Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 27 2019

Basquiat – Vida e obra

Basquiat - Vida e ObraBasquiat nasceu no dia 22 de dezembro de 1960. Aos 3 anos já desenhava e motivado por sua mãe que era desenhista gráfica, visitava com ela os museus de New York desde pequeno. Tanto que com 6 anos, ela lhe inscreveu como membro júnior do Museu do Brooklin.

Muita gente pensa que ele era um pobre coitado que cresceu nas ruas e que começou realizando grafites nessas mesmas ruas de New York. Nada mais longe da verdade, Basquiat cresceu dentro de uma família de classe média sem problemas financeiros, chegou a frequentar escolas privadas e foi aceito num centro educativo para superdotados.

Ele tampouco começou sua carreira fazendo grafites, mas sim poesia ou prosa gráfica através de um alter ego que ele criou junto com Al Díaz, a quem conheceu neste centro para superdotados, conhecido como City-As-School.

Como você pode ver, o primeiro artista negro com impacto internacional tinha um background e também uma curiosidade incessante por saber mais e mais sobre a história da arte.

Sua curta história eu vou te apresentar num programa de 7 episódios sobre sua vida e obra. Apesar de ter morrido com 27 anos deixou aproximadamente 3.000 obras, entre estas, 900 pinturas.

Além dos vídeos, você vai encontrar referências bibliográficas sobre o tema, alguns achados para descarregar na rede, bem como outros vídeos que garimpei durante a produção do Programa Basquiat – Vida e Obra.

Basquiat – Vida e Obra: o Programa

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Basquiat – Livros para saber mais

Para obter mais informações dos livros ou ver os preços, é só clicar nas imagens.

Os seguintes livros são objeto de desejo. O primeiro é novo, uma super produção da Taschen que dá uma panorâmica da obra do artista. Foi lançado em novembro do ano passado (2018). É um livro de grande formato (46,6 x 31,6 x 8,6 cm) e de 500 páginas. Além do que pesa quase 7 quilos! Uma obra de arte.

Os outros dois estão em pré venda. Um deles traz fotos inéditas de Andy Warhol e Basquiat e ainda aborda esta relação artística. O último fala de um quadro que u mostrei para vocês no episódio – Heróis e Santos. Chaédria LaBouvier discute o racismo e a polêmica morte de Michael Stewart a partir de uma obra de Basquiat.

Basquiat – referências bibliográficas

Descobri alguns documentos em pdf, todos são de descarga legal. E começamos com o catálogo em português da exposição realizada no Brasil pelo Centro Cultural Banco do Brasil: http://culturabancodobrasil.com.br/portal/wp-content/uploads/2018/07/Catálogo-Basquiat.pdf

Catálogo em inglês, que tem um glossário genial: https://www.w-k.art/images/Basquiat_folder-new-(f3433948-5a54-11e7-ae07-7a76d112c232).pdf

Sites que consultei:
Sobre a obra que aparece no TOP100Arte: http://www.sothebys.com/en/auctions/ecatalogue/2008/contemporary-art-evening-auction-n08441/lot.56.html

Sobre a obra “Defacement” que aparece no episódio “Heróis e Santos”: https://www.culturetype.com/2018/12/12/guggenheim-mounting-exhibition-focused-on-jean-michel-basquiats-defacement-painting-about-police-brutality/

Também utilizei o folheto da exposição da Fondation Louis Vuitton que visitei em novembro do ano passado (2018). Que exposição minha gente!
Basquiat - Vida e Obra
Basquiat - Vida e Obra
Basquiat - Vida e Obra
Basquiat - Vida e Obra

Basquiat – outros vídeos

Voltei a assistir o filme de 1996 – “Basquiat – Traços de Uma Vida”, do Julian Schnabel, que conheceu o Basquiat. Outros videos do Youtube me ajudaram a ilustrar algumas questões para vocês nos episódios do programa.

meus Livros de Arte

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Mesmo com o clima de ontem, que chove, que vem neblina, desfrutamos da etapa mais bonita do bike tour. 
Foram 40 km entre castelos, bosques que pareciam encantados e o clímax chegou na região de Wachau com seus vinhedos e povoados lindos pra dedéu.

Hoje o bike tour termina em Viena 😫 Mas a viagem não 😉

#biketour #donau #danubio #biketourdanubio #austrialovers
  • Pavilhão barroco nos jardins da Abadia de Melk. O complexo é Patrimônio Mundial da Humanidade. 
Este edifício é todo decorado com afrescos em seu interior. Mostrei nos Stories do @arte_365 
A entrada do complexo custa 12,50€ ou 14,50€ com visita guiada de 50 minutos. Não tem em português, mas em espanhol, italiano e inglês.

#melk #abadiademelk #patrimoniomundial #austrialovers #biketour
  • Cidade do caminho de hoje - Mauthausen. 
Foram 65 km em 4 horas de bici 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #biketour #mauthausen #austrialovers #austria🇦🇹 #danubio
  • Parece pintura, mas é o cotovelo do Danúbio visto do mirante “Schlögener Blick”. Schlogen foi onde começamos nosso passeio de bici que vai nos levar até Viena 🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️🚴🏽‍♂️ #biketrip #schlogen #austrialovers #danubioriver #donau
  • Esperando o embarque para Schlogen. Vamos de barco até lá e depois mais 52 quilômetros de bici até Linz. Vou tentar mostrar tudo nos Stories 🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️🚴🏽‍♀️ #passau #biketrip #schlogen @romantische_donauschifffahrt #boattrip
  • Que lugar!!! Adorei a ida aos castelos do Rei Ludwig II. É um bate e volta meio cansativo porque são 2 horas de trem e outras 2 para voltar, mas o dia foi inesquecível. 
Estávamos em 3 e o bilhete de trem ida e volta para o grupo custou 37€. A entrada para os dois castelos 25€ por pessoa. Em Füssen esperando o trem, tomamos meio litro de radler a 3,50€. Engraçado que curto mais o tour pelo castelo menos famoso, gostei mesmo do Neuschwanstein por fora, mas isso é gosto e já sabe né, gosto não se discute, como máximo se lamenta 🤣🤣🤣 #neuschwastein #fussen #castle #alemanha🇩🇪 #castelos

Follow Me!