Guias de Viagem e Arte

 
 
abr 29 2009

Curitiba – Praça Tiradentes – Onde quase tudo começou

Vai conhecer Curitiba? O que você acha de começar onde quase tudo começou? Como assim? Na verdade, a primeira povoação da cidade ficava meio longe do que hoje é o centro, ficava nas margens do Atuba, e surgiu em 1650. Suas origens estão relacionadas à mineração.Nesta povoação, todos os dias a imagem da Nossa Senhora da Luz amanhecia olhando para um determinado lado. Os moradores começaram a pensar que era o lugar que a santa queria que se construísse sua capela definitiva. O problema é que a terra que ela olhava pertencia aos índios tinguis. Os mineradores pediram ao cacife desta tribo que lhes indicasse o local exato para a construção da capela. E assim foi, e o povoado se mudou para as margens do Rio Ivo e passou a explorar as atividades agrícolas. Este povoado dará origem à Vila de Nossa Senhora da Luz e do Bom Jesus dos Pinhais de Curitiba.
Praça Tiradentes-Curitiba
Cacique Tindiquera indica o local da fundação de Curitiba – pintado por Theodoro De Bona

Em 1693 se ergueu o pelourinho no que hoje é a Praça Tiradentes, e por que era importante esta construção? Porque era o símbolo da justiça, assim os atos marginais eram punidos. Nestas alturas, Curitiba já contava com 90 famílias. No dia 29 de março de 1693 se realizaram as primeiras eleições para a administração de Curitina e é nesta data que se comemora o aniversário oficial da cidade!

Atualização: Na verdade o pelourinho foi erguido em 1668, na praça que hoje se conhece como Borges de Macedo, que fica do ladinho da Tira-dentes. Mas a vila ficou em situação irregular sem administradores. Até que por fim as eleições ocorreram no dia 29 de março de 1693, data que marca o “nascimento oficial da cidade”!

E você sabe o que quer dizer Curitiba? É um nome de origem guarani – Kur´ýt-yba – pinhal ou pinheiral.

Nada melhor do que começar sua visita pela Praça Tiradentes, onde se instalou o primeiro pelourinho da cidade. Recentemente quando faziam obras nesta praça, encontraram vestígios do antigo povoado que podem ser vistas na sua parte central através de uns cristais que expõe o descobrimento arqueológico.
Praça Tiradentes-Curitiba

Depois da Praça, vamos nos adentrar no Setor Histórico da capital.

Imagem tela Theodoro De Bona: http://www.gilsoncamargo.com.br
Foto e Video: turomaquia_2009

4 Comentários

  1. Viniart

    Pensando o que, Turomaquia é cultura !!!! Adorei o posto patrícia nem imaginava que existia tudo isso !Beijo !

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Vini, como é que está esta vontade de vir a Curitiba. Já tenho preparados uma série de posts para a próxima semana!Beijos e Feliz Feriado!

    responder
  3. Rafael Hatschbach

    Bem interessante o post. Só fiquei com dúvidas a respeito do pelourinho. Na praça José Borges de Macedo há uma placa sobre a existência de um pelourinho erguido em 1668 por Gabriel de Lara.

    Partindo deste ponto, se questiona;

    1 – Qual o verdadeiro marco zero da cidade, o monolito erguido em frente à catedral (1693) ou o pelourinho da praça josé borges de macedo (1668)?

    responder
    • Patricia de Camargo

      Rafael, a Praça Borges de Macedo era considerada uma extensão da Tira-dentes, mas você tem toda razão foi retificar o post. O problema é que em 1668 se elevou o Pelourinho, mas a vila ficou numa situação irregular até 1693, daí que se comemore o aniversário da cidade tomando como base a data de 1693. Agradeço muito seu comentário que me permitiu reler este antigo post e alterá-lo!
      Um abraço

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Uma das grandes experiências desta viagem: comer uma das “frutas” do grande @cedricgrolet 
O limão negro que eu comi é feito com um pequeno limão desta cor que vem do Irã após ficar um mês no deserto secando. 
O senhor que nos recebe na porta e que eu chamaria de chefe de sala, é um dos responsáveis em converter esta experiência em inesquecível. 
Não é um doce barato, mas vale cada centavo 😉

#cedricgrolet #parisfood #parislovers #doce #paris
  • Tão legal estar de bobeira e de repente, dar com ela 🤗 qual é teu lugar favorito para fotografar a torre?

#toureiffel #paris #parislovers
  • Esta belezura da foto já ganhou em 2014 o título de melhor madeleine de Paris. A madeleine é um bolinho com um toque de limão. 
Eu vim na Blé Sucré e comprei o pacotinho com 4 mais um expresso e paguei 5,50€. Comi na pracinha na frente da loja porque todas as mesas estavam ocupadas e posso te confirmar que é MARAVILHOSA 😍

Te dedico @curitidoce saudades de ti!

#blesucre #madeleine #parisfood #parislovers #foodporn
  • Hoje fiquei o dia inteiro no Louvre. A entrada sai por 15€, se quiser um audio-guia deve pagar 5€ quando compra a entrada. 
Peguei para testar como estava e fiquei brava. Quando estava super longe de onde tinha retirado, acabou a bateria. Fiquei com o dito cujo no pescoço por muito tempo sem serventia nenhuma. Ou seja, me entregaram um equipamento que não estava totalmente carregado.

Foi o museu onde o pessoal era menos amável e que menos ajudava. Uma pena ☹️ Claro que tem que ir, mas vá preparado. Eu posso te ajudar na tarefa 😉 sabe que eu escrevi um Guia do Louvre?
#louvremuseum #arte #paris #parislovers
  • Natal nas Galerias Lafayette ⭐️ #parislovers #paris #galerieslafayette #natal
  • Com quem foi sua viagem mais divertida? Aqui em Paris com a Ledinara, a cada passo, uma gargalhada é um zilhão de fotos 😂😂😂 #parislovers #paris #jardindetuileries #happymoments #amizade

Follow Me!