Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 07 2014

Road Trip pela Ásia e Europa – da Turquia para Meteora #roadtripEuropaAsia

road-trip-europa-asia-dani-e-saddam-300ppp
09-10/08 – METEORA/ATENAS
Este dia foi muito especial (09/08) porque começaríamos uma parte da viagem a caminho de uma surpresa que preparamos para minha mãe. Ela tinha muita vontade de conhecer Meteora, assim que resolvemos inclui-la no roteiro, mas não lhe contamos nada.

Pela manhã saímos de Eceabat, para deixar a Turquia e entrar na Grécia. Pela estrada muitos girassóis e olivas. Almoçamos em Kavala (fundada por volta do século VI a. C.), uma cidade bonita e a 165 km da Tesalônica.

Ao entardecer já estávamos em Meteora, e vocês nem imaginam a emoção da minha mãe quando começou a ver da estrada as montanhas e colunas naturais de rocha, e isso que ainda não sabia onde estávamos. Pediu pela primeira vez em toda viagem que parássemos o carro para tirar umas fotos. Quando chegamos ao hotel em meio de toda esta beleza natural, mostramos a ela um dos mosteiros sobre as pedras e lhes contamos que estavámos em Meteora, e foi um daqueles dias que se costumam chamar de “inesquecíveis”!
Road Trip Asia - Turquia
Meteora é um dos maiores e mais importantes complexos de Mosteiros Ortodoxos em Grécia, e está classificado como Patrimônio Mundial da Humanidade. Nesta região se encontram 6 mosteiros construídos sobre verdadeiras colunas de rochas areníticas. A cidade mais próxima ao complexo, e onde estávamos hospedados, é Kalambaka.

O primeiro mosteiro da região foi o Gran Meteoro ou Mosteiro da Transfiguração, construído por volta do século 14, estabelecido por Santo Athanasios e situado a 613 metros acima do nível do mar. O Mosteiro da Santíssima Trindade é de 1475; o de São Varlaan (segundo em tamanho) por volta de 1541; o de Roussanou (também dedicado à Transfiguração) e o de San Nicolau são do século 16. O mais jovem é o Mosteiro de São Estevão, construído em 1798.

No dia 10/08 vimos todos os mosteiros do complexo (um circuito de 17 km), mas decidimos entrar no maior e mais antigo, o Gran Meteoro. Depois de um tempo subindo uma longa escadaria esculpida nas rochas (acredito que fossem uns 1.000 degraus) chegamos ao mosteiro e conhecemos a igreja de estilo bizantino “escondida” dentro dele. Pena que não se podem realizar fotografias em seu interior porque é impressionante. Todas as paredes estão decoradas com afrescos coloridos, um espetáculo! Ao final do dia, deixamos este sonho feito realidade e pegamos a estrada rumo à Atenas.
Meteora
Meteora
Meteora
Meteora
Meteora

argumento, texto e fotos: Daniele Leoz – 2013

Para ler o primeiro post da série, clique aqui.
Seguinte post: da Turquia para Meteora

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

4 Comentários

  1. Mirella (@mikix10)

    Sou DOIDA pra conhecer esse lugar desde que vi a primeira foto… acho que esse destino pra mim vai ser como Malta, um amor gerado pela primeira foto ahahah…
    Belo relato Daniele 🙂
    Abs

    responder
  2. Julia

    Nossa que lugar incrivel, gostaria muito de conhecer. Os amigos dos meus pais estiveram por la nessa temporada e acharam i-n-c-r-i-v-e-l. Gostaria de saber mais sobre a foto das caveiras. beijão

    responder
    • Patricia de Camargo

      Julia, a que foto vc se refere?

      responder
  3. Dani

    Brigada Mirella. Beijão!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!