• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens

Promoções de Verão na Espanha 2014 – Rebajas 2014

Postado em 06.junho.2014

Rebajas
Gente do céu, em menos de 1 mês começam as “rebajas” de verão na Espanha. O que significa que já estamos no meio do ano, que loucura, né!?

Na maioria das comunidades autónomas o estopim de ínicio das promoções é o dia 1o. de julho. Mas em Madrid e Valencia começam antes, respectivamente, dias 21 e 30 de junho. Já o final varia bastante, em nenhum caso termina antes de 31 de agosto, mas no País Basco vai até 30 de setembro, e em Valencia até 4 de outubro.

A primeira semana é intensa, porque certos tamanhos e modelos (de roupas e sapatos) se esgotam rapidamente, então o pessoal manda ver mesmo, e o problema nem é tanto provar ou escolher, mas pagar. Como assim?! É isso mesmo que você leu, PAGAR. Já vi filas de 1 hora e meia nos caixas :( as lojas não aumentam o número de funcionários, e as filas são intermináveis. Para amenizar o tema, só indo de rebajas em dupla ou trio. Entrou na loja, uma pessoa do grupo entra na fila para pagar, e vão trocando de posto até a hora “h”, ou melhor a hora “p”.

A partir da terceira semana a coisa se acalma. De segunda a sexta-feira as filas (que já são menores) aparecem no comecinho da noite quando o pessoal sai do trabalho ou os atrativos das cidades mais turísticas fecham; e claro se acentua um pouco nos finais de semana. Na Espanha, o melhor horário para comprar durante as “rebajas” é no horário de almoço e siesta, entre às 14:00 e às 16:30 horas. Continue lendo »

Guia do Museu do Louvre – “O Essencial do Louvre”

Postado em 02.junho.2014

Gente do meu coração, hoje é um dia muito importante para o Turomaquia. Acaba de ser publicado nosso quarto guia, e o primeiro em parceria com uma editora. Tô feliz? Não, o seguinte ;)
Guia do Louvre - Conexão Paris
Por que um Guia do Louvre?
Este guia estava pensado desde que criei a série “Viajando na Arte” e lancei o e-book do “Museu do Prado”. Que já vendeu mais de 1.200 cópias, e ainda este ano vai ganhar uma segunda edição atualizada!

Ainda lembro que muita gente me dizia que não venderia nem 30. Mas vocês compraram e continuam comprando, me deram uma alegria enorme, e minha hipótese foi comprovada, brasileiro gosta e muito de museu! Recebi críticas e reviews lindos, que nem tenho como agradecer, o que me motivou a seguir adiante com a série de guias de museus. Continue lendo »

Bate e volta desde Córdoba – Medina Azahara, a capital luxuosa do Al-Andalus

Postado em 30.maio.2014

Cordoba - España
O que é a Medina Azahara/Madinat al-Zahra?
Um dos maiores sítios arqueológicos da época medieval em Espanha e no mundo. Durante boa parte do século 10 foi a capital política e administrativa do Al-Andalus. Que era como os conquistadores islâmicos chamaram ao território da Península Ibérica conquistado no século 8.

A Madinat al-Zahra (seu nome em árabe) foi uma verdadeira cidade onde o califa vivia e administrava seu reino. Apenas por isso já seria um lugar fascinante, mas o tema não fica por aí. Neste lugar Abderramán III colocou todos seus esforços para que fosse um reflexo do nível cultural e tecnológico islâmico. Para alcançar tal feito trabalharam no lugar aproximadamente 10.000 pessoas. E foi necessário um esforço de 25 anos para terminá-la- Sua construção teria se iniciado em 936/940, mas depois da morte de idealizador, tudo começou a ir mal para seu filho que foi perdendo poder, e entre 1010 e 1013 a Medina já entra em decadência.

