Guias de Viagem e Arte

 
 
jul 13 2008

Dicas práticas para visitar à ExpoZaragoza

Como chegar à Expo?

Vamos supor que você está em Madrid ou Barcelona e vai fazer apenas um bate e volta na Expo. No caso que esteja em Madrid, o melhor é pegar o AVE às 8:15 em Atocha, e ele te deixará na Estação Delícias em Zaragoza às 9:36. Da Estação você cruza a ponte que está em frente e chega até o lugar que pega o teleférico. Se você não quiser pagar pelo teleférico desce e entra pelo Pavilhão Ponte. E às 3:05 da madruga sai um trem, que não é o AVE, que se chama Estrela e que chega em Madrid às 07:21. Eu ficaria como mínimo um ou dois dias mais em Zaragoza. Porque a cidade está muito bonita e tem muitos atrativos bacanas, e a comida é deliciosa! Mas existe esta possibilidade de fazer um bate e volta.

Se você já está em Zaragoza, para ir até a Expo pode ir de carro, mas pense bem, pagar uma diária para deixar o carro no estacionamento é um pouco bobo! O estacionamento custa 12€ ao dia.

O melhor é pegar um dos vários ônibus que vão até a Estação Delícias ou até a própria Expo. Outra questão, andar com o teleférico ou não? Você pode comprar o ticket combinado: expo + teleférico, e daí o teleférico sai mais barato, como 7 euros. Se compra separado te sai 9 euros. Este preço é ida e volta. Eu adoro ter esta visão de cima, mas tem gente que nem gosta tanto, então seria melhor investir esta grana em outra coisa na Expo (clique na tabela abaixo para vê-la grande), porque chances de gastá-la você terá!

Quando entre vá direto ao fast-pass, e escolha uma das atrações que tem mais fila: Água Extrema ou Aquário. Nem todas as atrações formam parte do sistema de fast-pass, apenas estas:

·Aquário(obrigatório)

·América Latina

·Egito

·Filipinas

·Indonésia

·Iniciativas cidadãs (El Faro)

·Ilhas do Pacifico

·Jordânia

·Pavilhão do Caribe

·Pavilhão das Artes

·Pavilhão ponte

·Praça temática: Sede

·Praça temática: Oikos

·Praça temática: Água compartilhada

·Praça temática: Cidades de água

·Praça temática: Água extrema

·Torre da Água

·Tribuna da Água

·Vietnã

·Inspirações aquáticas (Hombre Vertiente)

Eu ficaria entre a Água extrema e o Aquário, você pode escolher o horário para a visita, se quer pegar para a Água Extrema, e depois tentar pegar hora para o Aquário, o melhor é reservar o primeiro horário disponível.

A partir daí faça um certo plano de visita com aquilo que você mais gosta, porque senão pode acabar andando de um do lado pro outro como cachorro doido!

O que eu mais gostei e recomendo (eu não vi todos os pavilhões, esta é uma pequena seleção entre aquilo que eu consegui ver!)

Pavilhões:

– México: tem a atividade mais legal que nós participamos. Ao final do pavilhão você pode montar uma sequência de imagens da tua idéia de progresso. Isso já poderia estar bem, mas o genial é que você navega por uma tela grande tátil, estilo aquele filme do Tom Cruise – “Minority Report”.

– Grécia: as ambientações são muito bonitas.

– Japão: o audiovisual é muito criativo, pena que as filas são gigantescas.

– Espanha: só não gostei da última parte que parece um m

useu da ciência, e isso numa feira enorme é meio cansativo! ( o pavilhão é gigante!),

– França: tem umas novidades tecnológicas bem bacanas.

– Castilla y León: muito bonito o efeito que eles conseguiram com um montão de garrafas vazias. E tem umas obras do MUSAC que valem a pena, principalmente uma instalação da Ruth Goméz (eu vou mostrar no Artetropia, e daí aviso aqui).

– Galicia: um espaço para relaxar com muita arte.

– Extremadura: o mais legal é o audiovisual em 3D, vale a pena, e a fila é curtinha.

