Guias de Viagem e Arte

 
 
abr 26 2016

Bailarina reproduz obras de Degas

Dê o play e desfrute da trilha sonora perfeita para sua leitura 😉

landscape-1454956949-hbz-030116-welldegas-index

Os impressionistas estavam fascinados pelo movimento, algo tão característico da modernidade. Daí que temáticas como os trens, as massas de pessoas nas grandes cidades e os cavalos nas hípicas apareçam constantemente em suas obras. Mas Degas (1834-1917) além de todos estes temas, tinha uma obsessão especial pelo mundo da balé.

Realizou centenas de aquarelas, gravuras, desenhos, pastéis e esculturas que mostram os ensaios, as aulas intermináveis, os teatros e as protagonistas, aquelas meninas que viviam uma vida de muitos sacrifícios e que em sua maioria vinham de famílias pobres.

Acho que ele lhes devolveu a dignidade que muitas vezes lhes era tirada, tal qual fez Velázquez com sua série de anões. Porque o ambiente que estavam imersas estas meninas não era o melhor, inclusive com cenas de prostituição de menores entre bastidores.

Mas com a devida distância, nosso olhar é de ternura. Degas trabalha com cores pastéis, dá ainda mais leveza aos passos, capta cenas íntimas que delatam esgotamento físico. Sob esta perspectiva, Misty Copeland dentro de um projeto lindo, o NYC Dance, reproduz conjuntamente com Ken Browar e Deborah Ory, algumas dessas obras do artista impressionista.

Misty Copeland é a primeira bailarina negra a ganhar o posto de principal no American Ballet Theatre. No seu livro “Life in Motion (English Edition)”, ela se refere a si mesma como a “bailarina improvável”, sua história é inspiradora! (Assista o segundo vídeo!). No trailer do filme que conta sua trajetória, Misty explica sua paixão: “No ballet encontrei a minha voz”.

O resultado é uma releitura de obras criadas entre o final do século 19 e comecinho do século 20, que apareceram na Revista Bazaar de fevereiro deste ano (2016).
1455116915-hbz-2-misty
gallery-1455117039-hbz-4-misty
gallery-1455116967-hbz-3-misty
gallery-1455116868-hbz-1-misty


Não deixe de visitar o site dos artistas Ken Browar e Deborah Ory, as fotos são incríveis! Também vale a pena ler a entrevista de Misty Copeland na Bazaar, clicando aqui.
NYCDP_CharlotteLandreau_0233-Blog

Imagens: Harpers Bazaar e NYCDance Project

1 Comentário

  1. Monica

    Maravilhoso! Obrigada por compartilhar. Bjs

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Dica de Sevilha: café da manhã na tradicional “La Campana” fundada em 1885. O lugar é bonito, gostoso e oferece uma boa relação custo x benefício . Gastamos 13,10€ por 2 sucos de laranja natural, 2 cafés e 2 mistos. 
Também é um ótimo lugar para comer um doce tradicional ou comprar um presente gostoso 😉

Abre todos os dias das 8:00 às 22:00 horas.

#sevilha #lacampana #ondecomersevilha #espanhalovers
  • Esta é a Nova Iorque florida que me deparei numa viagem que realizei nas primeiras duas semanas de maio. Linda demais 💕💕💕 #newyorkflowers #beautifulstreet #centralparkmoments #estadosunidos #novaiorque
  • Qual é seu ponto favorito do Central Park em New York? Eu acho lindo de morrer,  o lugar onde fica uma das maiores fontes da cidade, a Bethesda. 
Também conhecida como "Anjo das Águas", foi o primeiro trabalho de arte pública encomendado a uma mulher. Neste caso, a artista Emma Stebbins, que desenhou a fonte em 1868, sendo inaugurada em 1873.

A gente vê um anjo de bronze de dois metros e meio de altura que carrega um lírio e com a outra mão abençoa a água. Tem um referência bíblica ao evangelho de João que fala de um anjo que abençoa a piscina de Bethesda, conferindo-lhe poderes de cura. 
Debaixo do anjo vemos 4 querubins que representam a pureza, a saúde, a temperança e a paz.

É legal chegar junto à fonte cruzando por debaixo das arcadas da Bethesda Terrace, criada em 1860, um desenho de Jacob Wrey Mould. Debaixo dos arcos costumam se apresentar músicos, já vi um concerto melhor que o outro.

A fonte se encontra mais ou menos no meio do parque na altura da rua 72.

#bethesdafountain #centralpark #newyorklovers #mulheresnaarte #emmastebbins
  • Novo post-guia no www.turomaquia.com 🤛🏼 Espero que vocês curtam 🥰 🎶 Teardrop - Massive Attack (era o tema de abertura da série “House”. #moma #arte #artemoderna #museumguide #newyork
  • No Brooklyn todo mundo curte tirar esta foto na rua com a Manhattan Bridge de fundo. É só ir nas esquinas da rua Washington com a Front. Depois da foto, aproveita e faz uma boquinha no gostoso e barato Front Street Pizza 🍕 que na verdade é famoso por esta massinha recheada da foto 😉

#manhattanbridge #novaiorque #ondecomerbrooklyn #fotonewyork #beautifulstreet
  • O que será que elas estavam falando sobre uma das obras mais importantes de Picasso?! Eu não sou muito curiosa, mas adoro escutar o que o pessoal comenta no museu sobre as obras de arte. Não é para julgar, é para “ver” com os olhos do outro 👁👁 #moma #picasso #museumlovers #arte #historiadaarte

Follow Me!