• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens
Posts da categoria: ‘Gastronomia’

Bascook – Daquelas experiências que valem a viagem

Postado em 26.agosto.2014

Numa pequena rua próxima à grande artéria comercial de Bilbao, a Gran Vía, e também do ladinho de um dos fosteritos (como os bilbaínos chamam as bocas de metrô desenhadas por Norman Foster) você vai encontrar um antigo armazém convertido em casa da tentação pelo Chef Aitor Elizegi Alberdi.
Bascook - Restaurante em Bilbao
O Bascook é legal do começo ao fim. Uma garotada de camiseta e tênis recebe, sugere e serve. Mas não pense que este estilo descolado vai de mãos dadas com informalidade de linguagem ou na forma de tratar o cliente, nada mais longe disso. Assim no mais puro estilo quem vê cara, nao vê coraçao, este mesmo rapaz de tênis te dá sugestões de pratos, conta a história de ingredientes e vinhos, e marca um ritmo preciso entre cada prato. Continue lendo »

Lugares legais para comer e se divertir no Chiado e no Bairro Alto | Lisboa

Postado em 25.julho.2014

Imagina que você terminou o dia em Lisboa no Chiado, visitando o Convento do Carmo. Uma ótima opção para jantar uma carne deliciosa é a “La Brasserie de L´Entrecote”.
La Brasserie de L´Entrecote - Onde comer em Lisboa
A fórmula é a seguinte salada + carne + batatas-fritas (servem quentinhas várias vezes) . As entradas são cobradas por separado. São deliciosas, mas resulta que pode ser muita comida, e você pode acabar não aproveitando tanto o prato principal. Continue lendo »

Feira de São Cristovão – onde o Rio de Janeiro é mais nordestino

Postado em 08.outubro.2012

Domingão de sol no Rio de Janeiro. Encontro com amigos prá lá de especiais. Olha só como nos conhecemos. Eu e o Tom estávamos em Santorini esperando o ferry para Creta. De repente, um polaco me olha e pregunta: “Você é brasileira?”. Quem diria que daí nasceria uma amizade que nos levou a percorrer Creta juntos, a nos despedir em Atenas e voltar a nos unir em Gran Canaria e Dublin.
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

Eles voltaram ao Brasil. Ele do Rio Grande do Sul e ela do Ceará, mas cariocas-residentes ;) Combinamos nosso encontro por semanas, e por fim abracei o Márcio e a Lurdes, e de lambucha conheci outro casal com cara de Brasil, outra cearense com um carioca, a Regiane e o Launier.

Com duas cearenses no carro, a primeira parada foi uma volta às origens: a Feira de São Cristovão. Para estacionar o carro, R$ 8,00. Para entrar, R$ 3,00. Numa espécie de grande galpão semi-aberto um mergulho na cultura, artesanato e gastronomia do Nordeste. Mas como o lugar é democrático, pequenas sereias e outros personagens atravessam de um lado a outro sem nenhum problema. Misturam-se com a literatura de cordel e com os repentistas. O verdadeiro cultural crossing!
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

No corredor principal vários restaurantes, “armazéns gastronômicos” e nos extremos, entre as bandeirinhas coloridas, dois palcos gigantescos. As fachadas dos restaurantes, um show à parte. Os elementos mais emblemáticos ou os que pairam na nossa memória coletiva aparecem por todos os lados. Pendurados, em tamanho natural, pregados, em formato gigante. Cor, cor e mais cor, impossível não se sentir mais feliz. Taí, a Feira de São Cristovão faz bem pr´alma!
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

De repente o corpo reclama: “Esqueceu de mim?”. É mesmo, tô com fome! O legal de ir com “insiders” é não precisar pensar e escolher. Fomos diretinho à “Barraca da Chiquita”. Ficamos na parte superior e na sala com ar-condicionado.
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

Por sugestão do Launier vou de suco de caja, veredito: de-li-ci-o-so :)
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

Deixo com eles a tarefa do pedido – mistão com baião de dois para 4 pessoas. Mais do que suficiente, estávamos em 5, e mesmo assim sobrou. Preço: R$ 84,00. Inesquecível o baião de dois com queijo coalho.
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro
Feira de São Cristovão - Rio de Janeiro

Um passeio para umas comprinhas, e outra vez eles me ajudam na tarefa de levar algo gostoso aos meus pais. Doce cearense: coxão de moça. Doce de leite mais cocada. A meros R$ 3,50. Algunas barraquinhas vendiam a R$ 4,00.

