• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens
Posts da categoria: ‘New York’

Highline Park | o mirante com arte, flores e puro jazz em New York

Postado em 31.janeiro.2015


Um mirante num formato mais humano, prá mim isto é o Highline. Prá ver New York de outro ângulo, mas sem a megalomania de trocentos andares. Desde a antiga estrutura construída na década de 1930, você pode reconhecer as pessoas que vão pelas ruas, ninguém é convertido em formiguinha distante.
Highline Park - Top 10 em New York
A linha de trem elevada levava e trazia as mercadorias do maior distrito industrial de Manhattan, e foi criada para resolver um problema sério de tráfego, já que a 10th Avenue já não dava conta do recado, e transitar por ela era tão perigoso, que seu apelido na época era “Avenida da Morte”(para saber a história do “cowboy” da foto veja o video no final do post).
Highline Park - Top 10 em New York
O tráfego de trens era intenso, mas na década de 1960 a coisa começa a decair, até que em 1980 cruza o último trem por lá. Mais tarde a linha quase foi demolida, mas Joshua David e Robert Hammond fundaram uma organização de “Amigos da Linha”, e conseguiram reunir vizinhos, artistas, empresários e políticos para lutar contra sua destruição, e depois pela sua reconversão.

Em 2005, o projeto de transformação foi aprovado, e a primeira parte do agora parque, foi aberto em 2009. E neste 2015, um dos grandes museus da cidade se instalará numa das pontas do parque, o Whitney.
Highline Park - Top 10 em New York Highline Park - Top 10 em New York

Visitando o Highline Park

Comece por uma das pontas e vá até o final. São mais ou menos 2 quilômetros entre flores, árvores, bancos cheios de charme, e o espetáculo da cidade quase 360 graus na maior parte do tempo. O caminho proporciona ângulos inusitados de velhos conhecidos como o Empire State Building, e dá a conhecer edifícios, esquinas que de outra forma você passaria batido.
Highline Park - Top 10 em New York Highline Park - Top 10 em New York
Highline Park - Top 10 em New York
Highline Park - Top 10 em New York
Para ir de metrô e descer próximo a 34th.St., escolha entre a:
– Linha A, C ou E e desça em 34 St. – Penn Station.
Para começar na Gansevoort St., pegue a :
– Linha L, e desça em 8Av.
– Linhas A, C ou E e desça em 14 St.
– Linhas 1, 2 ou 3 e desça em 14 St.

Para descarregar em pdf este mapa, clique aqui. O parque é acessível para quem tem mobilidade reduzida, ou precisa subir com um carrinho de bebe, há vários pontos que a escada convive com um elevador providencial.
Highline Park - Top 10 em New York Highline Park - Top 10 em New York

O Highline Park também funciona como uma galeria a céu aberto. As obras expostas mudam periodicamente, vale a pena descarregar o mapa que mostra o que está sendo exposto no momento da sua visita, para tanto clique aqui. Depois em “Art”, e por fim em “Download this month’s art map”.
Highline Park - Top 10 em New York
Nova York é como esta composição de Hiromi, muda de ritmo, melodia e quando você pensa que já entende a métrica e o que virá, ela dá um giro, improvisa e voilà, você não cansa. Ao contrário, você vicia, e pode escutá-la continuamente, porque New York é mesmo como Hiromi, jazz puro e sempre surpreendente.

 

Tudo sobre New York no Turomaquia.

Na blogosfera:
1. o video de 4 minutos com narração do Ethan Hawke, uma delícia!

2. as novidades do pedaço no Abrindo o Bico, como o novo restaurante que fica embaixo do Highline, e o novo mercado que combina à perfeição por uma caminhada pela região.