Espetáculos:

– Iceberg

– Inspirações Aquáticas (“Hombre Vertiente”)

– Todas as noites tem shows no Anfiteatro 43, e alguns muito bons! Por exemplo tocaram aí: Estrella Morentes e Dulce Pontes. A Dulce é bem conhecida do público brasileiro, é a portuguesaque canta “A Canção do Mar” e a Estrella Moriente colocou a voz na canção que Penelope Cruz cantou no último filme do Almodovar “Volver”. As duas são excepcionais, e cantaram ontem na Expo. Veja a entrevista das duas em um programa da tevê pública espanhola – “La 2”.

A.T.: Lembra que no outro post eu comentei que no mapa geral da Expo (estes mapas grandes que você encontra pela Expo) não estavam todos os restaurantes da exposição. Ontem quando eu estava montando este post, vi que no mapa de mão constavam todos os restaurantes! Assim para escolher aonde você vai comer, dá uma olhada neste mapa, que também te diz aonde estão os pavilhões de todos os países.

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • É assim mesmo, sem truques 😉 Eu usei o Innsbruck Card de 48 horas para visitar os atrativos e subir na montanha ontem. Valeu a pena, a economia é real, fora a comodidade! 
E entre uma visita e outra, esta chuva de ruas lindas e montanhas imperiais. Curtiu?

#myinnsbruck #austrialovers #mountainscenery
  • Marca com quem você gostaria de compartilhar este banquinho a 2.256 metros de altura no top de Innsbruck 😉

Eu queria marcar o Tom, mas ele não tem Instagram 😂 
#myinnsbruck #innsbrucklover #mountains🗻 #austria_memories #nordketteinnsbruck
  • Na Arena Romana de Verona sendo feliz. Eu e a infanta de Velásquez 😉 Comprei o Verona Card de 24 horas e valeu a pena. Custou 20€, mas foi uma loucura passar apenas uma noite na cidade. Andei 19 km e tive que ir muito rápido, deveria ter ficado no mínimo 2 noites. O Verona Card de 48 horas custa 25€. #veronalovers #arenadiverona #italialovers #happymoments❤ #24horasverona
  • Olha o que eu encontrei pelas ruas de Pádua 🖤 Tudo a ver com a data de hoje 😉 que devia ser um dia para comemorar qualquer amor, mas principalmente o amor próprio! E também a empatia! A ser capaz de se colocar no lugar do outro, a “calzar el zapato del otro” ❤️ #padualovers #streetart #loveyourself #padova #beautifulstreet
  • Sonho realizado e em dobro 😂 hoje realizei duas visitas à Capela Scrovegni, pintada por Giotto no comecinho do século 14. Uma das obras que marcaram a revolução na arte ocidental, ou seja, o Renascimento.

Giotto foi um pré-renascentista, um dos gênios que criaram as condições para que esta nova forma de pensar e fazer arte fosse possível.

No verão oferecem a visita noturna. Eu gostei mais por causa da iluminação e também porque éramos apenas 2 pessoas na última visita, a das 21:20 horas. A entrada noturna custa 8€, a diurna custa 13€ e inclui outros dois museus. 
#giotto #padova #renascimento #capelladegliscrovegni #historiadaarte
  • A gigante Basilica de Santo Antônio. É bem bonita por dentro, praticamente coberta por pinturas, afrescos e relevos. Não pode fotografar nada! A entrada é gratuita. 
Eu te recomendo que ao menos pague para entrar no Oratório de São Jorge, totalmente coberto de afrescos do século 14 de Altichiero. Custa 3€ e se for visitar o Museu Antoniano, o bilhete único sai por 7€ e inclui um audio-guia para todo o complexo, incluindo a basílica.

O bilhete único ainda inclui a sala principal da Confraria Antoniana, conhecida como Scoletta del Santo, que simplesmente abriga a primeira obra encomendada diretamente a um jovem pintor veneziano, chamado Tiziano 😱 na época ele tinha 20 aninhos.

#padua #padovalovers #altichiero #prerenascimento #basilicasantantoniopadova

Follow Me!