Guias de Viagem e Arte

 
 
out 26 2009

Deus Salve o Fernando e o Seu Santana : Cinco horas de barco até Barreirinhas

Na semana passada estávamos em Atins, lembra? Como tudo que é muito bom, termina, naquela tarde de agosto devíamos voltar à Barreirinhas. Opções para o traslado, lancha rápida, em mais ou menos uma hora e quinze minutos, uma hora e meia, a R$ 40,00 /R$ 50,00 por pessoa. Segunda opção, o barco-ônibus local, que leva umas 3horas e meia/ quatro, e custa R$ 8,00 por pessoa. Queríamos provar o típico e local, decidimos pela segunda opção, não tínhamos pressa, e na ida tínhamos utilizado a lancha rápida. Naquele dia não faríamos outro passeio, e com o tempo de trajeto poderíamos desfrutar do Rio Prequiças.


No embarcadouro

No horário que o barco normalmente passa, porque depende muito da maré, fomos ao embarcadouro com o Fernando. O Edu nos acompanharia até Caburé. E dá-lhe esperar, e nada, até que alguém diz que o barco não ia passar naquele dia. Nos olhamos perplexos, nosso plano ia água abaixo. Então surge o super Fernando (que trabalha na Pousada do Buna) e fala com o senhor de um barco de mercadorias, se ele podia nos levar, daí entro para negociar o preço, R$ 10,00 por pessoa. Ok, o barco não tinha cadeirinha, nem proteção contra o sol, mas podíamos caminhar, tirar fotos, e sobretudo desfrutar. O comandante era o Seu Santana.


Despedida do Edu

Primeira parada: Caburé. O Edu desce, me dá uma tristeza. Fizemos um amigo em pouco mais de quarenta e oito horas, e que já deixou saudade. O barco do Seu Santana  prossegue viagem, vamos parando para recolher mercadorias, deixar algumas pessoas, não são muitas as paradas. Mas em uma delas, o barco para repentinamente. Quando já estávamos quase chegando. Problema de bateria, lá vai o Seu Santana conseguir uma bateria para dar carga na sua. Estivemos parados uns 45 minutos. Já era noite quando aportamos em Barreirinhas, e apesar do incidente valeu a pena, presenciamos outro por-do-sol inesquecível.

Destaque post:
Lençois Maranhenses
Como ir e vir nos Lençois Maranhenses

fotos: turomaquia_2009

4 Comentários

  1. Carol Wieser

    Quando comecei a ler o post e vi aquele boizão, pensei… só falta eles terem voltado de carroça!!!huhauhuhaua.Melhor de o barco do Seu Santana!Abs,

    responder
  2. antodom

    Carol jejeje vou por pouco jejejejeA foto é porque aqui na ilha não tem bichos assim grandões, e daí a gente fica mais sensível à fauna durante às viagens!Beijos

    responder
  3. José Luis Gasparini

    Olá Patrícia.Estou montando nossa viagem para os lençóis baseado em sua experiência fantástica.Vamos ficar uns dias em Atins e já entramos em contato com o Buna e issemos que foi por indicação do Turomaquia.Estamos com muuuiita dificuldade no translado entre Barreirinhas e Atins e li no seu post sobre uma lancha rápida que faz esse trecho.Poderia,por favor, nos dar o caminho das pedras?
    Gostaria de agradecer e louvar a atitude generosa de vcs, blogueiros,em ajudar os menos experientes,como nós,a curtir pelo menos um pouco do que vcs fazem tão bem.Vcs são melhores do que qualquer órgão ou publicação de turismo oficial,parabéns e continuem assim.
    Um abraço a vc sua família

    responder
    • Patricia de Camargo

      José Luis, o que nós fizemos foi o seguinte: fizemos a excursão pelo Rio Preguiças, que termina em Caburé. Lá vc pode contratar um barco para te levar a Atins, ou conversar com o barqueiro da própria excursão e negociar a ida até Atins. Também dá para ir por terra, mas é mais divertido pelo Rio Preguiças, e nem se preocupe porque certamente vc encontrará alguém que te leve 🙂 Depois me conta como foi!
      Vc perguntou no Buna se eles ñ recomendam alguém para o traslado?

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!