Após a saída, levou um tempo para o nordeste sair de mim. A Feira de São Crsitovão é como um teletransportador. Afinal, cruzei com dezenas de nordestitos, senti os cheiros daquele pedação do Brasil, escutei a música, li Cordel; e só quando o Pão de Açúcar deu o ar da graça é que cai na real. Voltei ao Rio de Janeiro. Um passeio a uma cultura incrível na cidade que é uma maravilha, você consegue pensar em algo mais perfeito?

A Marilia Boos Gomes contou um pouco da história do local nos comentários, ADOREI!
Comentários Turomaquia
Comentários Turomaquia

End.: Rua Campo de São Cristóvão – São Cristóvão Rio de Janeiro – RJ, 20921-440
Horário: terça a quinta das 10:00 às 18:00, com entrada gratuita.
De sexta das 10:00 às 21:00 horas do domingo.
Fecha na segunda-feira.
Site: http://www.feiradesaocristovao.org.br/

Posts relacionados:
Dica Insider – Pista Cláudio Cotinho – Urca
Seminário de sucesso no Rio de Janeiro – Viajosfera

fotos : turomaquia_2012

Curitiba – Complexo Gastronômico Nougat

Postado em 04.outubro.2012

Eu não sou a louca dos doces. Já fui, mas a vida de casada me levou à uma mudança radical ;) Normalmente não me emociono muito com a sobremesa dos restaurantes. Mas nesta tarde, quase pirei na Nougat. Um complexo gastronômico que abriu no comecinho deste ano no Shopping Itália. Lugar ideal para comer DOCES em Curitiba :)

O lugar já havia entrado na Guia O que fazer em Curitiba do Turo, mas das mãos dos nossos “provadores oficiais” e da Malu Poli. E que gente de bom gosto ;) porque o Nougat deveria ser figurinha carimbada em qualquer guia de comidas da cidade.

O bom gosto já começa na decoração. Um luxo o super espaço. A grande parede de vidro se abre ao econômico e comercial de Curitiba. Mas o verdadeiro must são todos os doces criados pela Chef e uma das proprietárias – Madelon.

Cuidado com a vitrine na entrada, é perigosíssima. Cada doce mais lindo que o outro, e algumas coisas beem diferentes. Entre elas, o sorvete de manjericão com morango. Aliás, os sorvetes também são artesanais.

Eu e o Daniel começamos com os cafés. Abri minha cabeça e pedi o café com sorvete de baunilha. O Daniel também foi guloso, e pediu um café enorme com chocolate.
Nougat - Curitiba

Muitos papos depois, provamos os sorvetes. De tirar o chapéu, nadica de gordura na língua e o que falar do sabor tiramisu ou do chocolate belga a 72% ?!
Nougat - Curitiba Nougat - Curitiba

Um aguinha e degustamos 3 brigadeiros entre os dois: banana, limão e champagne. Este último foi meu favorito, uma textura diferente, e o glamour materializado no granulado dourado :)
Nougat - Curitiba
Nougat - Curitiba

Duas horas depois, resolvemos levantar e dar uma espiada na lojinha com cervejas especiais, chás, e uma centena de pequenas tentações que você pode levar para casa, ai Dio Santo!
Nougat - Curitiba
Nougat - Curitiba

O Nougat abre de segunda a sexta das 07:30 às 21:00 horas; e no sábado das 8:00 às 16:00 horas. Eles tem convênio com o estacionamento do Shopping Itália (onde fica o complexo), o que faz o valor cair pela metade! O complexo é uma das indicações do Guia “O que fazer em Curitiba”. Para saber mais, adquira nosso guia, clicando na imagem abaixo.

