Guias de Viagem e Arte

 
 
out 01 2018

Guia para Acrópole de Atenas – O que é a Acrópole de Atenas

Acrópole de Atenas
Que emoção, quase nem dormi direito. Naquela dia íamos visitar a Acrópole de Atenas. A Acrópole é o símbolo do apogeu de Atenas como potência dominante do Mar Egeu no século V a.C.

Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas – como era a vida dos seus habitantes
O Partenon na Acrópole de Atenas
A entrada monumental
Atena Niké – um templo para levantar os ânimos
Via Panatenaica – a rua das festas
Erecteión – a casa das cariátides
O Teatro de Herodes Ático
A Acrópole que pouca gente visita
A Acrópole como um mirante para a cidade
Acrópole de Atenas: informação prática
Planeje sua viagem para a Grécia

Acrópole de Atenas – como era a vida dos seus habitantes

Uma cidade avançada para sua época com uma população que conhecia seus direitos e deveres. Mas a verdade é que somente os nascidos em Atenas, filhos de atenienses tinham assegurados direitos políticos e jurídicos, como direito a possuir terras, ter cargos públicos e se casar com uma mulher de Atenas. No nível inferior estavam os estrangeiros, a maioria gregos provenientes de outras cidades e os escravos.

Apesar da opulência ateniense, as casas eram de barro ou tijolos pouco resistentes. A única parte da cidade que havia sido planejada era o porto, ou o Pireu. O restante estava conformado por ruas estreitas. Péricles e outros dirigentes centraram seus esforços construtivos nos edifícios públicos e nos templos.

A Acrópole antes de ser um santuário em honra da deusa Atenea (ou Atena), foi uma cidade micênica. Na época grega o palácio do rei foi substituído pelo templo da deusa protetora da cidade. Acontece que chegaram os persas e destruiram tudo. Quando Péricles por fim conseguiu vencê-los na Batalha de Salamina (480 a.C.) ordenou a reconstrução da Acrópole, mas a “lo grande”! Os trabalhos duraram cerca de 47 anos!
Acrópole de Atenas

O Partenon na Acrópole de Atenas

O primeiro templo construído foi o maior, o Pártenon. O seu nome vem da enorme escultura criada por Fídias para o local – Atena Parthenos (hoje desaparecida!). O arquiteto Ictino construiu o templo e Fídias dirigiu os trabalhos, bem como realizou diversas obras escultóricas. O templo tem oito colunas na parte da frente e dezessete nas laterais, com algumas particularidades:
Acrópole de Atenas

  • Se um edifício é muito comprido, o olho humano costuma perceber a parte mais central como que mais afundada no chão. Para evitar este tipo de ilusão ótica, o templo possui uns centimetros de elevação cônvexa, como se vê na figura acima.
  • Da mesma maneira o olho humano vê espaços iguais como menores nas extremidades, assim se deixassem o mesmo espaço entre as colunas, nosso olho veria este espaço diminuindo progressivamente até as colunas das extremidades. Sabe o que eles fizeram? Aumentaram a distância entre as colunas. A distância aumenta quanto mais longe esteja a coluna do centro do templo.
  • Outra questão ótica, as colunas que recebem mais luz solar pareciam ser mais finas, assim eles construiram as colunas das esquinas mais grossas que as demais!

Para fazer estes ajustes são necessários cálculos matemáticos complexos, e estamos falando do século V a.C.
Acrópole de Atenas

O estilo da coluna utilizada é o dórico. Os frisos do Partenon (a parte superior às colunas) eram todos decorados com alto-relevos. Só sobrou um original para ser admirado no Partenon, alguns estão no Museu da Acrópole e grande parte no Museu Britânico (que não está muito a fim de devolver não …). Estes relevos eram de mármore, mas estavam totalmente pintados!
Acrópole de Atenas
Imagina a loucura para um cidadão normal subir ao templo que era enorme, encontrar com todos estes relevos e uma escultura gigante de Atenea!

