• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens

Como faço para visitar a Casa Monet

Postado em 05.outubro.2014

Casa Monet - França
Ainda me arrepio quando lembro deste dia em Paris. Tenho que confessar que eu nem era muito fã do Claude Monet. Tinha este respeito reverencial porque o cara foi muito importante para o que se conhece como arte moderna. Mas esta última viagem mudou radicalmente minha opinião sobre a obra e o artista. Um dos motivos sem dúvida nenhuma foi conhecer a casa que Monet viveu seus últimos anos, e uma de suas obras, que ele considerava que era uma das mais importantes que havia realizado em toda sua vida, o Jardim Japonês. Continue lendo »

Dica de hotel em Paris | Hotel de Nell, um 5 estrelas cheio de mimos

Postado em 03.outubro.2014

5-estellas-150ppp
Estava ansiosa em chegar ao hotel, por tudo que tinha lido, e porque era a primeira vez que ia me hospedar no 9er. arrondissement (bairro), mais conhecido como Opéra.

Hotel de Nell - Hotel 5 estrelas em Paris Hotel de Nell - Hotel 5 estrelas em Paris
Continue lendo »

Turomaquia na estrada | Porto e Lisboa

Postado em 21.setembro.2014

Portugal
Amanhã é dia de dizer novamente adeus à Las Palmas e re-visitar Portugal. Destino estrela do Turo. Um voo direto da ilha (uma dádiva!) em 2 horas e 30 minutos nos deixará no Porto. Esta semana toda estarei por lá, provando uns soundwiches, participando na visita guiada da Casa da Música, indo até Régua porque nesta época ocorre a vendimia, almoçando num restaurante com vistas ao Douro, bebendo muito vindo do Porto, entre uma ida e outra a Braga e Guimarães. Continue lendo »

Compras em Paris | Das galerias do século 19 aos chás dos czares, passando pela chocolateria mais antiga de Paris

Postado em 19.setembro.2014

Uniqlo | Uma loja japonesa fundada em 1984 por Tadashi Yanai, que atualmente é o segundo homem mais rico do Japão. Já conta com mais de 1200 pontos de venda no mundo, e quatro deles estão em Paris. Visitei a loja do Marais, que ficou lindona. Para que tenham uma ideia dos preços, o casaco de inverno super leve e bem famoso da marca, custa entre 49€ e 59€ (em várias cores).

End.: 50-52 Boulevard Haussmann – perto da Opera
17 Rue Scribe – Marais
12 Rue Linois – 15er Arrondisement
Centre Commercial Les 4 Temps – La Dèfense
Compras em Paris Compras em Paris Continue lendo »

Onde comer em Paris | Bistrô e Falafel no Marais

Postado em 17.setembro.2014

Êta bairro gostoso tchente. Desta vez, passeamos muito pelo Alto e Baixo Marais, mesmo debaixo de chuva e um pouco de frio. E este tempinho dá mais fome, você não acha? Por isso, este post nada mais é do que as dicas de uns lugares bem legais para “comer o Marais a bocados” 😉

Chez Janou

Jantamos neste bistrô com o pessoal do França entre Amigos para conhecer melhor a empresa, e foi uma super dica do Luiz. O lugar é pequeno, as mesas estão bem próximas, mas para nós que estávamos em um grupo animado não foi problema.
chez janou
Tinha lido algumas críticas sobre o atendimento, mas eu achei o pessoal bem amável, sem contar que é uma rapaziada jovem e muito estilosa, quase uma passarela Paris Alternativa 😉 Continue lendo »

Dica de hotel em Paris | Hotel Marignan, a tua casa em Paris

Postado em 16.setembro.2014

5-estellas-150ppp
A fachada do Marignan impacta por esse equilíbrio cada vez mais difícil de encontrar entre o luxo e a elegância. O porteiro nos convidou a entrar com um sorriso, ao que seguiu a recepção amável numa sala com um aroma delicioso. Neste exato momento, eu já estava meio apaixonada pelo hotel. Sou muito suscetível, necessito sorrisos, e muito mais quando viajo.

E este amor à primeira vista se fez mais forte ao retornar ao quarto no final do dia, e ter aquela sensação de aconchego. Eu ousaria dizer que o Marignan é um 5 estrelas à moda antiga, onde o verdadeiro ativo é a forma de receber.
Hotel Marignan - Hotel em Paris Hotel Marignan - Hotel em Paris
Este edifício que foi “redesenhado” está carregado de história. Ele nasceu como residência, depois passou a hotel dos generais de Bonaparte, até se converter em embaixada e cabaret; e por fim voltar à sua vocação em 1925, ou seja, voltar a ser hotel. Continue lendo »