Como chegar?
Para quem estiver de carro, é muito simples é só pegar a estrada A-431, a entrada está no km 5,5. São apenas 8 quilômetros de carro. Continue lendo »

10 razões para você não tratar Córdoba como um simples bate-e-volta

Postado em 29.maio.2014

Na verdade, tudo se podia resumir em tempo ou falta de tempo. Porque simplesmente é impossível em umas poucas horas …

1. Caminhar sem pressa por cada parte da Catedral/Mesquita. Que nasceu no século 6 como o maior templo cristão da cidade, a Basílica de São Miguel. Com a invasão moura, grande parte da igreja foi demolida e no século 8 se começou a construir a mesquita, que foi ampliada e renovada por mais de 200 anos. Até que com a reconquista espanhola, a mesquita se converteu em catedral.

Um sacrilégio visitar este lugar olhando para o relógio. Reserve no mínimo 1 hora e meia para o monumento. Mas vou te dizer uma coisa, é facinho passar 3 horas por lá, perdido entre santos e arcos, e ainda sentir dificuldade em deixá-lo. É lindo demais!
Córdoba - España Continue lendo »

Dicas de hospedagem em Coimbra

Postado em 27.maio.2014

Reserva
Nós ficamos hospedados 2 noites às margens do Mondego no Ibis Coimbra. A reserva foi realizada através do Booking, com pagamento no ato da reserva. Na verdade reservamos 1 noite, mas decidimos ficar duas, e conseguimos o mesmo preço no balcão, porque Coimbra não vive a alta temporada em agosto. Nesta mesma viagem, vivemos situações opostas em cidades portuguesas e espanholas. Por exemplo, um outro exemplo de cidade barata em agosto, Madri. Mas nem pense em ir sem reserva em agosto para as Canárias, Baleares, Barcelona ou Algarve!

Localização
Perfeita, porque era fácil de achar, ao lado do rio, e sem a necessidade de se embrenhar nas ladeiras da cidade. Fizemos tudo a pé, e mesmo prá quem não está muito acostumado a andar, desde o hotel se pode pegar facilmente um ônibus que te leve à parte alta.

Quarto
Normalmente os hotéis de rede de 2 e 3 estrelas não tem lá uma grande nota no Booking. No caso deste hotel, a nota é 7,7, que eu acho baixa. Mas como conheço os Ibis e sei o que esperar e o que não esperar, achei o quarto bom. O banheiro era bem simples, mas limpo. O sinal wifi funcionava bem no quarto, a chatice é que cada senha dava 30 minutos de acesso, o que é meio ruim, principalmente prá quem tem que trabalhar. Mas para o básico de um turista funciona à perfeição. Vocè pode pegar quantas senhas deseje por dia.
Hotel em Coimbra - Ibis Coimbra Continue lendo »

Nonantola, um pedacinho da Emilia-Romagna prá chamar de seu

Postado em 26.maio.2014

Nonantola - Emilia Romagna
Sabe aquela música do Erasmo, você precisa é de um homem prá chamar de seu. Em 2014 quando a mulherada já se emancipou (ou deveria!) a gente pode buscar coisas que substituam esta ânsia de possuir algo. Destinos se prestam muito mais a este imaginário do que pessoas, e é muito mais chique, você não acha?

Tenho uma coleção de destinos que pelas razões mais loucas chamo de “meus”. No ano passado a esta categoria se juntou Nonantola. Nascida em 752 quando no local Santo Anselmo Longobardo fundou um mosteiro beneditino. E o santo não era fraco não, porque em pouco tempo o mosteiro se converteu em um dos mais poderosos do norte da Itália.

Para que você entenda esta importância, algumas mudanças de estilo artístico na arquitetura apareceram primeiro aqui, inclusive antes da poderosa Modena (que fica ao lado!). Partituras musicais encontradas no mosteiro ajudaram a entender a história da música! Estamos falando de uma época que uma partitura musical era uma jóia como pode ser hoje um quadro de Picasso. Algo que poucos podem se dar o luxo de ter em casa :(

Fora toda esta história que carrega o mosteiro, alucinei de entrada ao ver o tipo de planta da igreja. Que depois descobri que era comum nesta zona, mas que eu nunca tinha visto antes em um templo tão antigo, o altar elevado. Fecho os olhos e consigo sentir a atmosfera daquele lugar, e o amor desenfreado de sua gente por ele. Se me impactou o mosteiro, o que me ganhou foi a paixão daquele povo, daí já não tinha volta, Nonantola você era o que me faltava na minha coleção de lugares prá chamar de meu! Continue lendo »