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Viaje com a gente no Google+ – google.com/+TuromaquiaViagens
Inscreva-se no nosso canal no YouTube, e seja o primeiro a ver nossos videos Turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

imagens: turomaquia_2013

Como eu faço para cruzar caminhando a Brooklyn Bridge

Postado em 14.janeiro.2015

Som na caixa \o/

Fazia frio naquela manhã de maio. Mas quem pode não sorrir ao colocar no celular “Stayin Alive” para cruzar a Brooklyn Bridge? Tive que me esforçar ao máximo para não começar a andar-bailando, assim mesmo, em um portunhol, como em “Os Embalos de Sábado a Noite Continuam”. Esta mistura cafageste de John Travolta na sua época mais gostosa; Sylvester Stalone de diretor, e claro que seria deste filme sem as canções do Bee Gees. Podem me condenar, mas prá mim este é um cult movie.

E com esta sensação Pati-Tony que eu desfrutei, feito criança em festa de aniversário, da minha primeira vez pela ponte do Brooklyn. Uma caminhada de 40 minutos em que qualquer ser se converte em estrela de cine. Com Manhattan de pano de fundo, tem coisa mais chique?!
brooklyn-bridge Continue lendo »

Museus de New York | Museu de História Natural

Postado em 03.dezembro.2013

Sou ignorante em zoologia e botânica. Trabalhei com uns antropólogos que eram tão de mal com a vida que traumatizei com a pobre da ciência. Assim que não posso rotular como algo cômodo para mim entrar em um Museu de História Natural. Mas gente eu sou blogger, tenho que enfrentar meus medos para mostrar as diferentes faces de uma cidade. Então vamos lá né?!

O Natural History Museum of New York foi inaugurado em 1869, no lado leste do Central Park. Mas o local foi ficando pequeno, e o museu se mudou para (o que atualmente) são 25 edifícios do lado oeste.

Era minha segunda visita naquele edifício gigantesco, e desta vez resolvi entrar por uma porta mais escondidinha na 81st., pelo subsolo do Rose Center. Quando desde fora em meio às cerejeiras e muito verde dei de cara com aquele cubo de cristal, fiquei louca para entrar. Era a motivação que precisava para deixar de me arrastrar. O engraçado que gostei desta parte nova mais do lado de fora do que de dentro.
Museu de História Natural New York Continue lendo »

Vale a pena subir no Empire State Building

Postado em 02.dezembro.2013

Quando era pequena lá em Curitiba, assisti na Sessão da Tarde “Tarde demais para esquecer”. Filme de 1957 com Cary Grant e Deborah Kerr. Naquela época eram estas sessões que norteavam meus desejos de viajar. Com os filmes de Elvis decidi que ia a Acapulco e Las Vegas; com Audrey Hepburn que iria conhecer aquela escadaria deslumbrante com aquela estátua alada. E claro, que imediatamente ao terminar aquele mega drama estava pronta para embarcar para New York e subir ao Empire State Building ao som de Nat King Cole.
Empire State Building | New York Empire State Building | New York Continue lendo »

Times Square – para alcançar o nirvana e mandar o inferno prá outro lugar

Postado em 25.novembro.2013

Estou ali no “meio” do mundo, tem tanta gente ao meu redor, tantos estímulos visuais, publicidades diretas e nas entrelinhas, e é tal o ritmo das coisas que me sinto dentro de uma tela de Mirò. Onde tudo é tão absurdo entre verdes, negros, azuis, vermelhos e amarelos, a ponto de acelerar minha respiração. E deste caos louco nasce um sentimento cru de humanidade onde menos se esperava, e de repente tudo parece ter ainda mais sentido.
Times Square - New York Continue lendo »

Mirante bom, bonito e barato em New York | Teleférico de Roosevelt Island

Postado em 22.novembro.2013

Já tinha subido no Top of Rock e no Empire State, dois mirantes poderosos de Manhattan. Mas buscava algo mais prosaico e barato, e nesta “caça” fui conhecer o teleférico da Roosevelt Island.
Roosevelt Island | O que ver em New York Continue lendo »

Páginas:123457 »