Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 02 2017

Cerâmica grega: para que servia e como era decorada

O homem desde tempos remotos produz cerâmicas. Primeiro, porque necessitava locais para armazenar água, gordura animal, cereais, etc. Mas em pouco tempo além de serem utilitárias começou a decorá-las, para que fossem bonitas e também para distinguir a propriedade.

Os gregos também produziram cerâmicas. No começo decoraram com motivos geometrizados. Veja este vaso, até as mulheres que choram a morte de uma pessoa estão simplificadas, sem contar o restante do vaso.
Cerâmica Grega

Cerâmica grega: a evolução da técnica

vaso-gregoMas pouco a pouco, os gregos começaram a vender sua cerâmica para outros povos mediterrâneos ou entre as cidades-estado, o que fez aumentar o número de atelies que as produziam, e claro a concorrência aumentou a criatividade. Novas técnicas foram sendo introduzidas.

Inicialmente, como naquele vaso com as figuras geometrizadas, o fundo era claro e as figuras negras. Acontece que os coríntios queriam aumentar a complexidade das cenas que pintavam e sobrepor as figuras, para tanto inventaram a técnica do fundo negro e das figuras vermelhas.
Cerâmica Grega
Esta técnica foi a bomba, em pouco tempo os artistas atenienses começaram a utilizá-la. A cerâmica foi tão importante e tão significativa como símbolo de status que os artistas começaram a assinar suas obras! Os clientes ricos queriam comprar produtos de luxo como perfumes e vinhos em recipientes atrativos, e aí estavam as cerâmicas gregas para satisfazê-los!

Cerâmica grega: a geração bilingue

No período de transição entre as figuras negras e as vermelhas, os artistas não sabiam muito bem como seus clientes iam receber a mudança. Por isso criaram vasos bilingues, que de um lado possuem uma técnica e do outro, a outra! Eu chamo de vasos bipolares 😉

Quem teria começado a produzir este tipo de cerâmicas teria sido o pintor de Andócides, que provavelmente foi quem inventou a técnica das figuras vermelhas.

Em alguns casos, ambos lados mostram a mesma cena, e em outros cenas diferentes. Mas eles foram produzidas num curto período de tempo de 530 a.C a 490 a.C.Porque a cerâmica com as figuras brancas teve muito êxito.
Cerâmica Grega
Este ano vi pela primeira vez uma destas cerâmicas gregas bilingues no British Museum, em Londres. Achei tão fascinante que fiz até um vídeo.

Chamada video 2

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Imagens: vaso gemoetrizado – Museu Arqueológico de Atenas
outros vasos + bilingue – British Museum

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

2 Comentários

  1. Maria Bernadete Malerbo

    Bom dia. Essa matéria, para mim, caiu como uma luva. Já visitei muitos museus, inclusive na Grécia, vi tantas cerâmicas e por desconhecer tanta informação perdi essa oportunidade de reconhecer as diferenças entre as pinturas. A partir de agora observarei os detalhes e sempre me lembrarei de suas dicas. Obrigada, foram preciosas e ficaram registradas. Abraços e ótimo ano de 2017.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ai que bom, Maria Bernadete 🙂 Tão gostoso ler teu comentário! Brigaduuuuu. Um ano lindo prá você!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Olha ela vista do terraço do Arco do Triunfo. Como muitos de vocês comentaram na foto que coloquei do Arco, o legal é subir um pouco antes do sol se pôr e ver o entardecer lá de cima. É algo mágico ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ É um dos poucos monumentos que fica aberto até tarde.

#leCMN #ArcDeTriomphe #paris #parislovers #arcodotriunfo
  • Na frente de um dos nossos hotéis da viagem, prá avisar que já saiu o primeiro post de PARIS, com uma dica incrível! Visite o www.tuomaquia.com ou clique no link da bio 👍

#parislovers #lamaisonfavart #paris @hotellamaisonfavart
  • Eu viajei com a Ledinara do @curitidoce isso enriqueceu de uma maneira louca minhas experiências gastronômicas.

No mesmo dia da foto anterior, também estivemos na @maisonladuree 
Ela teve a ideia de comprar este macaron en forma de coração para provar e tirar fotos no Jardim des Tulleries, que fica do ladinho de uma das lojas.

Custou 2,10€ e nos divertimos barbaridades. Aliás se eu fosse você, seguia a @curitidoce porque ela fez vídeos de todos os doces que provamos nos 4 dias que estivemos juntas 💕

#laduree #parislovers #parisfood #paris #macaron
  • Uma das grandes experiências desta viagem: comer uma das “frutas” do grande @cedricgrolet 
O limão negro que eu comi é feito com um pequeno limão desta cor que vem do Irã após ficar um mês no deserto secando. 
O senhor que nos recebe na porta e que eu chamaria de chefe de sala, é um dos responsáveis em converter esta experiência em inesquecível. 
Não é um doce barato, mas vale cada centavo 😉

#cedricgrolet #parisfood #parislovers #doce #paris
  • Tão legal estar de bobeira e de repente, dar com ela 🤗 qual é teu lugar favorito para fotografar a torre?

#toureiffel #paris #parislovers
  • Esta belezura da foto já ganhou em 2014 o título de melhor madeleine de Paris. A madeleine é um bolinho com um toque de limão. 
Eu vim na Blé Sucré e comprei o pacotinho com 4 mais um expresso e paguei 5,50€. Comi na pracinha na frente da loja porque todas as mesas estavam ocupadas e posso te confirmar que é MARAVILHOSA 😍

Te dedico @curitidoce saudades de ti!

#blesucre #madeleine #parisfood #parislovers #foodporn

Follow Me!