• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens
Posts da categoria: ‘Trekkings que valem a viagem’

Trekking em Lanzarote – Mancha Blanca – Caldera Blanca

Postado em 11.março.2013

Trekking é uma atividade oferecida em todas as ilhas canárias. Uma maneira diferente de conhecer o entorno. Não pensem que é coisa de “atleta”. Eu mesma comecei a fazer caminhadas com 34 anos, e afirmo que a gente nem imagina do que é capaz 😉

O legal de colocar uma caminhada no meio de uma viagem, é a sensação de superação que a dita pode te proporcionar. Para alterar um pouco o ritmo, quando viajo com o Tom sempre tentamos encaixar 1 ou 2 trekkings. Em Lanzarote não foi diferente. Só tínhamos uma manhã e decidimos pelo Trekking de Mancha Blanca – Caldera Blanca.
Trekking Lanzarote - Montaña Blanca Continue lendo »

ROTEIRO PETAR – Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira – Parte 2

Postado em 26.janeiro.2012

logo-malu
No dia seguinte como era caminho passei na Caverna do Diabo, outro lugar muito legal, apesar de bastante explorado. A visita dura entre 45 minutos e 1 hora, e é feita com um guia de lá. Após a visita almocei no restaurante que está ao lado do centro de visitação. Bem gostoso, você escolhe um tipo de carne e junto vêm os acompanhamentos (salada, arroz, feijão e farofa).
Petar Petar Continue lendo »

ROTEIRO PETAR – Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira – Parte 1

Postado em 25.janeiro.2012

logo-malu
O PETAR é um dos parques mais antigos do Estado de São Paulo. Conhecido como “Parque das Cavernas” foi umas das minhas escapadas do ano passado!

Saí de Curitiba às 19 horas. Peguei a Regis Bittencourt com destino a cidade de Jacupiranga. De lá uma estrada de pista simples até Iporanga, aproximadamente a 190 km de Curitiba, onde está localizado o Petar (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira). Após passar a cidade de Iporanga são 16 km de estrada de chão, em bom estado, até a pousada onde fiquei, a da Diva.

Já tinha agendado por telefone e e-mail com a pousada o passeio do dia seguinte. De manhã, fiz a Trilha do Rio Betari com entrada na caverna Água Suja e de tarde bóia cross. Quando terminei o café, o guia já me esperava (é obrigatório contratar um guia!). Deixei o carro no estacionamento, perto de onde se faz o registro de entrada no parque, e comecei a caminhada de 7,2 km até as cachoeiras das Andorinhas e do Betarizinho.
Petar Continue lendo »

Roteiro Trekking de Salkantay – Destino: Machu Picchu (Parte 5)

Postado em 03.outubro.2011

logo-malu
18/09/11
Acordei as 5 horas para terminar de arrumar as coisas, tomar café e pegar o ônibus junto com o pessoal às 6. Quando cheguei em Machu Picchu enfrentei problemas, pois tinha comprado ingresso de estudante, mas como tinha esquecido a carteirinha da ISIC no meu hotel em Aguas Calientes tive que voltar até a cidade e busca-la. Portanto, fica a dica se comprar ingresso de estudante não esqueça de levar sua carteirinha!
DSC03028 Continue lendo »

Roteiro Trekking de Salkantay – Destino: Machu Picchu (Parte 4)

Postado em 30.setembro.2011

logo-malu
17/09/11
No quarto dia de trilha acordamos mais tarde as 7:30, arrumamos as coisas, tomamos café e seguimos até a hidrelétrica de Santa Teresa de van, já que a partir dali seriam 11 km de caminhada com a mochila nas costas até a cidade de Aguas Calientes. Como esse era o último dia do nosso cozinheiro e ele não ia junto nos preparou uma marmita que tinha arroz saltado (com pimentão e presunto), batatas fritas e bife a milanesa, então após 40 minutos de caminhada em local plano paramos para almoçar.
100_2632

Caminhamos durante umas 3 horas até Águas Calientes, sempre acompanhados pelo Rio Urubamba de um lado e do outro pela linha do trem.
DSC02986
DSC02998

Chegamos em Águas Calientes, deixamos as coisas no hotel e fomos conhecer as termas, mas estas não valem muito a pena…depois de sair de lá passamos num barzinho para um “happy hour” e acabamos comendo comida mexicana e experimentando a Coca Sour (uma mistura de folhas de coca, pinga e até uma cobra).
DSC03009 DSC03021
DSC04665

De noite jantamos no restaurante Chaski que já estava incluso no pacote e de lá fomos arrumar nossas coisas pra ir a Machu Picchu no dia seguinte.

Primeira parte do Trekking de Salkantay
Segunda parte do Trekking de Salkantay
Terceira parte do Trekking de Salkantay

fotos: Malu Poli, Elza Cunha e Renata Rosa

Roteiro Trekking de Salkantay – Destino: Machu Picchu (Parte 3)

Postado em 29.setembro.2011

logo-malu
16/09/11
Novamente no terceiro dia fomos acordados as 5:30 com chá de coca em nossas barracas e tínhamos o mesmo tempo do dia anterior para arrumar as coisas e tomar café. Começamos a caminhar as 7 horas, mas nesse dia o caminho era muito agradável, cheio de riachos e pequenas cachoeiras e o dia estava ensolarado.
DSC04542
DSC02937 DSC02940
DSC02943 DSC02963
Após 5 horas de caminhada chegamos finalmente ao local de almoço que tinha mais estrutura. Nesse dia o cardápio foi sopa de kinoa, macarrão parafuso, salpicão de frango, salada e um arroz amarelo.
DSC04588

Após o almoço pegamos uma van até o lugar do nosso terceiro acampamento Santa Teresa, depois de montarmos as barracas, colocamos nossos biquinis e fomos para as termas tomar banho (detalhe: fazia dois dias e meio que não víamos um chuveiro!)
DSC02974
DSC04603
DSC04612

Voltamos das termas e tomamos banho no chuveiro quente, mas claro que tivemos que pagar 5 soles, o que valeu a pena dadas as condições em que estávamos hahaha Nessa noite nosso acampamento era em conjunto com os outros dois grupos que também estavam fazendo a trilha, então rolou uma “festinha” pra galera e no jantar rolou muita comida como sopa de kinoa, pizza, macarrão parafuso e bolinho de mandioca frito.

Primeira parte do Trekking de Salkantay
Segunda parte do Trekking de Salkantay

fotos: Malu Poli e Renata Rosa

Páginas:123456 »