A entrada monumental

Acrópole de AtenasA Acrópole de Atenas não se resume ao Partenon, não senhor! A entrada para o santuário é digna de uma parada, são os Propileos.

Esse enorme pórtico era a única entrada para o santuário e dele emergiam 5 portas por onde passavam os peregrinos que queriam aceder à Acrópole.

Imagine a sensação destas pessoas em pleno século V a.C ao dar de cara com esta construção gigantesca. Ao terminar a subida viam uma estátua colossal de Atena Prómacos.

A sala à esquerda (no final da subida) tinha o teto pintado de azul escuro com estrelas douradas.Veja que por fora as colunas são dóricas e por dentro, jônicas.

Quando esteja aí, perceba a dificuldade que representou construir neste terreno super irregular! Foi uma obra de Mnesicles. Nós subimos mais ou menos às 9 da manhã e era um espetáculo ver o sol que passava pela porta central dos Propileos.

Atena Niké – um templo para levantar os ânimos

O templo de Atena Niké se construiu um pouco para levantar os ânimos dos gregos que estavam um pouco caidinhos de tanto perder para os persas. Por isso se dedicou à versão vitoriosa da deusa Atena – Niké significa vitória.

Era para ser construído logo após o tratado de paz assinado por Kallias com os persas. Mas demoraram para começar as construções, porque seu promotor era rival de Péricles e colocou um montão de impedimentos para que não se construissem edificios diferentes daqueles que ele já havia pensado para o santuário.

Depois de vinte e cinco anos, o partido conservador e contrário a Péricles impôs a construção do antigo projeto, que já estava meio caduco para a época. Na nossa primeira vez na Acrópole de Atenas estavam acabando sua reconstrução, já que por motivos de potenciais riscos do terreno, desmontaram pedra por pedra o templo e agora estão realizando a reconstrução.
Acrópole de Atenas

Via Panatenaica – a rua das festas

Quando você sair do Propileos vai dar de cara com a Via Panatenaica que lhe levará às demais construções. Por esta via passavam as famosas procissões panatenaicas, que se realizavam em honra a deusa Atena uma vez ao ano. E a cada quatro anos, realizava-se as Grandes Panatenaicas, que eram uma loucura.

Erecteión – a casa das cariátides

Na sua frente você terá o Partenon e a esquerda o belíssimo e inusitado Erecteión.Tem uma história bem legal relacionada a este edifício. Aqui foi o local onde Poseidón golpeou com seu tridente o chão e fez nascer a oliveira, uauuuuuuu! E por que o templo não se chama Poseidón, bem porque neste lugar se rende culto a ele, a Atena e a Erecteo, que foi um rei mítico de Atenas.
Acrópole de Atenas

Que tem demais este edifício? Para começar estão as cariátides. Todas as colunas com figuras de mulher são conhecidas por este nome, mas por que estas se chamam assim? Porque as mulheres que posaram para sua construção vinham de Karyai. Aqui somente se vêem réplicas em razão da chuva ácida causada pela contaminação de Atenas. E uma delas esta no Museu Britânico, em Londres, e as outras cinco no Museu da Acrópole.
Acrópole de Atenas
Outra coisa impressionante é a forma da construção, o arquiteto tinha um terreno todo irregular e teve que construir em diferentes níveis. Aproveitou para dar uma cara um pouco distinta a cada um deles, mas sem esquecer a harmonia do conjunto. Desça e veja de perto as colunas jônicas e preste atenção no trabalho da base, lembre-se isto é mármore!!!
Acrópole de Atenas

O Teatro de Herodes Ático

O Teatro de Herodes Ático está bem conservado e é utilizado durante o Festival Helênico (maio a outubro). Ou seja, não está aberto à visitação, para entrar e sentar, somente nos horários de apresentações e para quem tem a devida entrada.

