• O que fazer em Curitiba
  • Guia Museu do Prado
  • Saiba + sobre o Caderno de Viagens

Road Trip pela Europa – Albânia #roadtripEuropa

Postado em 26.março.2014

road-trip-europa-asia-dani-e-saddam-300ppp

12/08 – ALBÂNIA
Cruzamos a fronteira entre Grécia e Albânia no dia 12/08 e nos impressionou a beleza natural do país. Estávamos tão tranquilos desfrutando da paisagem, e de repente quando ainda faltavam 180 km para Tirana, a estrada simplesmente terminou \o/

Andamos uns 20 km em uma “pseudo-estrada” de terra, pedras, buracos e compartilhando nosso “espaço vital” com vacas, galinhas, crianças em bicicleta, ovelhas, ou seja, realmente uma aventura, me senti num filme de Indiana Jones.
albania 2
Albania 4
Albania GPS

Depois destes quilômetros a coisa melhora :) Principalmente nos povoados junto à fronteira com Grécia. Parte da Albânia está em reconstrução, há entulhos, casas e edifícios por terminar, outros abandonados. E desde a estrada se pode ver o rastro de explosões (morteiros ou bombas) que continuam por aí! Pelo caminho há muita gente vendendo frutas e bebidas (como no Brasil). Antes de chegar à Tirana passamos por uma cidade chamada FIER. Que me lembrou as cidades praianas brasileiras.

No dia 13/08 fomos ao centro de Tirana, a maior cidade de Albânia, que foi fundada em 1614 por Sulejman Pasha, convertida em capital em 1920. É uma capital nova com muito concreto, bons edifícios e vias amplas, muito comércio, mas poucos atrativos turísticos.
Albania Bandeira
Albania predios antigos
Visitamos a Praça Skanderbeg, o Bazar, o Museu Histórico Nacional, a Ópera, a Mesquita Et`hem Bey, a Pirâmide, a Catedral Ortodoxa, e outros monumentos interessantes como o Memorial Comunista (PostBllok ) e o fragmento do Muro de Berlim.
Albania monumento Albania Muro de Berlim
No final da tarde pegamos a estrada rumo à Macedônia, passando por Kosovo, e nesta ocasião encontramos estradas excelentes.
Albania saindo do pais
Albania saindo estrada boa

argumento, texto e fotos: Daniele Leoz – 2013

Para ler o primeiro post da série, clique aqui.
Seguinte post: Macedônia

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

4 lugares para comer um belo madrilenho em Curitiba

Postado em 25.março.2014

Nos últimos dias venho enfrentando a árdua tarefa de provar diferentes versões de um dos doces mais famosos da capital paranaense, o madrilenho. Um folhado de quatro ou cinco bocados, de 3 ou 4 camadas e recheado com doce de leite. Ah, esqueci dos pedacinhos de suspiros na lateral!

Melhores madrilenos de Curitiba
Confeitaria das Famílias
Falando em tradição, não dá para deixar de lado uma confeitaria com 69 anos de idade, e localizada na emblemática Rua das Flores, para os íntimos, e para os récem-chegados, XV de Novembro ;)

Fui com a minha mãe, que como boa paulista, começou a conversar com a atendente, e perguntou se o doce estava fresquinho. A senhora comentou que se a gente esperasse um pouquinho estava saindo uma nova fornada.

E como foi … massa crocante e sequinha. doce de leite suave. Aprovado! Custou R$ 5,50. Aliás todos os doces tem o mesmo preço, e os salgados saem a R$ 4,00.

Sin título
End.: Rua XV de Novembro, 374 – Centro
Tel.: (41) 3223-0313
Horário: de segunda a sábado das 07:30 às 23:00 horas; nos domingos das 08:00 às 23:00 horas.
Aceitam cartão de débito

A Familiar
Outra das antigas, mais novinha que a das Famílias, mas não dá prá desprezar 26 anos de funcionamento \o/ Sem contar que é difícil chegar a um consenso entre os curitibanos de qual delas faria o melhor madrilenho, a Familiar ou a das Famílias ;)

E como foi … massa muito crocante, doce de leite um pouco mais forte, na cobertura o sabor mais ácido dado pelo damasco, que é uma combinação perfeita. Aprovado! Custou R$ 5,40. Eles também fazem o madrilenho em fomarto de torta. A de 12 pedaços sai por R$ 65,00.
Sin título
Sin título
Sin título