Produtos Turomaquia

Para ver mais fotos do Nougat, curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/Turomaquia

fotos: turomaquia_2012

Espaço Rose Petenucci: Café-loja de charme em Curitiba

Postado em 24.setembro.2012

Que delícia voltar à Curitiba. Claro que a cidade sempre surpreende. No dia que estava viajando para cá, o termômetro marcava 30 graus, e na hora que meu avião pousou: 14 :)

Neste clima, minha amiga Soraya que sempre me leva às novidades, teve a excelente idéia de ir ao Batel Soho. Fomos a um café que abriu a pouco tempo. Onde antes apenas se encontrava uma loja que vendia os famosos biscoitos e chocolates da D. Rose Petenucci.
Rose Petenucci - Curitiba

Cadeiras e mesas de madeira, impecavelmente limpo. Mas o que mais me impressionou foi o atendimento. Simpático, solícito e aquela impressão que todos realmente gostavam do que faziam. Tem coisa melhor!? Ah, ainda não contei nada do cardápio ;)
Rose Petenucci - Curitiba

Cafés, chocolates quentes e gelados, chás orgânicos de um montão de sabores, sucos de polpa, e entre as sodas italianas, o que você acha de provar a de tangerina com Absolut?
Rose Petenucci - Curitiba

Na parte das comidinhas, pão de queijo quentinho, pastéis assados, folhados (vai aí um alho-poró com brie ou de três queijos com damasco?), sem contar as tortas. A Soraya provou a de Neston com banana e goiaba servida quentinha, e deu nota 10 :)

Custo x benefício? Comemos 2 pães de queijo, 1 pedaço de torta, 1 folhado, 1 café especial e um chá. Gastamos R$ 21,80.
Rose Petenucci - Curitiba

Dica turomaquia: lugar legal para comprar uma lembrança diferente, e realmente artesanal.
Rose Petenucci - Curitiba
Rose Petenucci - Curitiba

Se você vai visitar ou mora em Curitiba, talvez te interesse o nosso guia “O que fazer em Curitiba” – http://turomaquia.com/o-que-fazer-em-curitiba-novo-guia-turomaquia/

Informação prática:
End.: Praça da Espanha – Rua Saldanha Marinho, 1560
Tel.: (41) 3024-8215
Horário: de segunda a sábado das 10:00 às 19:00 horas
Domingo das 13:00 às 19:00 horas
Site: http://www.rosepetenuci.com.br/site/

fotos: turomaquia_2012

Onde comer no Porto – Parte 2

Postado em 04.setembro.2012

No primeiro dia no Porto, a a única coisa que sabíamos é que queríamos comer o primeiro bacalhau da viagem ? Estávamos subindo em direção à rua mais comercial da cidade, a Santa Catarina, quando uma vitrine nos chamou atenção.
Onde comer no Porto

Bacalhau a 4€? \O/ Resolvemos arriscar, e o resultado não podia ter sido melhor. Aqui tivemos nosso primeiro contato com um vinho verde que se converteu em nosso queridinho, o Casal Garcia. Não espere frescuras na Confeitaria Barbarella, um lugar autêntico, aliás nos surpreendeu como é fácil encontrar locais deste tipo em pelo centro histórico do Porto!
Onde comer no Porto Onde comer no Porto
Onde comer no Porto

Para a primeira refeição do dia provamos dois locais que estavam ao lado do hotel. O estiloso e delicioso Café Progresso, e a Leitaria da Quinta do Paço. Pasmem, com um pouco menos de 7€ comem bem duas pessoas, incluindo suco de laranja natural! No Porto, não deixem de provar o croissant biju, que vem sem aquela camada de açúcar que converte os croissants em bombas calóricas rssss
Onde comer no Porto
Onde comer no Porto
Onde comer no Porto
Onde comer no Porto

Também fomos no Café Majestic, que chama atenção desde sua fachada. Grandes lustres, vitrais e solenidade no atendimento, mas sinceramente não curtimos os scones que pedimos, e nem sequer o café. Preços caros comparados com o que se encontra na cidade.
Onde comer no Porto
Onde comer no Porto

Para ver outras dicas de lugares para comer no Porto, clique aqui.

Café Majestic
Rua Santa Catarina, 112

Café Progresso – oferece wifi
Rua Actor João Guedes, 5

Confeitaria Barbarella
Rua 31 de Janeiro, 215

Leitaria da Quinta do Paço – oferece wifi
Pc. Guilherme Gomes Fernando, 47/51

fotos: turomaquia_2012

Páginas:123451014 »