Guias de Viagem e Arte

 
 
jul 04 2016

O quadro de Renoir que aparece no cult movie Amelie

Bom dia gente linda, por aqui me preparando para uma viagem incrível e cheia de arte que começa no dia 31 de julho, e vocês, o que andam aprontando neste julho de férias escolares, de reflexões, afinal chegamos à metade do ano \o/? Neste décimo segundo vídeo da Web Série “Viajando no Impressionismo” entramos em mais 5 obras essenciais de Pierre-Auguste Renoir, inclusive em uma tela que aparece no cult movie Amélie. Mas isso é só uma pequena parte do que você poderá ver neste episódio:
– um quadro quase abstrato de Renoir, pintado na Normandia;
– a análise da estrutura de uma de suas telas mais famosas, onde o pintor conduz nosso olhar através dos olhares de seus personagens;
– descobrir que o pintor da alegria sofreu muito nos seus últimos 25 anos de vida;
– entender do que se trata uma natureza morta;
– ver como uma viagem mudou de forma drástica sua forma de fazer a arte!

Para vê-lo mais bonito e cheio de cores, assista em HD, se tua internet estiver meio lenta, é só clicar no play, dar uns minutinhos para vê-lo em todo seu esplendor 🙂

Assista todos os vídeos da Web Série “Viajando no Impressionismo”, clicando aqui.
Veja também a primeira parte do vídeo – 10 obras essenciais de Renoir.

Naturezas-mortas realizadas por Renoir

Renoir
Renoir
Renoir
Renoir
Renoir

Veja também o post sobre as fotografias baseadas nas obras de Degas, são lindas demais!

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

O texto e o vídeo deste post pertencem ao turomaquia.com, qualquer uso indevido dos mesmos constitui crime à lei do direito autoral, com penas de reclusão de 2 a 4 anos. Se você estiver vendo este post dentro de um endereço (URL) que não comece com www.turomaquia.com, por favor escreva para a gente e nos informe sobre o site que está roubando nosso conteúdo: contato@turomaquia.com. Muito obrigado por nos ajudar a combater estes crimes que se cometem no dia a dia!

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Trailer de mais um vídeo da “Odisseia Grega” no YouTube - Patricia de Camargo. Link na bio, te espero por lá 👁

#greecelovers #atenas #vlogatenas #acropoledeatenas #grecia
  • Vistas da Acrópole. O templo grego mais bem preservado do mundo, o de Hefesto 🏛

#greecelovers #templodehefesto #atenas #greciaantiga #mundoantigo
  • Muita gente me diz que sítio arqueológico é só pedra e mais pedra. Mas que nada, são aquilo que a gente foi, são pilhas da nossa memória coletiva, são nossa chance de entender como chegamos até aqui e de que forma queremos ser lembrados em 200 anos quando outros homens e mulheres caminharem pelas ruínas do nosso legado 🙌🏼 #greecelovers #acropolis #atenas #artegrega #estilojonico
  • Dica de Sevilha: café da manhã na tradicional “La Campana” fundada em 1885. O lugar é bonito, gostoso e oferece uma boa relação custo x benefício . Gastamos 13,10€ por 2 sucos de laranja natural, 2 cafés e 2 mistos. 
Também é um ótimo lugar para comer um doce tradicional ou comprar um presente gostoso 😉

Abre todos os dias das 8:00 às 22:00 horas.

#sevilha #lacampana #ondecomersevilha #espanhalovers
  • Esta é a Nova Iorque florida que me deparei numa viagem que realizei nas primeiras duas semanas de maio. Linda demais 💕💕💕 #newyorkflowers #beautifulstreet #centralparkmoments #estadosunidos #novaiorque
  • Qual é seu ponto favorito do Central Park em New York? Eu acho lindo de morrer,  o lugar onde fica uma das maiores fontes da cidade, a Bethesda. 
Também conhecida como "Anjo das Águas", foi o primeiro trabalho de arte pública encomendado a uma mulher. Neste caso, a artista Emma Stebbins, que desenhou a fonte em 1868, sendo inaugurada em 1873.

A gente vê um anjo de bronze de dois metros e meio de altura que carrega um lírio e com a outra mão abençoa a água. Tem um referência bíblica ao evangelho de João que fala de um anjo que abençoa a piscina de Bethesda, conferindo-lhe poderes de cura. 
Debaixo do anjo vemos 4 querubins que representam a pureza, a saúde, a temperança e a paz.

É legal chegar junto à fonte cruzando por debaixo das arcadas da Bethesda Terrace, criada em 1860, um desenho de Jacob Wrey Mould. Debaixo dos arcos costumam se apresentar músicos, já vi um concerto melhor que o outro.

A fonte se encontra mais ou menos no meio do parque na altura da rua 72.

#bethesdafountain #centralpark #newyorklovers #mulheresnaarte #emmastebbins

Follow Me!