End.: Rua Rocha Pombo, 377 – Juveve
Tel.: (41) 3353-6161
Horário: todos os dias, das 09:00 às 20:00 horas. Fecha no terceiro domingo de cada mês
Aceitam cartão de débito e crédito
Site: http://www.afamiliar.com.br
Melhores madrilenos de Curitiba
Bella Banoffi
O local leva o nome de seu doce mais famoso, a banoffi. Uma torta que leva massa de bolacha, doce de leite, banana e nata. Mas mantendo meu foco fui de madrilenho ;)

E como foi … o maior de todos, e o menos doção. Mas não era o mais crocante. Aprovado! Paguei R$ 6,50.
Sin título
Sin título
Sin título
End.: Rua Itupava, 1.091, Alto da XV
Tel.: (41) 3262-0004?
Horário : terça a sábado das 9:00 às 22:00 horas; e domingo das 11:30 às 22:00 horas
Site: http://www.bellabanoffi.com.br

Melhores madrilenos de Curitiba

Havanna Café
Uma torta que seria quase um madrilenho num formato diferente se não fosse a cobertura de merengue, que deixa o doce ainda “mais gordo” ;) Não comi, fui lá com dois grandes amigos do tempo do Cefet, e quando a torta chegou na mesa não resisti em tirar uma foto e contar prá vocês.

O lugar não é barato, comi uma empanada de palmito que custou R$ 6,00, e estava prá lá de boa. Pedi um café expresso com doce de leite, que veio acompanhado com o copinho de água com gás e um chocolatinho hummmm

Você encontra o Havanna nos seguintes shoppings: Curitiba, Mueller e Barigui.
Sin título
Madrilenho - Doce em Curitiba

fotos: turomaquia_2014

Road Trip pela Europa – Atenas #roadtripEuropa

Postado em 17.março.2014

road-trip-europa-asia-dani-e-saddam-300ppp

11-12/08 – ATENAS
Durante todo o dia (11/08) estivemos passeando pelas ruas de Atenas.
Pegamos o ônibus turístico e fizemos um passeio refrescante, e foi uma ótima decisão em razão do calor que fazia na cidade. Visitamos a Acrópole, o Teatro de Herodes Ático, o Arco de Adriano, o Templo de Deus Olímpico, o Parlamento, a Praça de Sintagma, a Academia de Atenas e a belíssima marina. Comemos na rua central de Atenas, bem perto da Acrópole (há muitos restaurantes nesta região) e logo passamos pelo Museu de Atenas, pela Ágora Antiga e pelo mercado de rua.
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia
Adoro esta cidade mas tenho que reconhecer que a crise a castigou bastante. Estivemos em Atenas em 2011 com Carolina, e a transformação é importante :( O que primeiro me chamou atenção é que haviam poucos turistas pelas ruas, pelos restaurantes e nos ônibus turísticos. A cidade está meio abandonada e cheia de grafites, mas tenho que dizer que alguns eram bem bacanas. Em resumo, a crise que afeta Grécia se vê refletida nas paredes da capital. Mesmo assim o lugar continua seguro, inclusive passeamos de noite, e voltamos dos restaurantes já de madrugada e sem nenhum problema.

Em Atenas terminou a parte da viagem com nossos pais :( No dia 12/08 foi momento de despedida no aeroporto, tristes estivemos com eles até´o momento do embarque para Brasil. Foi uma viagem inesquecível e super especial porque foi a primeira vez que os seis viajamos juntos. Depois do embarque, eu e o Saddam começamos nossa viagem de volta à casa. Saímos de Atenas rumo a Tirana, margeando o Mar Egeu. Visitamos lugares impressionantes como o Canal de Korinthos e a Praia de Menidi.
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia

argumento, texto e fotos: Daniele Leoz – 2013
Seguinte post: Albânia

Para ler o primeiro post da série, clique aqui.

