 2011
Promoção turística brasileira: um giro de um minuto por algumas cidades do Brasil Varonil

fotos: turomaquia_2011

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

5 Comentários

  1. Beatriz

    Oi PatríciaUma aula! Infelizmente sinto a mesma coisa aqui no Brasil também….várias faculdades de turismo fecharam de uns anos para cá. E olha que ainda vamos ecber a Copa do Mundo e as Olimpíadas!!!Beijinhos e boas viagens!!!Biawww.biaviagemambiental.blogspot.com

    responder
  2. Alexandre Costa

    Oi Patrícia! O turismo é um dos setores que mais se beneficia da web. Veja quantos blogs sobre o assunto existem, quantos perfil falando sobre viagens no Twitter, enfim, há um grande volume de informação sobre destinos turísticos na web.Mas a maioria da empresas que atuam no ramo, assim como os governantes de destinos turísticos, não sabem como usar a web para atrair mais clientes e turistas. Como você disse, ainda não despertaram para o poder da web e redes sociais.Um abraço!

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Beatriz e Alexandre, eu realmente ñ entendo esta falta de visão relacionada com as mídias sociais. Chega a ser um suicídio!beijos

    responder
  4. Viaje com a Flora

    Pat,Estes seus posts só confirmam o que a gente percebe há muito tempo: O Brasil tem lugares maravilhos, de uma diversidade incrível e já perdeu o bonde da indútria do turismo. Eu achei e estava torcendo para isto, que poderia mudar com a Copa e as Olimpíadas, mas pelo que vi por aqui o amadorismo e jeitinho imperam. É muito triste.Bjs

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Flora, mas por mais chavão que pareça, a esperança é a última que morre! beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!