Guias de Viagem e Arte

 
 
jul 25 2015

Bate e volta perfeito desde Berlim – Postdam | Palácio de Sanssouci

Postdam | Sanssouci
Eu sei que Berlim é destas cidades inesgotáveis, mas sabe aquela tentação que a maioria sofre na Europa de colocar uma cidade aqui outra acolá? Como todo bom mortal eu também sofro rsss Na minha primeira visita à cidade, fui para o Campo de Concentração de XX. Uma experiência chocante, mas para mim irrepetível, tem que ir, mas não dá prá voltar, destroça demais a alma.

Nesta segunda visita queria um lado mais rosa da vida, e nada melhor do que ir conhecer a residência de verão de Frederico II, o Grande, declarada junto com os jardins, Patrimônio Mundial da Humanidade. Nada melhor do que um bom rococó para encher de alegria a vida!

O complexo de Sanssouci, pois é, não é um simples palácio é visita prá dia inteiro e olha que Postdam oferece muito mais do que ele, foi na cidade, no Palácio Cecilienhof, que entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945, os aliados resolveram o que iam fazer “com parte do mundo”após a Segunda Grande Guerra.
Postdam | Sanssouci

Como chegar em Sanssouci

Pegue o trem urbano S7, ele passa em um montão de lugares entre eles, Alexanderplatz, na estação de trem principal, no Tiergaten e no Jardim Zoológico. Dá para usar o cartão do transporte público ABC para chegar até lá. Nós tínhamos um cartão Berlin Welcome para as regiões AB e compramos um suplemento para a região BC. Caso não tenha nenhum passe de transporte para este dia vale a pena comprar o cartão para 1 dia da região ABC. O legal deste passe, que ele também inclui os ônibus municipais que te deixaão bem pertinho do complexo de palácios.

Dica turomaquia: não esqueça de convalidar seus bilhetes, se não for subir ao trem em uma estação com bilheteria, quando passar por uma, compre ante seus bilhetes. Nós chegamos à estação sem o suplemento e foi um inferno porque a máquina só aceitava moedas e tivemos que ir pelas lanchonetes e lojinhas trocando dinheiro. O suplemento custou 2,90€.
Postdam | Sanssouci
Também dá prá chegar com o trem RE1, que para mais perto do complexo de Sanssouci, mas eu não usei.

Na chegada à Postdam verão que há um ônibus turístico e várias linhas municipais que fazem o trajeto Estação de Trem – Sanssouci Park ou Palace. Se você tiver um passe ABC, ele inclui os ônibus de linha – 605, 606, 612, 614 e 695. Cada ônibus para num lugar do complexo. Eu e o Tom resolvemos ir caminhando e levamos mais ou menos 30 minutos, é fácil e está bem sinalizado.

No caminho passamos pela Porta de Brandenburgo construída entre 1770 e 1771 por ordem de Frederico II para comemorar sua vitória na Guerra dos Sete Anos.
Postdam | Sanssouci

Quanto custa visitar Sanssouci

Ao final da imponente entrada do parque, que é gratuita, dará com o palácio que dá nome ao parque, suba as escadas e compre sua entrada para o complexo. Neste momento lhe darão o horário que poderá entrar em Sanssouci, a visita é guiada e com hora marcada. Nós chegamos de manhã e nossa visita ficou para as 16:30 horas (viajamos em alta temporada). Eles vendem um máximo de entradas por dia, ou seja, controlam a capacidade de carga do monumento, portanto o melhor é chegar e ir diretamente na bilheteria prá não ficar chupando o dedo 😉
Postdam | Sanssouci
Para ver só o palácio custa 12€, mas na primavera/verão quando todos os demais edifícios estão abertos vale a pena comprar o ticket Sanssouci+ que dá direito a entrar em todo o complexo e custa 19€. Para quem vai em família é interessante o ticket Sanssouci+Familie que custa 49€, dá direito a todo o complexo para um grupo de 2 adultos e 4 jovens de até 18 anos.

Vale a pena pagar 3€ pela pulseirinha que dá direito a fotografar dentros dos recintos, vi muita gente tentando fotografar sem, e o pessoal da sala não permitindo. Eu coloquei a pulseirinha, mas vi muita gente que colocava na máquina, assim se estiver com mais gente outras pessoas poderão fotografar usando aquela máquina com a pulseira.

Lembre que fecha na segunda-feira!
Postdam | Sanssouci

Como é a visita a Sanssouci

Nós ficamos quase o dia inteiro e não conseguimos ver tudo, alguns palácios e edifícios estão mais distantes, então tem caminhada pelo parque, o que é uma delícia! Acho que vale a pena pedir uma hora mais para o final da tarde se você for passar o dia por lá, para ver o palácio principal, ou se tiver sorte já vê-lo quando comprar o bilhete.