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Como chegar a Ayutthaya

Postado em 14.março.2014

Um dos clássicos bate e volta desde Bangcoc é a antiga capital do Reino de Siam, Ayutthaya. Que desde 1991 conta com o certificado da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade. Ainda vou falar sobre seus templos e um pouco mais da história, só que prometi a duas amigas queridas que ia postar rapidinho sobre as formas de chegar até lá partindo de Bangcoc.
Ayutthaya - Tailandia Ayutthaya - Tailandia
Ônibus/Van na Estação Norte da cidade
A ideia era ir de ônibus, e um blog indicava que a estação do BTS Mo Chit dava acesso à rodoviária. Fomos até lá, e já desconfiamos quando chegamos e não havia nenhuma placa que sinalizava esta ligação. Dito e feito, a estação estava a mais de 7 km de distância. Descemos e descobrimos um ônibus expresso que para junto à estação Mo Chit e faz o trajeto: rodoviária, BTS Lao Prao e Aeroporto Don Mueang.
Ayutthaya - TailandiaAyutthaya - Tailandia
Como já era meio tarde resolvemos pegar um táxi, que custou 70THB (R$ 5,11). A estação de ônibus era grande e bem ajeitadinha. Há vários ônibus durante o dia que fazem o trajeto Bangcoc – Ayutthaya, mas teríamos que esperar um pouco mais de uma hora pelo próximo.

Perguntamos à moça que vendia os bilhetes de ônibus (guichê 22) se haviam outras companhias que operavam nesta rota, ela disse que não, mas que haviam vans que também ofereciam este serviço.

No guichê 18, o atendente foi amável e informou que uma van sairia para lá naquele momento, o preço por pessoa era de 70THB (R$ 5,11), numa viagem de mais ou menos 1 hora e meia. Pagamos para ele, que nos levou diretamente à van, e só pode dizer que foi um passeio muito autêntico. Apenas eu e a Lu de turistas, todos os demais residentes que entravam e desciam em diferentes locais durante todo o trajeto. A van era ótima, o motorista não falava uma pisca de inglês, mas o senhor que nos vendeu o bilhete foi quem se comunicou com ele.

Pudemos escolher nossos lugares naquele carro com ótima manutenção, mas nada discreto, com seus bancos de couro azuis e alaranjados. Foram inúmeras as paradas, tanto que achávamos que não chegaríamos no horário prometido. Sem contar que o passeio foi acompanhado por um programa de comédia tailândes que ainda em Bangcoc o motorista colocou na grande televisão que ficava de frente para os passageiros.
Ayutthaya - Tailandia

Provado que somos mulheres de pouca fé, uma hora e meia o motorista para no que já sabíamos que era Ayutthaya. Um moço rastafari que estava junto à calçada entre vários tuk-tuks veio falar conosco. Num inglês bem razoável comentou que aquele era nosso ponto final.

Van numa localização mais central
A maioria do pessoal que faz este passeio por conta própria acaba pegando as vans em outro lugar mais central, uma pequena estação de ônibus e vans junto ao Shopping Century the Movie Plaza, próximo à parada de BTS Victory Monument. Imagino que o preço seja bastante similar ao que pagamos na outra estação. O fato de ser um lugar central, é bom por um lado mas ruim por outro por causa do trânsito, e assim a viagem aumenta para 2 horas.

Trem
Antes de viajar li que os trens demoravam entre 2 horas e meia e 3 horas para cubrir este trajeto, o que acabou nos assustando na ida. E por isso decidimos pelo ônibus, que acabou sendo uma van :) mas queríamos ter a experiência do trem, então decidimos retornar de trem.
Ayutthaya - Tailandia
Pagamos pelo bilhete de segunda classe com ar-condicionado e banco cômodo, 245 THB (R$ 17,90). Mas para quem quer gastar menos, o bilhete de terceira classe custa 20THB. Neste caso, os bancos são durinhos e o vagão não tem ar-condicionado. Adoramos o trem, que cubriu o trajeto em mais ou menos 1 hora e 45 minutos. E o mais legal é que a estação está interligada com o metrô Hua Lamphong.
Ayutthaya - Tailandia
Ayutthaya - Tailandia
Ayutthaya - Tailandia
Ayutthaya - Tailandia
Ayutthaya - Tailandia
Excursão
Há muita oferta de excursões de tudo que é tipo e de que tudo que é preço para Ayutthaya. Não testei nenhuma, mas achei interessante algumas que ofereciam a ida de van e a volta de barco, com almoço incluído. Para ver um exemplo: http://toursentailandia.com/dia-completo-de-visita-ayutthaya-con-vuelta-a-bangkok-en-crucero/
Ayutthaya - Tailandia
Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

