Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 04 2009

A Lanzarote dos artistas e da paixão

Os centros de arte e cultura são espaços criados por homens apaixonados por Lanzarote – César Manrique e Jesús Soto. Eram lugares que em sua maioria estavam abandonados a sua própria sorte, e que eles resolveram mimar para despertar o olhar do visitante. A maioria das intervenções foram realizadas ao final dos anos 1960 e no início dos 70.

Vamos visitá-los?

Jameos del Agua: A erupção do vulcão La Corona  formou um tubo vulcânico. No extremo deste tubo ocorreu um desprendimento que servia como entrada a diferentes grutas formadas no interior do tubo. Em 1968 trabalhando sobre uma idéia de César Manrique se realizaram intervenções neste espaço, e nasceram os “Jameos del Agua”.

Jameo no vocabulário aborígene da ilha é nada mais que este desprendimento de terra. Ainda existem cavernas a serem descobertas e grutas, mas até agora já se sabe que como mínimo o tubo tem 6 Km de extensão.



Na parte propriamente dita do desprendimento se criou um oásis, com uma piscina de  fundo branco que contrasta com a lava cinza vulcânica e o verde da palmeira canária. Em um dos lados encontramos outro “jameo” semi-aberto aonde se vê um lago natural aonde se encontram os famosos caranguejos cegos e albinos. A falta de luz do ambiente provocou a sua ausência de pigmentação: Eles são bem pequenininhos, mas tão singulares, que sua foma é utilizada como logotipo deste centro, e está por todos os lados, em formato gigante na entrada, nas portas, etc.

Aproveitando uma gruta vulcânica se criou um grande auditório, com sua própria programação cultural. E ainda existe um museu de vulcanologia.

O mesmo tubo vulcânico criou uma caverna impressionante que está interligada com os Jameos (mas não para o público!) – a Cueva de los Verdes.


Entrada da “Cueva de los Verdes”

A primeira notícia escrita que se tem da Cueva foi realizada em 1590 por um engenheiro militar italiano. Ele fez uma descrição da caverna e contou que os aborígenes a utilizavam como refúgio durante os ataques de corsários.

Apenas se pode visitar um quilômetro das galerias, e sempre com guia. Eu não quero
contar muito sobre o recorrido, porque aqui o fator surpresa é muito importante.

Da “Cueva de los Verdes” se chega facilmente ao Mirador del Rio, um mirante aonde se pode ver o arquipélago chinijo, um conjunto de 5 ilhas, sendo as três maiores: la Graciosa, Alegranza e Montaña Clara. A única habitada é La Graciosa (que vai render posts próprios!). Também se podem ver as Salinas, que é outro espetáculo de cor.

O mirante é incrível porque apenas se vê do lado de fora, e da ilha da Graciosa é super difícil encontrá-lo porque seu criador Cesar Manrique não queria que a obra do homem
estivesse superposta à natureza e sim em perfeita e total harmonia. Dentro existe uma cafeteria e uma loja de produtos típicos à disposição do visitante. A vista é realmente
deslumbrante!


Móbile dentro do Mirador do Rio

Voltando mais ao centro da ilha, encontramos o Jardim de Cactus, um dos cenários do próximo filme do Almódovar, dá uma olhada na Penelope Cruz gravando algumas
cenas aí …

O terreno do Jardim de Cactus havia sido convertido em um depósito de lixo, quando César Manrique decidiu comprá-lo e anos mais tarde se inaugurou este espaço aonde se mantém uma coleção botânica de cerca de 7.000 exemplares de 1.200 espécies diferentes. Na real eu não sabia que existia tanto tipo de cacto até chegar nas Canarias. Eu pensava que o cacto era simplesmente uma plantinha sem graça e basicamente verdinha e cheia de espinhos: Eu na minha santa ignorância nem imaginava o quanto de grande podiam ser estas plantas, ou as flores mais que coloridas que podiam sair de suas entranhas …

Voltando em direção à capital da ilha, Arrecife, alcançamos a Casa-Museu do Campesino (camponês) e o Monumento da Fecundidade. Localizado no ponto geográfico da ilha e num cruzamento de caminhos, é uma mostra da arquitetura típica da ilha e de sua cultura, com destaque à atividade agrícola, que teve que vencer as naturais adversidades deste terreno (e vai ver o que eles conseguiram fazer por aqui, é bem diferente!). Este espaço oferece um restaurante que serve comida canária na hora do almoço (horário espanhol) das 13:00 às 16:30 (para reservar ligue para 928-520136).

