• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens

Passeio legal em Barcelona para maiores e menores – Parque de atrações do Tibidabo

Postado em 14.julho.2014

Quer viajar no tempo em Barcelona? Diminuir o ritmo da viagem, e tudo isso sem se distanciar da metrópole? O caminho começa na linha 7 do trem urbano que vai te deixar na Avinguda del Tibidabo.

Onde você vai começar esta viagem para trás, primeiro vencendo as subidas do bairro de Sarrià com o Tramvia Blau de 1901. Sentado nos bancos de madeira começa tua desaceleração, e esta primeira jornada vai te deixar aos pés do funicular do Tibidabo.
O que fazer em Barcelona - Tibidabo O que fazer em Barcelona - Tibidabo
Ah, mais uma viagem a 1901, e vamos atravessando bosques e passando por casas até que aquele “bicho pintado” azul e amarelo nos conduz à entrada do parque vintage, enquanto a cidade abaixo sigue vigilando e agora sendo vigilada por nós, a distância deixa Barcelona ainda mais bela. Continue lendo »

Lugar ótimo para ver o por do sol em Lisboa – Praça do Comércio

Postado em 10.julho.2014

Depois da extensa reforma, diria que a Praça do Comércio se converteu em lugar de peregrinação. Por ela passa o eléctrico 15 que leva ao cênico e histórico bairro de Belém, os ônibus turísticos e marca o início da rua de pedestres mais famosa da cidade, a Augusta.
Lisboa - Praça do Comércio
Um lugar onde se pode respirar ante espaços vazios tão necessários depois de um dia entre prédios manuelinos, vistas repletas de história e cenários acompanhados reiteradamente pelos versos de Pessoa. Que aliás se faz presente, como não, também na praça. Entre os cafés que frequentava na cidade, está o “Martinho da Arcada”, fundado em 1782, e portanto o mais antigo de Lisboa. Está no número 3. Continue lendo »

Londres em 4 dias – Guia de viagem do blog “Londres para principiantes”

Postado em 04.julho.2014

O Londres para Principiantes é um blog com uma longa trajetória, sua editora é a Eneida Latham, que depois de anos criando posts e respondendo dúvidas, lançou em 2013 seu primeiro e-book. No “Londres em 4 dias” ela te guia por 4 zonas diferentes da cidade, e no tempo médio que o brasileiro costuma permanecer na cidade.
Londres em 4 dias Londres em 4 dias Continue lendo »

Como planejar uma escapada a Salamanca desde Madri

Postado em 03.julho.2014

É dureza fazer um bate-e-volta desde Madri à monumental Salamanca, só para o trajeto de ida e volta de ônibus expresso ou de trem são no mínimo 5 horas! A única alternativa é levantar cedo, chegar por volta das 12:00 horas no centro histórico, e correr de um lado para o outro, sem contar que alguns atrativos fecham na hora do almoço!

O ideal seria sair no comecinho da noite para Salamanca, dormir por lá, levantar cedo mas não de madrugada e aproveitar bem a cidade, para no final da tarde pegar o trem ou ônibus de volta à Madri. Ou estender este périplo pelas cidades Patrimônio Mundial da Humanidade, e dar uma paradinha em Ávila. Que está a 1 hora de distância, e a 1 hora e meia de Madri.

Como chegar
De trem levará de 2 horas e 40 minutos a 3 horas e 10 minutos, pagará cada trajeto 18,90€. De ônibus terá duas opções, o normal que leva 3 horas e 25 minutos, onde cada trajeto custa 13,75€, e o expresso que leva 2 horas e meia, e custa 18,70€. Todos estes preços são por trajeto e comprando um bilhete de ida e volta. O valor sobe caso compre apenas uma ida ou uma volta.

O que ver – Atrativos estrelas
Tem muita coisa para ver na cidade, mas prá quem tem menos de 24 horas, não dá prá perder …
Salamanca Continue lendo »

Dica de bar genial em Lisboa – À Margem

Postado em 01.julho.2014

A Margem - Lisboa
Um cubo entre o branco e o transparente junto ao Tejo, entre a Torre de Belém e o Padrão dos Descobrimentos. Assim é o bar-café “A Margem”, quase um oásis, uma visão principalmente no verão português. Continue lendo »

O que fazer em Lisboa – Padrão dos Descobrimentos

Postado em 30.junho.2014

Padrão dos Descbrimentos
Confesso que sempre pensei que o Padrão dos Descobrimentos era aquele tipo de monumento que apenas valia a pena ser observado desde seu exterior. Era tão impactante levantar o pescoço e dar com aqueles gigantes que ajudaram a desvendar este mundão, que achava totalmente desnecessário ir por suas entranhas. Continue lendo »