fotos: turomaquia_2014

Road Trip pela Ásia e Europa – da Turquia para Meteora #roadtripEuropaAsia

Postado em 07.março.2014

road-trip-europa-asia-dani-e-saddam-300ppp
09-10/08 – METEORA/ATENAS
Este dia foi muito especial (09/08) porque começaríamos uma parte da viagem a caminho de uma surpresa que preparamos para minha mãe. Ela tinha muita vontade de conhecer Meteora, assim que resolvemos inclui-la no roteiro, mas não lhe contamos nada.

Pela manhã saímos de Eceabat, para deixar a Turquia e entrar na Grécia. Pela estrada muitos girassóis e olivas. Almoçamos em Kavala (fundada por volta do século VI a. C.), uma cidade bonita e a 165 km da Tesalônica.

Ao entardecer já estávamos em Meteora, e vocês nem imaginam a emoção da minha mãe quando começou a ver da estrada as montanhas e colunas naturais de rocha, e isso que ainda não sabia onde estávamos. Pediu pela primeira vez em toda viagem que parássemos o carro para tirar umas fotos. Quando chegamos ao hotel em meio de toda esta beleza natural, mostramos a ela um dos mosteiros sobre as pedras e lhes contamos que estavámos em Meteora, e foi um daqueles dias que se costumam chamar de “inesquecíveis”!
Road Trip Asia - Turquia
Meteora é um dos maiores e mais importantes complexos de Mosteiros Ortodoxos em Grécia, e está classificado como Patrimônio Mundial da Humanidade. Nesta região se encontram 6 mosteiros construídos sobre verdadeiras colunas de rochas areníticas. A cidade mais próxima ao complexo, e onde estávamos hospedados, é Kalambaka.

O primeiro mosteiro da região foi o Gran Meteoro ou Mosteiro da Transfiguração, construído por volta do século 14, estabelecido por Santo Athanasios e situado a 613 metros acima do nível do mar. O Mosteiro da Santíssima Trindade é de 1475; o de São Varlaan (segundo em tamanho) por volta de 1541; o de Roussanou (também dedicado à Transfiguração) e o de San Nicolau são do século 16. O mais jovem é o Mosteiro de São Estevão, construído em 1798.

No dia 10/08 vimos todos os mosteiros do complexo (um circuito de 17 km), mas decidimos entrar no maior e mais antigo, o Gran Meteoro. Depois de um tempo subindo uma longa escadaria esculpida nas rochas (acredito que fossem uns 1.000 degraus) chegamos ao mosteiro e conhecemos a igreja de estilo bizantino “escondida” dentro dele. Pena que não se podem realizar fotografias em seu interior porque é impressionante. Todas as paredes estão decoradas com afrescos coloridos, um espetáculo! Ao final do dia, deixamos este sonho feito realidade e pegamos a estrada rumo à Atenas.
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia
Road Trip Asia - Turquia

argumento, texto e fotos: Daniele Leoz – 2013

Para ler o primeiro post da série, clique aqui.
Seguinte post: da Turquia para Meteora

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Road Trip pela Ásia – de Pamukkale a Eceabat #roadtripAsia

Postado em 05.março.2014

road-trip-europa-asia-dani-e-saddam-300ppp

06-08/08 – PAMUKKALE-ESMIRNA -TROYA – ECEABAT

Chegamos a Pamukkale na tarde do dia 06/08. O hotel era um espetáculo, com uma decoração rústica misturada com umas cores fortes e alegres. Deixamos as malas para ir até às piscinas naturais. Pamukkale signfica em turco, castelo de algodão e foi só chegar no local para que compreendêssemos que o nome tinha muito sentido :)

Road Trip Asia - Turquia Road Trip Asia - Turquia
À entrada de Hierápolis (Patrimônio da Humanidade) vislumbramos a peculiar formação geológica, uma imensa montanha branca formada por pedras calcárias, com inúmeras piscinas termais e fontes naturais, algo precioso! Continue lendo »

Últimos Comentários