Guias de Viagem e Arte

 
 
jul 03 2012

Carimbando o passaporte entre Alemanhas – Berlim

Título enganoso? Para nada. Em Berlim é possível colocar no passaporte os antigos carimbos dos postos de fronteira que dividiam de forma estúpida a cidade em duas. Há dois lugares ponde poderá conseguir estes “souvenirs”. No super conhecido posto das forças aliadas, o Checkpoint Charlie. Onde ao lado se encontra o museu de mesmo nome. Mas neste ponto, a “carimbagem” é mais cara!
Carimbando o passaporte em Berlim

O segundo ponto, e mais barato, é a Potsdamer Platz, junto à estação de mesmo nome e ao Sony Center. Antes da divisão da cidade, a praça era um importante local de negócios. Que foi praticamente destruída durante a Guerra Fria. Porque justo no meio da praça se encontravam os setores britânico, americano e soviético (imaginou o rebuliço?).
Fotos Historicas do Muro de Berlim
Carimbando o passaporte em Berlim

Tem gente que coloca os carimbos numa folha à parte. Eu e as meninas (a Malu e a Morgana) colocamos nas últimas páginas do passaporte. Já viajei com ele depois disso, e não tive nenhum problema. Olha no video, a quantidade absurda de controles. O moço que fazia às vezes de soldado era beeem bonito, e na hora que ele vai carimbar, fala o que cada “carimbada”representava , mas em alemão 🙂
Carimbando o passaporte em Berlim

Posts relacionados:
10 razões para se mandar para Berlim
Para sair e chegar do Aeroporto Schoenefeld
Como visitar a cúpula do Parlamento Alemão – Bundestag ou Reichstag

fotos e videos: turomaquia_2010
foto antiga: El Muro de Berlín 1961-1898, Landesarchiv Berlin (Ed.)

20 Comentários

  1. Malu

    Nossa, que saudades dessa viagem! Essa cidade é simplesmente fantástica…
    Bjos!!!

    responder
  2. Carina-Senzatia

    Yenham muito cuidado ao carimbarem o passaporte com este carimbo, conheci um brasileiro que não pode embarcar aqui em Frankfurt por causa desta “brincadeira”. O policial de alfândega disse a ele que não se deve brincar com documentos oficiais, e não deixou ele passar pela imigração.
    Sei disto porque dei carona pra ele até um albergue da juventude aqui na cidade e no outro dia ele iria ao consulado tentar resolver o problema. Não sei o que aconteceu após isto…
    Pode ter sido mau-humor do guardinha no dia ou qualquer outro motivo, mas a partir deste dia aviso aos conhecidos que a brincadeira pode não acabar muito bem. 😉

    responder
  3. Pat

    Eu só soube disto depois que eu voltei pra o Brasil, uma pena! Eu também prefiro deixar para as últimas folhas os carimbos simbólicos. Fiz assim em Macchu Picchu e pretendo fazer em Ushuaia também.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Pat, eu também tenho o de Machu Picchu. Sempre coloco no final do passaporte, e nunca tive problema. Mas é importante saber que se pegar um mal-humorado pode dar problema, como contou a Carina.

      responder
  4. Guta | Blog Vambora!

    Olha que legal!!! Nao sabia disso nao! Quando for p/ Berlim (espero q em breve!!) vou fazer isso! Dica anotada!

    responder
  5. Fernando

    Muito show.
    E qual o valor da brincadeira ?

    responder
    • Patricia de Camargo

      Fernando, era mais barato na Potsdamer Platz do que no Charlie Checkpoint, e se ñ me falha a memória pagamos 3€.

      responder
  6. Fernando

    Olá Patricia.

    Obrigado pela resposta.
    Estarei indo para Berlim e achei muito legual.
    Vou ate levar o passaporte vencido para não da problema kkkkk.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ótima idéia Fernando 🙂

      responder
  7. MONIQUE FELIX

    Queria saber se alguém pesquisou se se pode ou não, legalmente, usar esses carimbos no passaporte.
    Eu tenho o de 100 anos de Machu Picchu e quando fui entrar em Lisboa (vindo da Inglaterra), o guarda da imigração ficou quase 20 minutos me dando um sermão que eu não pdoeria fazer aquilo, que era um documento oficial e blablabla. o Mais ridiculo foi que ele implicou também com o carimbo oficial do Uruguay (que tem uma mensagem turistica tb), só depois que falei que esse era o carimbo oficial de entrad ano Uruguay ele sossegou um pouco… Mas acho que se eu tivesse vindo direto do Brasil acho que teria mais problemas.
    O que é estranho, porque a PF daqui nunca reclamou de nada (afinal, o passaporte é dela, está cedido a cidadão, mas pertence ao govenro brasileiro, né?)
    Vou a Berlim e queria muito pdoer carimbar, mas fico com receio por conta dessas questões… além do mais,d e lá vou pra Russia e se arrumar alguma encrenca por causa disso nem russo eu falo…

    responder
    • Patricia de Camargo

      Monique, depois que eu postei teve gente que me falou que teve problemas com este tipo de carimbo. Na dúvida leve um passaporte antigo e vencido. Estou pensando em fazer isso daqui prá frente!

      responder
  8. Simone

    Gostei da idéia. Pensei exatamente em levar o passaporte anterior. Boa dica Patrícia (como sempre) 🙂

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Simone 🙂

      responder
  9. Elaine

    Vale ressaltar que existe mais um ponto onde se pode carimbar o passaporte na cidade. É na East Side Gallery, bem no comecinho da galeria existe um “posto de controle” e eles carimbam também. Beijos!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ótima dica Elaine 🙂 brigaduuuuu

      responder
  10. Danielle Maia

    Oi Pat,

    Como não posso seguí-la ao vivo, vivo seguindo por aqui… Suas viagens me inspiram, alegram, divertem e até questionam.

    Com muito pouco tempo, estarei entre Berlim e Praga na primeira semana de janeiro, mais especificamente entre os dias 1 e 3 em Berlim. PRECISO de um carimbo desses!!! Como acho em Potsdamer Platz, alguma dica????

    Obriga pelas dicas de sempre… Dresden estou indo de olhos fechados com sua dica, para um pit-stop.

    Bjs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oiii Daniele 🙂

      Brigaduuu pelo carinho, fiquei muito feliz com teu comentário!!!

      Na Potsdamer Platz fica junto a um pedaço do muro que ainda está de pé, e também no Checkpoint Charlie eles tem os carimbos!

      Na volta me conta o que achou de Dresden!

      Um excelente ano e uma viagem incrível!

      responder
  11. Fabiano

    Carimbei o passaporte hoje, 7/1/2016. 5 euros por 6 carimbos no Check Point Charlie. Tem mais carimbos, mas o valor sobe. Utilizei o passaporte antigo para evitar tretas.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Fabiano, brigaduu pelo feedback. Usar o passaporte antigo é com certeza a melhor solução!

      Um grande abraço

      responder
  12. Rafael Bueno

    Alguém sabe os preços atualizados para carimbar no CheckPoint Charlie e na Potsdamer Platz?

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!