E já no porto de Arrecife encontramos o Museu Internacional de Arte Contemporânea – Castillo de San José, mas conhecido como MAC – San José. Uma antiga fortaleza militar do século XVIII que se transformou em um museu com uma coleção de arte abstrata e que também oferece um resturante “4 estrelas”, além de umas vistas legais e tranquilizadoras. Este restaurante funciona das 13:00 às 23:00 horas, para reservar chame ao 928-812321.

Estes são os centros de arte, já visitamos também o Parque Nacional de Timanfaya, mas esta ilha ainda tem muito mais, tá curioso? (risos) Mais e mais nos próximos posts … Amanhã, um bônus para visitar pagando menos aos centros de arte e cultura de Lanzarote.

Horários e preços:
Todos os centros abrem todos os dias

Cueva de los Verdes
10:00 às 19:00, última visita começa às 18:00 horas
8,00 – adultos
4,00 – crianças de 7 a 12 anos

Jameos del Agua
10:00 às 19:00
8,00 – adultos
4,00 – crianças de 7 a 12 anos
Visita noturna – sexta, sábado e domingo – 19:00 às 02:00
9,00 – adulto
4,50 – crianças de 7 a 12 anos

Mirador del Río
10:00 às 19:00 horas
4,50 – adultos
2,25 – crianças de 7 a 12 anos

Jardim de Cactus
10:00 às 19:00 horas
5,00 – adultos
2,50 – crianças de 7 a 12 anos

Casa-Museo Monumento al Campesino
10:00 às 18:00 horas
entrada gratuita

MAC – Castillo San José
11:00 às 21:00 horas
2,50 – adultos
1,25 – crianças de 7 a 12 anos

Fotos: Todas as imagens com a marca d´água de Turomaquia são do nosso banco de imagens. As fotos das filmagens de Penélope Cruz são de Fotogramas.

6 Comentários

  1. Claudia Pimenta

    oi patricia! mais? eu já estou convencida que preciso ir (risos)! lindas fotos!!! bjs, querida!

    responder
  2. Michel

    De santa ignorância não tem nadaaaaaaaaaaaa :DInformações completas e bem interessantes e fotos melhores ainda!! Sempre show!!Fico feliz que tenha gostado do videozinho, pena que o youtubs abaixa bemmmm a qualidade :(Beijo e muita paz!!Michelwww.rodandopelomundo.com

    responder
  3. Carmem Galbes

    Nossa, que cenário! Bem completo o post sobre o lugar. Parabéns.Bjs.

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Claudia seria uma delícia te encontrar por aqui, e te apresentar as Canarias!Beijos

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Michel, adorei teu video!Tenho certeza que você alucinaria com Lanzarote e para ti é bem viável, existem voos charter para lá!Beijos

    responder
  6. Patricia de Camargo

    Carmen, e Lanzarote ainda oferece mais (risos)!Beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Caramba, 22 de novembro. A partir de agora o ano voa. E eu só tenho vontade de mais dias como este, com ele e uma mesa de pic-nic 🤗
  • Dia de praia por aqui. O mar parece uma piscina, o tempo passa com mais parcimônia 😉
.
#lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #canaryisland #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #beachday #españa
  • Está difícil resistir as ofertas dos livros de arte. Já saiu o primeiro post com alguns super achados 😃 Clique no link da bio ou visite diretamente o www.turomaquia.com e adiante o Natal! .
#livros #arte #issoéarte #historiadaarte #blackfridaybrasil
  • Aqui a Calle de Alcalá se abre e surge uma das ruas mais emblemáticas de MADRI, a Gran Via. .
#Madri #granvia #españa #streets
  • Duas versões de um mesmo tema - Adão e Eva. Qual vc gosta mais?
1) a de 1507/1508 de Jan Gossaert;
2) a de 1531 de Hans Baldung Grein.
Ambas se encontram no @museothyssen em #Madri

#arte #historiadaarte #arte #madrid #españa #museum #art
  • Novembro europeu em Canárias 🤗 Hoje deu praia, 28 graus. Entrei no mar e descarreguei todas aquelas sensações estranhas que tentam se fixar n'alma e me fazer infeliz. .
#lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #españa #invernoeuropeu #canaryisland

Follow Me!