Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 27 2008

Caminho de Santiago Aragonês: A difícil volta

Vou terminar de contar sobre o caminho aragonês em julho, porque nós fizemos somente estas duas etapas em maio, porque tínhamos que trabalhar (que dureza!). Mas vamos voltar em junho para realizar as três ou quatro etapas que faltam, por quê três ou quatro? Porque dependerá do nosso fôlego!

A verdade é que pensávamos em realizar outra etapa, mas no jantar do final do segundo dia, conversando com uns senhores da mesa ao lado do restaurante (que também eram peregrinos) descobrimos que da cidade que pensávamos chegar no terceiro dia não havia transporte para Zaragoza, Jaca ou qualquer outro lugar. Assim decidimos retornar a partir de Puente de la Reina de Jaca. Mas não foi nada fácil. Primeiro, tivemos que pegar um ônibus para Pamplona, que já está em outra comunidade autônoma – Navarra. E o mais louco era o lugar que esperamos o ônibus – no meio do nada. Em frente a um restaurante, num lugar que o pessoal local chamava de praça?! ( E que aparece no video, aonde o Tom narra sua desilusão com seu par de tênis quase novo que não aguentou dois dias do Caminho de Santiago!).

O ônibus era pinga-pinga, e depois de uma hora e meia chegamos a Pamplona, e como tínhamos 3 horas até sair o ônibus para Zaragoza, demos uma volta pela cidade. Tomamos nosso café da manhã e até visitamos uma exposição de arte contemporânea (para quem não sabe, eu sou meio louca por museo!). Realmente a volta foi meio complicada, mas também muito divertida, porque quando um viaja deve estar aberto para todos contratempos que aparecem no meio do caminho!
Caminho de Santiago Aragonês

foto: Peregrina em Pamplona, em frente ao Centro Cultural – Baluarte
foto e video by Turomaquia Factory 2008

3 Comentários

  1. Helena melo

    Bom dia,

    Estava a fazer pesquisa do caminho de Santiago e fui parar a vossa página, que me pareceu super interessante.
    Eu estou a pensar fazer o caminho da prata de chaves a santiago sozinha… Mas estou com algum receio de o fazer sozinha, pois não sei se será seguro viajar sozinha, visto que sou mulher e este caminho não é dos mais conhecidos.
    Já fizeram o caminho da prata? Como foi a experiência?
    Podem aconselhar-me? Eu quero muito fazer este caminho, mas a minha segurança e também muito importante.
    Fico aguardar o vosso feedback.
    Cps,
    Helena Melo

    responder
    • Patricia de Camargo

      Olá Helena, tenho muita vontade de fazer o Caminho da Prata, nunca escutei ou li nenhum relato que revelasse que seria um caminho inseguro, isso sim que tem menos infra-estrutura que o Francês. O que vc acha de realizar os 300 últimos quilômetros do Caminho Francês, você precisaria de uns 10/12 dias, ele é mega seguro e com muita infra-estrutura, e é lindo demais, seria de León a Santiago.

      Vou tentar encontrar relatos deste caminho pra ti!

      Beijos

      responder
      • Helena Melo

        Obrigada Patricia,

        A nível logístico, dá-me mais jeito o caminho da prata. Além disso li que e um caminho romano, cheios de monumentos romanos a visitar.
        Vou continuar a pesquisar o caminho, pois tenho muita vontade de o fazer.
        Obrigada.
        Bjs

        responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Esta é a Nova Iorque florida que me deparei numa viagem que realizei nas primeiras duas semanas de maio. Linda demais 💕💕💕 #newyorkflowers #beautifulstreet #centralparkmoments #estadosunidos #novaiorque
  • Qual é seu ponto favorito do Central Park em New York? Eu acho lindo de morrer,  o lugar onde fica uma das maiores fontes da cidade, a Bethesda. 
Também conhecida como "Anjo das Águas", foi o primeiro trabalho de arte pública encomendado a uma mulher. Neste caso, a artista Emma Stebbins, que desenhou a fonte em 1868, sendo inaugurada em 1873.

A gente vê um anjo de bronze de dois metros e meio de altura que carrega um lírio e com a outra mão abençoa a água. Tem um referência bíblica ao evangelho de João que fala de um anjo que abençoa a piscina de Bethesda, conferindo-lhe poderes de cura. 
Debaixo do anjo vemos 4 querubins que representam a pureza, a saúde, a temperança e a paz.

É legal chegar junto à fonte cruzando por debaixo das arcadas da Bethesda Terrace, criada em 1860, um desenho de Jacob Wrey Mould. Debaixo dos arcos costumam se apresentar músicos, já vi um concerto melhor que o outro.

A fonte se encontra mais ou menos no meio do parque na altura da rua 72.

#bethesdafountain #centralpark #newyorklovers #mulheresnaarte #emmastebbins
  • Novo post-guia no www.turomaquia.com 🤛🏼 Espero que vocês curtam 🥰 🎶 Teardrop - Massive Attack (era o tema de abertura da série “House”. #moma #arte #artemoderna #museumguide #newyork
  • No Brooklyn todo mundo curte tirar esta foto na rua com a Manhattan Bridge de fundo. É só ir nas esquinas da rua Washington com a Front. Depois da foto, aproveita e faz uma boquinha no gostoso e barato Front Street Pizza 🍕 que na verdade é famoso por esta massinha recheada da foto 😉

#manhattanbridge #novaiorque #ondecomerbrooklyn #fotonewyork #beautifulstreet
  • O que será que elas estavam falando sobre uma das obras mais importantes de Picasso?! Eu não sou muito curiosa, mas adoro escutar o que o pessoal comenta no museu sobre as obras de arte. Não é para julgar, é para “ver” com os olhos do outro 👁👁 #moma #picasso #museumlovers #arte #historiadaarte
  • Junto ao Museu do Prado, vemos a escultura de Murillo. Ele foi um pintor barroco que colocou na tela a doçura das meninas, dos anjos, das virgens. 
Nasceu em Sevilha em 1618 e faleceu em 1682.

#murillo #barroco #arte #madri #arthistory

Follow Me!