Mas não fique pensando, oh! vida, oh! azar! Porque você passa por cima do teatro e tem uma visão bem legal do edifício, que aliás foi construído por um rico romano em homenagem à sua esposa Ana Espasia Regilla, em 161 d.C. O teatro que estava soterrado, foi encontrado em 1857 e restaurado entre 1950 e 1961.
Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas

A Acrópole que pouca gente visita

Acrópole de AtenasDepois de ver a Acrópole, passamos pelo Asclepion. Los asclepiones (sei lá se o plural era assim!) eram templo curativos, relacionados com o culto a Asclepio. A estes lugares as pessoas acudiam para serem tratatas. E sabe que o lance de usar a serpente para representar a farmácia e a medicina?  Vem desta época. A este deus se consagravam as serpentes, que eram até utilizadas em algumas curas!!! Deus santo!

E um pouco mais para frente você vê uma gruta,que em 320 a.c. se converteu em um lugar de culto a Dionisio – Panagia Hrysospiliotissa. Na época cristã virou uma espécie de igrejinha.

Acrópole de AtenasQuando você está na Panagia, vê o enorme Teatro de Dionísio. Hoje nem parece tão grande, mas pense que ele basicamente chegava até a dita Panagia! Está pouco a pouco sendo restaurado.

Umas espécies de tronos que você vê na primeira fila estavam reservados aos sacerdotes e cidadãos ilustres. E o trono mais afastado e central era do sacerdote de Dionísio, veja como são os pés deste trono?! Agora, amigas minhas, sabem onde sentavam as mulheres? Sim, afastadas, nas últimas filas, oh! injustiça tremenda! A capacidade deste teatro era de 17.000 pessoas!E data do século IV a.C.

A Acrópole como um mirante para a cidade

Desde a Acrópole de Atenas, as vistas são impressionantes. Assim aproveite este dia para entender um pouco a cidade e tirar umas fotos de babar!
Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas

Acrópole de Atenas: informação prática

Quanto custa?
Acrópole de AtenasO ticket sai por 30€, mas inclui além da Acrópole outros 6 atrativos: Ancient Agora of Athens, Archaeological Museum of Kerameikos, Archaeological Site of Lykeion, Hadrian’s Library, Kerameikos, Museum of the Ancient Agora, North slope of the Acropolis, Olympieio, Roman Agora of Athens, South Slope of Acropolis. Aguns dos citados, como os “slopes of the Acropolis” formam parte da visita a Acrópole de Atenas.

Isso mesmo, paga um e pode ver 7!!! E o melhor é que não precisa ser no mesmo dia, o ticket tem validade de 5 dias.

Menores de 18 anos (em geral) não pagam entrada.

Se quiser apenas visitar a Acrópole, pagará 20€.

A que horas abre e fecha?
O normal é abrir das 8:00 às 18:00 horas, mas nos meses de verão há dias que fica aberta até às 19:30 horas. Não abre nas seguintes datas: 1 de janeiro, 25 de março, 1 de maio, Domingo de Páscoa, 25 e 26 de dezembro.

Qual é o melhor horário para visitar?
Sempre tem gente, mas acontece que a partir das 11 da manhã tem ainda mais gente! O melhor é chegar bem cedinho ou depois das 17:00 no verão.

Outra dica é comprar a entrada no fim do dia anterior à visita. Não enfrentará filas para entrar na Acrópole. Ou ainda, comprar a entrada para todos os atrativos em outro dos sítios arqueológicos que for visitar. Na maioria dos atrativos, não há grandes filas na bilheteria, o que acontece na Acrópole, principalmente na alta estação.

Aconselha alguma roupa para ocasião?
Sim. Se for no verão, lembre-se: FAZ MUITO CALOR! O melhor é ir de shorts (mas confortável), camiseta, não esquecer o protetor solar, um boné, óculos de sol e tênis. Nem pense em ir de sapato com alguma espécie de salto, é tudo terra batida! Outra coisa: evite vestidos e saias destes levinhos, que qualquer brisa levanta, lá em cima (graças a Deus!) venta prá cachorro e na primeira andada você não vai saber se olha os edifícios ou cuida da saia!

