Guias de Viagem e Arte

 
 
set 25 2012

Como comprar voos de conexão para evitar dores de cabeça

História da vida real: tinha um bilhete Londres – Rio. Chegando no Brasil, ia dar um pulo na casa dos meus pais antes do Seminário Viajosfera. Comprei o último voo do dia: Rio Galeão – Curitiba. Aproveitei e comprei à volta ao Rio para o evento. Com que companhia? TAM.

Para evitar perder tempo pegando mala, viajei apenas com uma de mão. Para tanto, comprei uma mala com as medidas indicadas pela British, gastei 55,20€.

Tudo ia às mil maravillas.
Até que na porta de embarque  avisam de um possível atraso na saída. Tensão. Mas a esperança é a última que morre 🙂 O embarque começa com 45 minutos de atraso. Quando entro no avião, imediatamente coloco na telinha aqueles dados intitulados “My Journey”. Volto a respirar, apesar do atraso vamos chegar antes do previsto. A ilusão dura exatos 30 minutos. A aeronave continua inerte. Abaixo a telinha, porque meu coração já não aguenta tanto sofrimento 😉

Iconos

Depois de quase 4 horas, por fim deixamos o chão. Tristeza, mas não tem corpo ou alma que resista a um bom vinho tinto espanhol. Meu primeiro pedido à aeromoça. Relaxo, e resolvo curtir o voo, já que posso esticar minhas pernas e tenho à disposição uns 30 filmes novos. Entre o Rodrigo Santoro e Zac Efron degusto um delicioso angus beef e um mousse de chocolate com pera.
Comida British Airways

Aproximação ao Cristo Redentor. Quem sabe o voo para Curitiba atrasou, o que me leva a sair pitando do avião. Em exatos 13 minutos estou fora da área do desembarque. O voo para CWB já saiu ? Vou até o balcão da TAM narrar minhas tragédias. Uma funcionária das mais antipáticas me atende. Se quero remarcar meu bilhete para a manhã, tenho que pagar 493 Dilmas. Como tinha um bilhete de volta no mesmo ticket, perdendo a ida, cancelam a volta. Se quero salvar ao menos a volta, a bagatela é de R$ 250,00. Ou seja, vou voltar a pagar por algo que já paguei e não desfrutei, qual a lógica do negócio???

Desisto, já não há outro voo para Curitiba naquela noite. Chamo ao Mando (irmão-herói) que me consegue um bilhete para às 06:39 por R$ 120,00. O hotel do Galeão está lotado, o que resta? O banco. Abracei a mala e a mochila e cochilei por 2 horas, com uma sensação amarga de sentir-me idiota!

Iconos

Para que você não passe por este “perrengue”, dá uma olhadinha nas minhas dicas:
1. Quer sossego total? Compre todos os trajetos no mesmo ticket. Ou seja, emitidos por uma mesma companhia ou numa agência de viagens. O que muda com isso? Se atrasar, e você perder qualquer voo, eles se responsabilizam e te reacomodam. Pode sair mais caro, mas olhem meu caso, no final, o barato sai caro?

2. Já comprou o bilhete principal da viagem, por ejemplo, Sampa – Madri; e não tem como incluir os outros trechos. Para viajar mais sossegado, tome um chá de aeroporto. Ou durma a noite anterior em São Paulo, para não precisar ficar entre 4 e 7 horas “morgando” pelos terminais. Você estará mais descansado para o voo transatlântico.

3. Se você quiser viver perigosamente com a adrenalina a mil, ao menos deixe 2 horas entre os dois voos, porque este é o mínimo exigido pelas companhias, para quem sabe te ajudar a resolver os problemas que eles mesmos causaram?

4. Uma coisa é se arriscar no voo de volta e outra bem diferente no voo da ida. Se você chegar atrasado para o voo da ida. Automaticamente, a companhia cancela tua volta. É isso mesmo, você deve usar os bilhetes na ordem que comprou. Caso não seja assim, perde todo o ticket 🙁 Tem legislação nova sobre este tema, mas ainda é necessário brigar para ter o direito reconhecido!

5. Cuidado com o tema da bagagem. Nos voos internacionais para Europa e Estados Unidos cada passageiro tem directo a duas malas, com pesos que variam de 23 a 32 kg, dependendo da companhia e do trajeto. Se você comprou teu bilhete doméstico separado, ou seja, teu voo até Sampa ou Rio, as companhias nacionais não tem porque respeitar a franquia de bagagem dos voos internacionais.

6. O aeroporto é terra de ninguém. O “no place” por excelência, ou seja, um lugar que podia estar em qualquer parte do mundo porque não tem identidade ou alma. Como lugar de trânsito não espere lógica ou grandes abraços fraternais.

