Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 11 2008

Caminho de Santiago Aragonês

Quem acompanha este blog, sabe que eu e meu maridinho fizemos o Caminho Francês, que é o caminho mais tradicional para chegar a Santiago de Compostela. Por que o caminho mais tradicional? Existem outros?

Efetivamente, existem vários caminhos. Inclusive caminhos que saiam de diversos países europeus, e que não somente chegavam até Santiago, mas também a Roma. As pessoas queriam ir a lugares santos, e existiam vários destes lugares, alguns mais célebres que outros e com mais infra-estrutura.

A história é que existem várias formas de se chegar a Santiago de Compostela. Nos últimos anos os outros caminhos possíveis estão ganhando mais infra-estrutura e sendo publicitados. Por isso, como Tom está em Zaragoza trabalhando 3 meses na universidade local, decidimos realizar a parte aragonesa, por que parte? Porque este tramo se encontra com o caminho francês na cidade de Puente de la Reina. Ou seja, é uma forma diferente de se alcançar ao Caminho Francês.

Mas quem escolhe realizar o caminho a partir de Aragón, terá mais quilômetros pela frente serão 848 quilômetros até a Catedral de Santiago, contra os 775/780 do Francês. Vale o esforço? Vale, porque se atravessam os Pirineus, e a paisagem é exuberante, bem diferente do que se verá quando se adentre no Caminho Francês. Nós começamos a uns 10 Km da fronteira com França, em Somport (Espanha).
Caminho de Santiago Aragonês

fotos: turomaquia_2008

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!