Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 07 2017

A obra de arte mais cara do mundo – A identidade do comprador

A obra de arte mais cara do mundo

No dia 15 de novembro de 2017, a Christie´s vendeu o último quadro de Leonardo da Vinci que se encontrava em mãos de um particular. Na verdade, uma obra cheia de controvérsias porque sua história vai de aparecer e desaparecer, o que eu já contei lá no YouTube e vou deixar o vídeo aqui para vocês.


Chamada video 2
O certo é que esta obra se converteu na obra de arte mais cara já vendida no mundo, ao ser adquirida por 450 milhões de dólares \o/

A obra de arte mais cara do mundo – Mas quem comprou?

A casa de leilões não revelou a identidade do comprador, o que é bem comum nestes casos. Mas ontem no Twitter, tudo começou a se elucidar quando a recém-aberta filial do Museu do Louvre em Abu Dabhi anunciou que o Salvador Mundi em breve seria seu residente! Já ficou claro que um árabe havia comprado a tela.
obra de arte mais cara do mundo
obra de arte mais cara do mundo

E agora de manhã, li no jornal espanhol “El País” que o “New York Times” já havia publicado a identidade do comprador. E como era de se esperar é um príncipe árabe que não é tão conhecido – Bader bin Abdalá bin Mohamed bin Farhan al Saud. Ele seria de uma rama distante da família real da Árabia Saudita e teria negócios nos seguintes setores: telecomunicações, imobiliário, energético e da reciclagem.

O jornal americano comenta no artigo que o tweet do museu árabe estaria relacionado com suas investigação sobre a identidade do comprador:

A spokeswoman for Christie’s, the auction house that sold “Salvator Mundi,” said it did not comment on the identities of any buyers or sellers without their permission. Prince Bader did not respond to a detailed request for comment. But as The Times was pressing for a response on Wednesday, the newly opened branch of the Louvre in Abu Dhabi, in the United Arab Emirates, tweeted that the painting “is coming to Louvre Abu Dhabi.” The Saudi crown prince is a close ally of his counterpart in Abu Dhabi.

O princípe Bader apenas se apresentou como comprador um dia antes da venda. E como não era um comprador conhecido teve que depositar uma caução de 100 milhões de depósito para poder se qualificar para o leilão. A reportagem (de forma velada) relaciona a compra a atual política do Príncipe Mohammed, que visa recuperar bilhões de dólares de ganhos ilícitos. Daí também a preocupação da casa de leilões com a entrada deste comprador inesperado.

obra de arte mais cara do mundoVale a pena ler a reportagem do “New York Times” pela descrição do leilão. Por exemplo, eles contam que quando os lances alcançaram 260 milhões de dólares apenas dois compradores se mantiveram ativos, o princípe Bader e outro anônimo que também não estava na sala e era representado por um funcionário da Christie´s.

Curiosidade: pensa que só você divide as compras? Nada disso, o príncipe vai pagar a tela do Da Vinci em 6 parcelas mensais de 59.385.416,67, sendo que a última que vence no dia 14 de maio de 2018 terá 2 centavos a mais 😉

Meus livros de arte

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Foto do princípe retirada do jornal “The New York Times”.

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

6 Comentários

  1. edinho ribeiro

    Adorei. Vim do youtube fazer uma vizita aqui.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Edinho! Toda semana publico posts de arte por aqui 🙂

      responder
  2. Duete

    Que maravilha! Estou adorando ver os vídeos e visitar o site.

    responder
  3. Luciana Gheller

    Oi Patrícia! Amo teu modo de passar conhecimento! Obrigada! Te desejo muito sucesso! ??

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuuu Luciana 🙂

      responder
  4. La Ultima

    Adorei. Vim do youtube fazer uma vizita aqui.

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos
  • É assim mesmo, sem truques 😉 Eu usei o Innsbruck Card de 48 horas para visitar os atrativos e subir na montanha ontem. Valeu a pena, a economia é real, fora a comodidade! 
E entre uma visita e outra, esta chuva de ruas lindas e montanhas imperiais. Curtiu?

#myinnsbruck #austrialovers #mountainscenery
  • Marca com quem você gostaria de compartilhar este banquinho a 2.256 metros de altura no top de Innsbruck 😉

Eu queria marcar o Tom, mas ele não tem Instagram 😂 
#myinnsbruck #innsbrucklover #mountains🗻 #austria_memories #nordketteinnsbruck
  • Na Arena Romana de Verona sendo feliz. Eu e a infanta de Velásquez 😉 Comprei o Verona Card de 24 horas e valeu a pena. Custou 20€, mas foi uma loucura passar apenas uma noite na cidade. Andei 19 km e tive que ir muito rápido, deveria ter ficado no mínimo 2 noites. O Verona Card de 48 horas custa 25€. #veronalovers #arenadiverona #italialovers #happymoments❤ #24horasverona

Follow Me!