Nada de chapéu, porque voa, o melhor é um boné ou similares ajustados bem à cabeça. Aliás, durante a viagem à Grécia, para não parecer uma louca, o melhor é levar um boné transado, porque venta em tudo que é lugar!

Quanto tempo levarei para visitar a Acrópole?

Hummm … perguntinha difícil! Se você for sem nenhuma guia, sem nenhum livrinho que te explique um pouco de tudo que já rolou por lá, a visita pode ser realizada em um hora e meia, levando em conta os dois teatros e a caverna-igreja, os mirantes e tal. Eu acredito que para desfrutar, curtir mesmo, o mínimo são duas horas de visita.

Tem loja de souvenir e livros na Acrópole?
Neste quesito a coisa tá feia, não tem cafeteria, não tem livraria, nada de nada. Eles vendem os livros nas bilheterias. Os livros estão um pouco desatualizados, ao menos na parte gráfica. Por enquanto, o melhor é subir com água, porque aí em cima nem água você poderá comprar!

Tem algum site oficial que eu possa visitar antes da viagem?
Não tem um da Acrópole, tem o site do Ministério da Cultura Grego com bastante informação em inglês e o do Museu da Acrópole.

Planeje sua viagem para a Grécia

Veja todos nossos posts da GRÉCIA

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em: ATENAS | SOUNIO | DELFOSMETEORA | SANTORINI | MIKONOS | CRETA| ZAKINTHOS . Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Imagens:
turomaquia_2008_2017
Revista Historia – National Geographic – Número 55/2008
História del Arte – Milagros Álvaro López, Editora Anaya
Wikipedia
3D Acrópolis

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O inverno em New York, desde a sala de esculturas do século 19 do @metmuseum 
#repensando2018 #metmuseum #rodin #newyorklike #historiadaarte
  • Quem você reencontrou este ano e que te faz bem à alma?

Eu encontrei minha amiga @isabelmpoliveira em Lisboa. Com ela, o sorriso rola solto, sem contar que é uma pessoa que sempre me mostra uma Lisboa diferente. Brigaduuuu amiga mía!

#repensando2018 #lisboa #viagens2018
  • Na rota dos Patrimônios da Humanidade se encontra este outro mosteiro, o de Alcobaça. Este edifício é gigantesco e começou a ser construído em 1.178 🙀

A entrada custa 6€ e vale cada centavo! 
#alcobaça #patrimoniomundial #portugal #roteiroportugal #arquiteturamedieval
  • No mosteiro da Batalha construído para pagar uma promessa. D.  João I prometeu construí-lo após vencer a Batalha de Aljubarrota em 14 de agosto de 1385.

Adorei o mosteiro e a pequena cidade que nasceu ao seu redor. O mosteiro abre todos os dias, exceto 1/1; 1/5 e 24/25 de dezembro.

A entrada custa 6€. #batalha #portugal #portugalovers #arquiteturaportuguesa
  • Passei o ano inteiro assim, de um lado para outro. Por isso, neste momento meu desejo mais profundo é ter 10 dias sem fazer nada. Levantar sem nenhuma missão, caminhar sem propósito, só pensar na próxima refeição e na série que me resiste, nada mais! E vc, neste dezembro, qual seria seu desejo profundo?

#desejos #lisboa #maat #lifeisstrange #pensamentododia💭
  • Um dos novos mirantes mais legais de LISBOA, a parte de cima do MAAT.  Aproveita que é grátis e com o € economizado, visita seu vizinho, o impressionante Museu Nacional dos Coches. O melhor e mais completo museu de carruagens do mundo!

Qual é teu mirante favorito em Lisboa?

#lisboa #maat #lisboalovers #beautifullisbon #museunacionaldoscoches🐎🐎🐎

Follow Me!