Posts relacionados:
Documentos necesarios para entrar na Europa por Madri/
Como é um hotel low cost?
Viajar com crianças – 5 regras de sobrevivência
Tudo o que você precisa para planejar sua viagem | Central do Viajante

GDN-MTP-BlackFriday-Afiliados-300x250

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Viaje com a gente no Google+ – google.com/+TuromaquiaViagens
Inscreva-se no nosso canal no YouTube, e seja o primeiro a ver nossos videos Turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

8 Comentários

  1. Ludmy

    Post útil e atual, Patrícia. Sinto muito pelo “aperto” passado. um beijo e nos vemos no sábado! 😉

    responder
  2. Luciana Betenson

    Não curti 🙁 Já caí neste “conto” de não usar o trecho da ida e ter uma surpresa desagradável na hora de voltar. Aprendi. Bjs

    responder
  3. Agamenon Plait

    Belo espaço. Inteligente e criativo.
    Estarei por aqui sempre para buscar informações e me atualizar.
    Sua comunicação flui facilmente deixando-nos à vontade.
    Gostei muito do estilo do blog e vou trabalhar para o meu, que está recem inaugurado, ter a mesma qualidade.
    A propósito, dê-me a honra de sua visita. Necessito de colaboração, críticas e sugestões. Elas serão bem-vindas.
    Sempre que puder estarei participando com sugestões, caso entenda serem pertinentes e construtivas.
    Sucesso sempre, foco contínuo.
    Forte abraço.
    agamenonplait.blogspot.com

    responder
  4. Fabio Pastorello

    Boas dicas, Patrícia. Já perdi vôos de conexão, agora compro com horários bem espaçados. Muito boa a dica de comprar todos os trechos com a mesma cia e no mesmo pedido. Ótimo post.

    responder
  5. Jodrian Freitas

    Acredito que muitos de nós passaram por isso: tentar economizar e acabar gastando mais. Nos vôos internos aqui no Brasil, a maluquice das opções e horários acaba nos forçando a fazer alguns malabarismos, comprando trechos em companhias diferentes, mas sempre é um risco. Suas dicas servem de alerta! Excelente 🙂
    Abraço
    Jodrian

    responder
  6. Claudia Beatriz - Aprendiz de Viajante

    Fala não, que quase perdi um voo pra Paris saindo de NY, pq comprei passagem barata e depois comprei DC-NY com outra empresa e o voo saiu muiiiito atrasado.

    responder
  7. Carlos

    Olá, achei muito interessante seu relato, e alguns dias atrás, eu e minha noiva que estamos indo para Orlando, e já tinhamos a viagem de ida mas não o trecho de volta, começamos a pesquisar os preços da volta. Tinham algumas promoções e o fato é que as vezes comprar ida e volta sairia mais barato do que apenas um trecho. E ficamos com a dúvida o que aconteceria se comprar ida e volta e não ir, apenas voltar. Foi por isso que meu sogro alguns dias depois que navegando na internet me mandou um email onde falava exatamente isto.
    Voltando ao seu relato vc diz que cancelaram a sua volta, sendo que vc não foi, então segundo o idec, isto é uma pratica abusiva, você pode receber todos seus gastos de volta e com possivel multa de danos morais.
    Este artigo que estou relatando está no site do IDEC -Instituto de defesa do consumidor.
    Aqui em baixo está o link, da uma olhada, vale a pena e vc ficará sabendo de algumas coisas importantes a respeito de compra de passagens e passa para os seus leitores, quem sabe não podemos até mudar como as empresas aérea funcionam.

    http://www.idec.org.br/em-acao/artigo/viagem-sem-volta-pode-a-empresa-aerea-cancelar-a-passagem-de-retorno-ao-aeroporto-de-origem

    responder
    • Patricia de Camargo

      Carlos, obrigado pelo comentário, vou repassar o link ao texto do post 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Tristeza pela situação catalã. A região já perdeu mais de 1000 empresas e 15% das reservas turísticas. Tudo por culpa de uma famigerada ideia de um estado paradisíaco, graças à independência. Um artista espanhol definiu bem a situação, "não é Espanha contra Catalunha; é Catalunha contra Catalunha". .
#catalunha #españa #barcelona #gaudi #casabatllo #arte #sadmoments
  • Prá todo mundo que vez ou outra, sente-se imerso neste vagão de trem, sem saber bem aonde vai chegar 🚆
.
#tokyo🇯🇵 #japan🇯🇵 #feelings
  • A obra mais polêmica de GOYA no Top100Arte, lá no meu canal do YouTube - Patricia de Camargo. Também tem link na bio 💚

#arte #goya #historiadaarte #Top100Arte #youtuber
  • Tem tanta coisa prá censurar - corrupção, narcotráfico, crimes de gênero, crimes de ódio, mas tem gente que prefere  ir atrás da arte, "que torna  a vida suportável" 🙁

Todos os autoritarismos começaram desta maneira, indo atrás de artistas. Cuidado com o que você defende!

#Repost @gabi_mariliagabriela (@get_repost)
・・・
SOMOS MUITAS VOZES QUE NÃO ACEITAM A CENSURA E A DIFAMAÇÃO.  #342Artes  #censuranuncamais  #contraacensuraeadifamação
  • Diz aí, não está ficando com vontade de conhecer Gran Canaria? 😉

#lascanterasbeach #laspalmas #iggerslaspalmas #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #beachday #beautifulday #grancanaria #laspalmasdegrancanaria
  • E o dia amanheceu assim ... simplesmente perfeito, no quintal da minha casa 🤗

#beautifulday #beachlife🌴🌞🌊🏄👌💁 #lascanterasbeach #laspalmasdegrancanaria #iggerslaspalmas #canaryisland #españa

Follow Me!