Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 18 2017

A roupa na Idade Média – moda #1

Como será que era a roupa na Idade Média? Com a formação do Império Romano do Oriente, Bizâncio vai ter uma grande influência na moda do Ocidente, assim como os árabes que tomaram grande parte da Península Ibérica.
A roupa na Idade Média
No início da Idade Média, a vestimenta básica era uma espécie de túnica. Mas a partir dos séculos 12 e 13 a coisa começou a ficar mais refinada. O botão começa a ser fabricado em série. Desde a Pré-História se tem notícia da utilização de conchas como botões, mas com o início de sua fabricação em série ele vai incrementar as roupas. Um exemplo?
A roupa na Idade Média
Olha este vestido de mulher do século XV. Tinha duas mangas, uma branca e outra verde. Esta última era colocada com botões quando a mulher saía de casa. Quando permanecia no lar, levava umas mangas mais modestas que seriam facilmente lavadas. Porque ter uma roupa naquela época era todo um luxo!

A roupa na Idade Média

A roupa na Idade Média – Os Sapatos e as Túnicas

Uma coisa bem divertida é que eles adoravam um sapato bicudo. Às vezes levavam até um bico de tecido que se desenrolava nos locais de festa.
Roupa na Idade Média
Os homens levavam uma espécie de túnica acinturada, e umas médias-calças como estas da figura. O que se vê em branco eram as antigas “cuecas”. No começo da Idade Média a túnica era bem comprida, mas pouco a pouco foi encurtando.
A roupa na Idade Média
Chegou um momento que os botões estavam tão na moda, que se utilizavam até como enfeite. Eram costurados em filas nas roupas e eram cada vez mais trabalhados para demonstrar o status da pessoa. Chegou até um ponto, que em 1520, Francisco I (França) luziu, um vestido de veludo preto com 13.000 botões, em seu encontro com Enrique VII (Inglaterra)!!!

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Imagens e mais informação:
http://www.historiaviva.org/vestimenta/index.shtml

http://www.educar.org/inventos/botones.asp
http://octisa.com/cm/default.aspx?ver=catalogo&categoria=2&sub=14
http://www.virtue.to/articles/extant.html#1301
http://laropamedieval.blogspot.com/
Revista Muy Historia, Número 21, 2009

2 Comentários

  1. Carmen

    Post muito interessante. Vale la pena ler!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Carmen 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Amanhecer em Las Canteras #semfiltro Foto by Berta, desde sua casa 💕💕💗 #laspalmasdegrancanaria #nascerdosol #grancanaria #playalascanteras
  • Um dos lugares mais 😱 que conheci este ano. Não esperava que ia ser tão legal conhecer a Granja de San Ildefonso, que fica perto de Madri. 
Qual foi aquele lugar que mais te surpreendeu este ano? Não precisa ser algo que conheceu durante uma viagem!

#granjadesanildefonso #espanha #bateevoltaMadri #palacio #jardins
  • O inverno em New York, desde a sala de esculturas do século 19 do @metmuseum 
#repensando2018 #metmuseum #rodin #newyorklike #historiadaarte
  • Quem você reencontrou este ano e que te faz bem à alma?

Eu encontrei minha amiga @isabelmpoliveira em Lisboa. Com ela, o sorriso rola solto, sem contar que é uma pessoa que sempre me mostra uma Lisboa diferente. Brigaduuuu amiga mía!

#repensando2018 #lisboa #viagens2018
  • Na rota dos Patrimônios da Humanidade se encontra este outro mosteiro, o de Alcobaça. Este edifício é gigantesco e começou a ser construído em 1.178 🙀

A entrada custa 6€ e vale cada centavo! 
#alcobaça #patrimoniomundial #portugal #roteiroportugal #arquiteturamedieval
  • No mosteiro da Batalha construído para pagar uma promessa. D.  João I prometeu construí-lo após vencer a Batalha de Aljubarrota em 14 de agosto de 1385.

Adorei o mosteiro e a pequena cidade que nasceu ao seu redor. O mosteiro abre todos os dias, exceto 1/1; 1/5 e 24/25 de dezembro.

A entrada custa 6€. #batalha #portugal #portugalovers #arquiteturaportuguesa

Follow Me!