Do que vimos, não dá prá perder:
Bildergalerie, a galeria de arte idealizada por Frederico, o Grande para colocar sua coleção foi finalizada em 1763, e gente do céu, é linda de morrer. Se não bastasse o esplendor dourado abriga telas incríveis de caravaggio, Rubens, Jan Lieves e Van Dyck, entre outros.
Postdam | Sanssouci
Postdam | Sanssouci
Orangerieschloss, o gigante do complexo com 300 metros de comprimento também foi o último a ser construído entre 1851 e 1864. A entrada te permitirá subir ao mirante e entrar no palácio com uma visita guiada. Impressionante a sala vermelha com a maior coleção de cópias de pinturas de Rafael Sanzio. Era tão difícil conseguir comprar as telas do pintor, que o rei não teve dúvida, encarregou as cópias de 49 de suas telas!
Postdam | Sanssouci
Postdam | Sanssouci
Palácio de Sanssouci, que dá nome atodo o complexo. Apenas se pode visitar com hora marcada, o horário da visita é fornecido ao visitante ao comprar as entradas. Na hora da visita, você receberá um audio-guia. Não pense que é um big palácio, são apenas 12 salas, mas vale a visita!
Postdam | Sanssouci
Postdam | Sanssouci
Passear pelos jardins a esmo, estão bem cuidados, repletos de fontes e esculturas. Como aquele que fica na frente do Palácio de Sanssouci, com suas escadarias com vinhas e esculturas branquinhas da silva 🙂
Postdam | Sanssouci
Postdam | Sanssouci
Não tivemos tempo para ir ao Neues Palais, mas muitos blogueiros recomendam a visita!

Onde comer em Sanssouci

– Para algo mais rápido, ao ar livre e mais barato vá junto ao moinho e coma uma salsicha com fritas, os tipos que atendem não são nada simpáticos, mas você paga, pega a comida e pensa: “Que pena de gente tão mal amada” e sai correndo para uma mesa no sol. Os caras são mala, mas a comida estava ótima! Não tem muita variedade. Gastamos entre dois, 15€.
Postdam | Sanssouci
Para algo um pouco mais refinado, o restaurante e café dentro do complexo – Drachenhaus, para acessar os cardápios: http://drachenhaus.de/neuigkeiten/

Depois da visita a Sanssouci

Vale uma passadinha no centro de Postdam, nem que seja para comer um strudel e maça. Foi o que nós fizemos no Café Alice, que fica na Lindestrasse, 16. Duas bebidas e duas tortas, uma acompanhada com sorvete, custaram 12,80€.
Postdam | Sanssouci

Veja todos nossos posts de BERLIM

Busque e reserve seu hotel em Berlim, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste 2017, coloque o código: 2017AFL. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui

Escape das filas, compre antes da viagem e em português, as entradas para os principais ATRATIVOS DE BERLIM, clicando aqui.

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

fotos: turomaquia_2014

8 Comentários

  1. Bóia

    Oi, Pat. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Nat 🙂

      responder
  2. Diana G.

    Berlim é uma cidade fantástica, barata e cheia de cultura

    responder
  3. Pedro Pereira

    Excelente artigo! Fiquei com muita curiosidade para conhecer Berlim!

    responder
  4. Sonia Rodrigues

    Excelente artigo! Há tanta coisa interessante na Europa, que é preciso ir por etapas, a meu ver, um país por vez, devagarinho, degustando.

    responder
  5. Vanessa de Oliveira Menezes

    Olá Patrícia! Não sei se recordará de mim, mas trabalhos juntas por um breve período na UniExp (Expoente) em Curitiba. Eu era coordenadora do Curso de Turismo na época. Estava pesquisando blogs de viagem, pois eu também tenho um, e acabei encontrando o seu por acaso. Fico feliz em saber que está na Espanha e que tem um blog tão bem elaborado. Parabéns!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Vanessa, que legal te “reencontrar”, por onde você anda? Já estou clicando para ver teu blog!!!
      Beijos

      responder
  6. Ilma Madureira

    Maravilha de dicas.
    Grata

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Trafalgar Square, "casa"de um grande museu londrino 😉
#museumweek #museum #london #londres #art #trafalgarsquare #beautifulday
  • Vou viajar com crianças, qual museu devo ir?  Sinceramente dá prá levar as crianças em qualquer museu. Na maioria dos casos,  o problema maior são os adultos que não estão acostumados a ir a museus de arte e se sentem perdidos neles.

Nesta foto, a família se diverte entre as esculturas de Henry Moore na Tate Britain .

#museum #museumweek #tatebritain #henrymoore #art #arte #london #londres #familytrip
  • Esta é a panorâmica diante de um dos museus de arte mais visitados do mundo em 2016. Sabe qual é? 
Prá conhecer toda a lista passa lá no www.turomaquia.com ou clica aqui no link da bio 👈 
#museumweek #museum #bridge #london #arquitetura #architect #harrypotter
  • Muitos anos atrás, o clima mudou drasticamente e a areia virou pedra. E esta pedra chegou até nossos dias, não é incrível?!😱
.
#beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #canaryisland #beach
  • Já tem post desta cidade incrível e gostosa demais para caminhar lá no www.turomaquia.com | Um lindo domingo prá todos nós 💓
.
#dusseldorf #germany🇩🇪 #gehrybuildings #arquitetura #beautifulday #architect
  • Londres? Não 😉 Tóquio, minha gente 😁 Nem tudo que parece, é!
.
#japan🇯🇵 #tokyo🇯🇵 #telefone #simplelife #vintage

Follow Me!